História Meu Diário ~VKook~ - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Vhope, Vkook, Yoomin
Visualizações 121
Palavras 1.407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lemon, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu voltei depois de meses! Bom eu devo explicações pra vocês! Eu estava estudando pras provas e pra recuperação de matemática. Agradeço de coração aos que me perguntaram porque não estava postando e tals.

Desculpa mesmo pela demora!

Capítulo 7 - Borboleta


  

  Sorri e voltei a mexer em seu cabelo,que estava levemente bagunçado,  hoje o dia estava mais frio e era possível que começasse a nevar. O que significa que o Natal está chegando e eu vou ficar preso ou não! Pois não lembro quanto tempo falta pra que eu poça sair daqui e me sentir livre novamente!

  Jungkook era aquecido pelo meu calor corporal e por uma fina coberta negra que era bem quente mesmo sendo fina. Ele as vezes tremia um pouco mas seu corpo estava começando a acostumar com esse clima.

  Pela pequena janela pude ver flocos de neve branquinhos caírem vagarosamente até alcançar o chão, onde iriam derretar e virar lama. Suspirei e o temporal começou.

14/12/2016

A neve já dominava todos os cantos possíveis! As vezes o vento vinha e soprava pequenos flocos pra cá! Neste dia o clima estava mais tenso, Dominik havia saído da solitária.

  Flashback on

O refeitório estava calmo nesta manhã, talvez porque não havia muitas pessoas aqui no momento em que estamos conversando sobre o que faríamos quando saissemos deste presídio.

-Não sei vocês, mas quando sair daqui vou entrar em um taxi e ir direto pra casa! -Diz Jackson sorrindo e olhando pra suas mãos sobre a mesa de madeira que ocupava o centro do refeitório.

-Quando sair daqui eu vou tomar uma taça enorme de açaí com Nutella! -Disse Lucian sorrindo com tal pensamento.

-E você TaeTae? -Perguntou Kook encostando sua cabeça em meu ombro já que o mesmo estava sentado em meu colo.

-Eu vou pegar sua mão e passar com minha melhor cara de mal por esses corredores, e te levarei pra minha casa! -Digo em alto e bom som. - Vou te levar pro meu quarto, e enquanto subo as escadas tiro sua roupa, te jogo na cama e te fodo a noite inteira! -Sussurro ao ouvido dele com a voz rouca.

-Kim Taehyung sendo sempre Kim Taehyung! -Diz Hashimoto ao perceber que o que eu disse para o Kook foi muito malicioso já que o mesmo corou abruptamente e escondeu seu rosto em meu pescoço.

-Lógico, se eu não for eu ninguém será eu! -Digo sério e ao terminar de dizer  busca sentido fazendo uma expressão que ninguém consegue. Logo todos eles começaram a rir e eu fiz cara de taxo.

-Amor as vezes você faz umas expressões anormais! -Diz Kook rindo fofinho. Sorri e o apertei fazendo ele grunhi baixinho. -Tae assim machuca!

-Você é fofinho! -Digo sorrindo pra ele.

-Maizi sou queblavel! -Ele diz manhoso e fofinho com direito a biquinho e bochecha inflada.

-Meu santo G-Dragon! -Diz Hashimoto caindo da cadeira dando overdose de fofura, eu disse.

Sorri beijando o bico dele e logo o que era pra ser apenas um selinho virou um beijo calmo e apaixonado que só acabou quando mas gente começou a entrar dentro do ambiente. Sorri e continuei mexendo no cabelo dele vendo pouco a pouco seus olhos fecharem.

-Taehyung  adivinha quem está te olhando! -Disse Jackson.

-Quem? -Pergunto mudando de uma expressão alegre pra uma confuso.

-Dominik! -Ele diz dando uma leve acenada com a cabeça pro lado onde ele estava. Eu olhei para trás e dei uma leve piscadinha pra ele.

-Para de provocar TaeTae! -Diz baixinho como se tivesse com sono

Assim que todos os presidiários estavam dentro do refeitório começaram a servir o café da manhã, me levantei fazendo Kooke ficar em pé e peguei sua mão indo diretamente pra fila. Após me servir me virei e ainda segurando a mão do Kooke fui pra mesa em que estava antes. Comi sem pressa nenhuma e logo terminei de me alimentar, Jungkook estava terminando sua refeição quando Dominik veio até nos falhando miserávelmente  na tentativa de fazer uma expressão de raiva e começou a falar merda, suspirei e me levantei com a intenção de sair pro meu quarto, mas ele me segurou pelo pulso me puxando e fazendo com que meus olhos se encontrei com o seu.

-Resolveu fugir da briga? E tão fraco assim?-Ele diz e eu começo a rir, ele me olha confuso e antes que pudesse dizer algo meu punho fechado vai de encontro com a boca dele fazendo um dente ser arrancado e ele cuspir sangue juntamente com o mesmo.

-O que está havendo aqui? -Perguntou Yoongi chegando e olhando pro garoto no chão.

-Dominik veio fazer hora com a cara do Taehyung pensando que não iria apanhar! -Diz Lucian sério.

-Acho que uma semana na solitária vai te por no lugar! -Diz Yoongi e mais dois polícias entram e levam Dominik pra longe!

-Yoongi, você tem notícias do Jimin? -Pergunto sério e Kook faz biquinho irritado.

-Na verdade não! Parece que ele decidiu ir para o Brasil! -Diz Yoongi e logo sai para supervisionar Dominik.

-Por que se preocupa tanto com o Jimin? -Perguntou Kook baixinho evitando me olhar.

-Ele é como um filho pra mim! -Digo e pego ele no colo indo pra cela.

-Será que ele está bem? -Perguntou Kook.

-Tomara que sim! -Digo suspirando e me deitando na cama assim que chegamos na cela.

  E foi assim que o Dominik pegou solitária, hoje ele iria sair e assim que ele me ver vai querer arrancar minha linda cabeça. Mas dessa vez acho que eu vou pra solitária, não sei! Apenas sei que estou com uma raiva descomunal e a única coisa que me acalma e o cheiro do Jungkook, por isso estou cheirando ele de segundo em segundo.

-----------------------------££££-----------------

P.o.v Namjoon

Hoje de manhã estavamos eu e Jin no supermercado, logo fizemoa nossas compras mas na hora de ir embora aconteceu algo estranho. Aliás, eu vi algo estranho!

  Flashback

Estavamos quase terminando de passar nossas compras no caixa quando Jin me olha estilo gatinho do Shrek, lá vem!

-Amor pega uma bandeja de morangos pra mim! -Pediu com biquinho.

-Já já volto! -Digo e saiu de lá indo pra sessão de frutas.

Mas assim que cheguei vi A GAROTA pegando um cacho de uva, olhei pra ela e ela continuou andando e entrou em um corredor entre a prateleira da sessão de pães e bolachas. Segui a mesma mas quando cheguei no corredor  ela havia sumido!

  Flashback off

Suspirei pela décima vez desde que me joguei nesse sofá e fiquei olhando pro teto, será que era ela? Mas ela tinha morrido! Não tinha?

  -Amor no que está pensando? -Perguntou o Jin após deitar ao meu lado no sofá.

-Eu vi ELA! -Digo baixinho tentando entender.

-Mas ela não morreu? O Taehyung precisa saber! -Ele diz sério.

-Não! Ele vai procurar ela e nada de bom vai sair desse encontro! -Digo e ele concorda!

Hoseok entra pela porta com um sorriso e me olha sério.

-Quero ir visitar o Taehyung! -Diz, sério e convicto.

-Ele logo será solto! -Diz Jin sorrindo pro nosso filho.

---------------------------------€€€€€-----------

P.o.v Hoseok

Estava na biblioteca da escola pensando no ruivo, Kim Taehyung! Como ele consegue ser tão sexy mesmo estando em um porta retrado, procurei mais fotos dele e achei algumas onde ele põe a língua pra fora, isso me deu uma vontade enorme de beija-lo. Tão lindo e tão sexy, e eu me apaixonei pela droga do retrato!

   Queria vê-lo pessoalmente, só que a única maneira de ver o mesmo e indo visitar ele na cadeia, dizem que tem visitas privadas e eu posso até mesmo toca-lo.

-----------------------------¥¥¥¥-----------------

P.o.v Yoongi

Quando o Taehyung me perguntou sobre o Jimin eu me sentir o melhor ator do mundo! Ele nem desconfiou que era mentira, graças a Deus. Logo que sai do serviço fui pra casa, fiz nossa comida, montei um prato pra ele e levei ao porão.

-Boa Tarde amorzinho! -Digo entrando na cela e dando a comida pra ele.

-Não sou seu amorzinho! -Diz com nojo na voz.

-E assim que você trata o homem que te abraça quando ta com medo? -Pergunto com um sorriso debochado.

-Se esse homem tiver me trancado em uma cela no porão! -Diz sorrindo ainda mais debochado que eu.

-Não precisaria te trancar aqui se aceitasse vim sem protesto! -Digo e olho o relógio.

  -Juraaa? -Perguntou sarcástico

  -Sim juro! -Digo e saiu da cela trancando ela e indo pra cima almoçar.

--------₩₩₩₩₩₩₩₩---------------

P.o.v Jimin

Assim que ele saiu eu vi uma pequena borboleta, a como invejo a mesma, ela pode voar por aí enquanto eu fico nessa cela. A julgar pelo frio os flocos de neve caem e as pequenas borboletas vão para longe, aproveitar a zona tropical de outro lugar do mundo, esse é meu inico pedido! Voar pra bem longe!

♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Notas da autora!

Desculpe me pela demora, estava estudando para a prova de recuperação de matemática! 


Notas Finais


Bjs de batom branco!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...