História Meu doce favorito - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Vkook, Yoonmin
Exibições 197
Palavras 719
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Jimin se sente abandonado, mas Yoongi o promete o contrário.

Capítulo 10 - Primeiro beijo


Fanfic / Fanfiction Meu doce favorito - Capítulo 10 - Primeiro beijo

        Eu não conseguia entender o que eu sentia no momento. Yoongi tinha me surpreendido. Eu estava levemente tenso e ansioso.

        Yoongi me beijou.

        Sentir os lábios dele contra os meus era algo único. Ficamos assim, com os lábios apenas colados sem movimento algum.

        Yoongi pediu passagem com a língua e eu aceitei imediatamente, dando inico a um beijo lento mas cheio de desejo. Não acreditava que aquilo realmente estava acontecendo. Eu estava beijando Min Yoongi!

         Nossos lábios se separaram quando o ar faltara em nossos pulmões. Estavamos ofegantes, olhamos um para o outro.

          - Jimin é melhor a gente parar.

          - Você tem razão, alguém pode chegar aqui.

          - Quer ir para o seu quarto?... - o olhei surpreso.

          - T-talvez.

       Yoongi levantou do sofá e me puxou até meu próprio quarto. Assim que entramos no quarto, ele só bastou fechar a porta e me puxou para outro beijo, dessa vez menos calmo.

        O loiro sentou-se na cama e me pôs em seu colo. Tenho que admitir que estava gostando de sentir o membro dele ainda coberto em minha bunda.  Ele me beijava de forma intensa, a cada vez mais cheio de desejo. Ele parou de me beijar e me olhou.

           - Jimin... você ainda é virgem?

        Eu corei quando ouvi a pergunta. Se ele estava perguntando aquilo era porque queria bem mais do que simples beijos.

        - S-sim... - abaixei a cabeça.

         - Então eu acho que não posso fazer isso.

         - Por que não Yoongi?

         - Porque isso deve ser importante pra você Jimin, não quero que faça algo que se arrependa depois.

          - Se for com você eu não vou me arrepender. Você não faz idéia do quanto eu te quero Yoongi.

          - Você acha que está preparado Jimin?

          - Pra você eu sempre estarei preparado a todo momento.

          - Não vou fazer isso agora. Você é meu pequeno.

          - Me fode logo.

          - Que merda Jimin, assim não dá.

      Ele me beijou novamente. Eu rebolava igual uma puta em seu colo. Gemidos escapavam dos seus lábios entre o beijo, eu não era muito diferente.

      Ele tirou nossas camisetas, e eu pude admirar aquele corpo branco como o leite. Abençoado seja Yoongi por sua existência divina. Ele beijava a curva do meu pescoço me fazendo arfar e gemer baixinho, pois eu queria que apenas ele ouvisse.

       O clima foi quebrado com o celular de Yoongi tocando, ele pegou o celular e sua expressão mudou de prazer a puro tédio.

        - Quem é? - perguntei curioso.

        - Krystal...

     Sai do colo dele e ele se levantou da cama, atendendo o celular em seguida.

         - Oi amor... - ele saiu do meu quarto.

       Senti meu peito apertar. E mais uma vez me senti um completo idiota. Me sentir assim já virou rotina.

        Quando me entreguei a Yoongi eu me esqueci totalmente que ele tinha namorada, aliás eu nem me lembrava do meu próprio nome. Yoongi sabia mesmo como me fazer ficar sem chão.

         Mas eu nunca ganharia para uma garota bonita como a Krystal. Ainda mais quando Yoongi era o "prêmio".

          Me deitei na cama e abracei a comiseta que ali foi esquecida pelo loiro. Seu cheiro era tão bom. Me fazia lembrar algo em minha infância que eu esquecera, quando sofri um acidente que me fez perder grande parte da memória.

        Uma lágrima solitária escorreu pelo canto do meu olho. Desde que fui adotado por Seokjin, agradeci todos os dias. Mas se eu fui abandonado em um orfanato é porque alguém não me quis. Alguém não me queria por perto.

     Meu choro se intensificou e eu enterrei meu rosto na camiseta de Yoongi para evitar de gritar. Tanta dor presente em meu peito. Chorei até pegar no sono.

   
              ------------------

     Acordei sentindo o calor de outro corpo. Abri os olhos lentamente e Yoongi estava deitado ao meu lado me olhando.

           - Bom dia Jimin.

           - Bom dia Yoongi... você dormiu aqui?

           - Na verdade eu não dormi. - ele passou a mão em meu rosto - voltei pra pegar minha camiseta ontem de noite e você estava dormindo abraçado a ela. Quando puxei ela dos seus braços você soluçou. E sussurrou, pedindo para que eu não te abandonasse. Eu só quero que saiba de uma coisa Jimin: eu nunca vou te abandonar, você é muito importante pra mim.


Notas Finais


Krystal empata foda do caralho! Não sei se vocês perceberam, mas eu adicionei a tag "Vkook" na fic *moon face* hihi

Até mais ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...