História Meu doce pecado - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Incesto, Itasasu, Naruto, Uchihacest
Exibições 90
Palavras 2.852
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem a demora!!!
Espero que o capítulo esteja bom!
Bjs

Capítulo 11 - Capítulo 10


Capítulo 10
Sasuke on
Os olhos de Itachi pareciam vermelhos, uma cor ja conhecida, pois eles sempre ficam assim quando ele esta com desejo, o que ms deixa muito feliz. Ele vinha lento em minha direção, como se fosse um caçada, onde eu era a presa e ele o caçador, eu teria rido disso se não estivesse tão hipnotizado por seu olhos. Finalmente ele chegou perto o suficiente para que eu sentisse sua respiração, sua boca tão perto da minha que o mínimo movimento as juntaria, senti sua mão quente em meu quadril e mesmo sobre as roupas seu toque era demasiado para mim, me fazendo suspirar de emoção. Sem esperar mais, ele toma meus lábios em um beijo calmo e sem pressa, todo o desespero do reencontro, já tinha passado, agora iríamos apenas aproveitar um ao outro.
_ Você sabe o qual necessitado eu estou de você? _ Perguntou em meu ouvido, para em seguida mordisca meu lóbulo. Estremeço em seus braços e dou um pequeno gemido.
_ Itachi..... pare de brincar comigo..... _ Peço manhoso. Ele ri e começa uma trilha de beijos e mordidas que vai do pescoço ao ombro, enquanto isso, suas mãos trabalham no resto de meu corpo, me apertando em todas as partes possíveis, principalmente na bunda.
_ Eu avisei que castigaria você.... agora aguente! _ Responde depositando um beijo suave e estalado em meus lábios. Faço cara de irritado e o puxo para um beijo, tão voraz e desesperado que parecia mais um desentopidor de pia!
_ Eu quero você e quero agora! _ Digo cessando o beijo e puxando seu cabelo para trás e para baixo, assim seus olhos ficariam na direção dos meus. _ Ouviu Itachi?!
O sorriso malicioso que se abriu em sua expressão me deixou confuso por um momento. Senti suas mãos apertarem ainda mais minha bunda e arfei.
_ Por um momento pensei que o Sasuke que eu conheci e criei tivesse ido embora. Mas ai está ele! _ Disse sorridente, eu teria respondido, porém nesse momento ele rolou para baixo e me fez ficar por cima dele. Sentir seu membro muito duro roçar em minha bunda, na mesma hora gemi de satisfação. Se tinha uma coisa em que Itachi podia dizer que não era pequeno, era seu membro.
_ Rebola pequeno.. _ Não foi preciso pedir de novo, comecei lento e com o passar dos minutos fui aumentando a velocidade. Aquilo era tão bom, parecia que tinha se passado um século desde de nossa última tranza. E apesar de sentir muita falta de seu corpo e ter vontade de explora-lo todo com minhas mãos e boca, estava sem paciência, queria logo tê-lo dentro de mim. Ainda rebolando em seu colo, me inclinei para frente e o beijei selvagemente. Sua língua lutava contra a minha tentando ter o controle do beijo, suas mãos se agarravam forte em meu quadril, me ajudando no vai e vem. Ja sem ar me separei dele e aumentei a velocidade.
_ Itachi..... Eu quero você dentro de mim! _ Digo aos arquejos, aquilo estava muito bom mas eu não queria gozar desse jeito.
_ E você terá meu pequeno.... _ Ele inverte nossas posições outra vez, lentamente vai tirando minha camisa e meu short, por último descendo minha cueca box, entao me olha bem dentro dos olhos. _ Você é tudo para mim, sabe disso não sabe?
Suas palavras carinhosas sempre me desarmavam, mesmo quando eu tentava bancar o durao, era impossível não me emocionar com seu carinho, sua devoção. Levei a mão até seu rosto e o acariciei gentil.
_ Claro que sei..... você também é tudo pra mim niisan! _ Correspondo dando-lhe um beijo sereno e calmo. Mas logo minha urgência volta e desço minha mão por seu tronco, até que chego ao tão almejado membro. Aperto-o sem muita força, apenas querendo senti-lo em minha mão, ele estava duro como uma rocha.
_ Ah.. Sasuke... _ O gemido rouco de Itachi faz com que eu fique ainda mais excitado e comece um vai e vem lento em seu membro. _ Ah.....
Sorriu malicioso, eu amava saber quanto prazer dava a Itachi, seus gemidos eram como uma droga viciante, da qual eu ja nao sabia viver sem. Meu devaneio se encerra quando sua boca se gruda a minha, em um beijo devasso e quase sem carinho, só luxúria.
_ Como foi que você ficou desse jeito pequeno? _ Pergunto junto ao meu ouvido, ele estava ofegante e sua voz rouca de prazer. Viro minha cabeça em sua direção e mordo seu pescoço. Ouço gemer baixinho.
_ Isso é culpa sua niisan! _ Digo dengoso, com a mão que ainda o acariciava, levo seu falo até minha entrada e o esfrego lá. _ Você que me ensinou tudo!
Ouço gargalhar e acabo rindo junto. Solto minha mão, mas Itachi continua a se esfregar em mim, imitando uma penetração.
_ Então fui um ótimo professor! _ Diz mordiscando meu lábio inferior. Gemir baixinho, senti-lo desta forma era muito bom, mas eu queria ele dentro de mim.
_ Itachi, para de me enrolar! _ Peço ja me esfregando furiosamente contra ele. Vejo-o morder o lábio inferior e soube que ele estava se segurando também.
_ Eu so queria prolongar nosso reencontro. _ Falou baixinho, seu sorriso iluminado minha visão. Reviro os olhos e bufo.
_ Se você prolongar um minuto a mais eu te bato! _ Ameaco impaciente, ele ri e em seguida se levanta, eu teria reclamado se não soubesse que ele iria até o quarto dele pegar o lubrificante.
.......
Itachi on
Corri até meu quarto e peguei um potinho de lubrificante, no caminho de volta vim devaneando, me perdendo em pensamentos pecaminosos. Quando entrei no quarto de Sasuke, ele estava lá, jogado, de pernas abertas, só esperando por mim. Senti meu coração perde uma batida. Meu Deus, isso era a visão do paraíso, não creio que exista paisagem mais bela!
Praticamente voou de volta para cama, ouço o pequeno rindo de minha empolgação e levanto os olhos para ve-lo.
_ Você é perfeito! _ minha voz soou quase como um sussurro de admiração e observo-o ficar vermelho. Era incrível como depois de tanta intimidade ele ainda ficava envergonhado com esse tipo de coisa, esse era meu pequeno: imoral, maliciosao, impaciente, porem por muitas vezes tímido.
_ Pare com isso! _ Diz ríspido e logo está de cara emburrada, o que faz com que eu ria. Me jogo em cima de seu corpo pequeno e o encho de beijo, por um momento me perguntando pra onde foi toda aquele desejo e luxúria, mas logo deixei isso de lado ao ouvir os risos e reclamações de sasuke. _ Não.... pare..... Ita-Itachi!
Paro meu ataque e o olho nos olhos. Eles estão brilhantes e felizes, do jeito que eu espero que permaneça para sempre. Tá, eu sei que isso é impossível, mas deixe-me sonhar por favor!
_ Você devia esta fazendo amor comigo, não me fazendo ri! _ Diz sorridente, sinto sua mão deslizar por meu peito, uma carícia leve em meus mamilos. Suspiro de satisfação e desço minha boca da dele, sentido a maciez de seus lábios, a textura da sua língua e a quentura dessa cavidade deliciosa, ouço-o gemer e sinto o som reverbera em minha boca. Sua mãos agora estão apertando minhas omoplatas, praticamente enfiando as unhas na minha pele, aprofundado o beijo vou descendo uma de minhas mãos até sua bundinha gorda e encho a mão com ela, Sasuke se contorce em meus braços e me puxa para colar mais nossos corpos. Cedo demais separo nossos lábios e o encaro. Estamos os dois ofegantes, os olhos do pequeno parece duas fendas negras e brilhantes, ele estava muito excitado e isso só me deixava do mesmo jeito.
_ Você me deixa louco Sasuke! _ Digo exasperado, ele ri e deposita um selinho em meus lábios.
_ Bom saber disso! _ Respondi malicioso. Mas logo sua expressão fica seria e seus olhos se serram tanto que quase se fecham. _ Agora pare de me distrair e me coma logo!
Arregalo os olhos, o pequeno está realmente ansioso. Bom, quem sou eu para negar isso a ele? Levo uma de minhas mão ete o frasco de lubrificante abandonado ao meu lado e derramo um pouco do líquido em dois dedos, ao olhar para Sasuke posso ver o qual turvo de luxúria seus olhos estão, isso faz meu membro pulsar de ansiedade, levo os dois dedos lambuzados até a entrada rosada de meu pequeno e esfrego-a delicadamente, apenas para deixa-lo ainda mais louco.
_ Vai Itachi, estou com tanta saudades sua! _ Diz aos sussurros e gemidos, aquilo era ótimo de se ouvir. Atendendo ao pedido dele, começo a enfiar um dos dedos lubrificados em sua entrada apertada, ele geme manhoso. Sentir as paredes do canal de meu irmão apertar meus dedo, ja o suficiente para me fazer gozar, mas eu não queria acabar com a brincadeira tão rápido assim, iniciei um vai e vem lento, onde comecei a procurar por um lugar específico que eu sabia que o faria gritar de prazer.
_ Ah!  Itachi! _ Seu gemido agoniado me faz ter a certeza de que encontrei o tal lugar. Devagar inserir o outro dedo e comecei a estimular so aquele ponto. Sasuke se contorcia de prazer. _ Niisan..... ah... hum....
Meu membro estava tão duro que já doía de necessidade, levo minha mão livre até ele e começo uma masturbação lenta, enquanto isso eu so aumento a velocidade dos meus dedos em Sasuke.
_ Ah.... Ita-Itachi..... hum.... já ta... bom... _ Diz rebolando loucamente em meus dedos. Graças a Deus! Penso ja não aguentado de desejo. retiro meus dedos de dentro dele e me posiciono em sua entrada, devagar vou deslizando em sua entrada, tomando espaço em seu corpo e nos tornando um só. _ Isso... assim... ah... hum...
Já todo dentro fico Pará do por alguns estante, tento para que o pequeno se acostume com a invasão, quanto para controlar minha vontade de gozar.
_ Se mexe Itachi! _ Diz ofegante, obediente começo a rebolar devagar, para logo iniciar um vai e vem lento e profundo. _ Ah.....
_ Como senti sua falta! _ Digo entre uma estocada e outra. Não sei se um dia irei experimentar algo melhor do que isso, melhor que te-lo em meus braços, sendo possuído por mim e gemendo meu nome como se fosse um mantra.
_ Mais rápido niisan! _ Pede se agarrando mais forte ao meu corpo, como se nossa aproximação não fosse o bastante. Acelerei ainda mais a penetração e sem querer acertando sua próstata em cheio. _ Ah!
Continuei nesse ritmo por mais um 5, talvez 10 minutos, até sentir o corpo de meu pequeno tremer junto ao meu.
_ Junto comigo Sasuke! _ Peço aumentando ainda mais a força e a velocidade das estocadas. Seus olhos estavam fechados de tanto prazer que ele estava sentindo. Sinto seu corpo convulsionar uma última vez e explodir em um grito rouco. Seu clima foi tão forte que me levou junto dele, com o aperto de sua entrada em meu membro, acabei gozando também e me deixando cair sobre ele, mas não totalmente, para não machuca-lo.
..........
Sasuke on
Acordo sem saber que horas são e por um momento sem saber onde estou também. Abro os olhos devagar, ainda sonolento e olho ao meu redor, dou de cara com um Itachi adormecido e sereno. Sorriu involuntariamente, agora tudo voltando a minha mente, sua sessão no tribunal, nossa vinda para casa e principalmente o amor gostoso que fizemos. Levo minha mão até seu rosto e o acaricio de forma suave, não querendo acorda-lo agora. Porém seu sono sempre foi leve, e logo vejo seus lindos olhos ônix se abrirem e me encararem apaixonados.
_ Oi... _ Digo aos sussurros, ele sorri, seus dentes perfeitos amostra.
_ Oi! _ Responde se aproximando e me dando um selinho carinhoso e singelo. _ Dormiu bem?
_ Uhum! _ Respondo me deitando em seu peito. Não sei dizer se essa foi a nossa melhor transa, talvez tenha sido a mais desesperada, nunca fiquei tanto tempo sem ele desse jeito, estava acostumado a tê-lo quase todos os dias, a não ser é claro, quando ele viajava a negócio, ai eu tinha que ficar com Pain ou um de seus outros amigos. Não era ruim, so me sentia um tanto triste por esta longe dele. Sempre fui muito apegado a Itachi, as vezes enquanto penso no futuro me pergunto como será? Será que esse amor vai existir para sempre? Será que o niisan irá cansar de mim? Ou perceber o qual errada é a nossa relação? Tá, eu sei que é coisas demais pra um adolescente ficar pensando, mas..... Eu tenho medo..... medo de tudo escapar por minhas mãos, como quase aconteceu hoje.
_ Você ficou pensativo de repente... aconteceu algo? _ Perguntou beijando o alto de minha cabeça. Suspirei e neguei com a cabeça.
_ Não, so remoendo tudo o que aconteceu. _ Digo erguendo minha cabeça e deixando um beijo embaixo de seu queixo. Ele gruni em resposta e fecha os olhos.
_ Você deve está com fome não é pequeno? _ Perguntou gentilmente, bem agora que ele falou minha barriga está realmente reclamando de fome. Ri baixinho.
_ Estou faminto! _ Digo saindo de cima dele e me levantando da cama, já de pé me espreguico como um gato e ouço uma risadinha, viro-me e ele está me encarando com um olhar de fome, mas eu duvidava que fosse de comida.
_ Pare de me olhar como se eu fosse um frango de padaria, seu pervertido! _ Digo me fingindo de indignado. Itachi ri alto e se levanta da cama também.
_ Tudo bem, depois que comermos eu terei o resto do dia pra comer você mesmo! _ Diz dando de ombros e indo em direção a porta, provavelmente seguindo para seu quarto. Pensei em dizer algo, mas deixei pra la, afinal ele tinha razão. Fui em direção ao meu guarda-roupa e procurei por algo confortável, vesti apenas um short de algodão e uma camisa regata, nada de cueca. Quando desci o moreno ja estava na cozinha, ele olhava a dispensa.
_ Então, o que vamos comer? _ Pergunto olhando por cima de seus ombros e notando que não tinha praticamente nada na dispensa. Ele suspirou.
_ Parece que teremos que fazer compras de supermercado, mas por hora iremos pedir comida por telefone. _ Responde indo para a sala e pegando o telefone fixo. Escuto enquanto ele pede pizza e depois me jogo no sofá, assim que desliga o aparelho se joga ao meu lado. _ Chega em 15 minutos, quer fazer algo enquanto esperamos ou so ficar aqui mesmo?
Penso por um estante, não tem muito o que se fazer em quinze minutos, talvez ver TV, mas isso eu não estava afin. Então dei de ombros sem saber o que dizer.
_ Não sei...._ Digo por fim, ele ri e me puxa para seu colo. Ah, claro. Ele quer um pouco mais de sexo! Bem, eu não tenho nada contra, muito pelo contrário. Sinto sua boca em meu pescoço e suspiro em satisfação. _ Eu realmente senti falta de você niisan!
Ele não me responde, ao invés disso me aperta mais contra ele é sua ereção ja crescente. Começo a rebolar e me esfregar naquela tora deliciosa, acho que eu jamais irei me cansar disso, de tê-lo dentro de mim, me tocando, me fazendo seu.....
_ Você é delicioso Sasuke! _ Diz ao levantar minha regata e descer seus beijos e mordidas para meu peito e passando a provocar meus mamilos já eriçados pela excitação. Sua língua brincava com um dos pontos rosados, circulando e vez ou outra mordendo e assoprando, deixando-me entorpecido de desejo. Eu gemia baixinho, adentrei minhas mãos por sua camisa e arranhei de leve sua pele translúcida e macia. _ Ah.... pequeno.... meu pequeno...
_ Hum.... Itachi..... isso é tão bom! _ Digo oferendo meus mamilos ainda mais ao me inclinar para frente. Por um momento quero que o entregador pegue um trânsito ou algo do tipo, aquilo estava bom de mais para acabar tão rápido.
_ Sasuke.. será que dá tempo de uma rapidinha? _ Pergunta malicioso, paro de rebolar em seu membro e penso, não faz tanto tempo que ele ligou, talvez der.
_ Acho que sim.... _ Digo sorrindo involuntário. Ele sorri também e em poucos minutos estamos no quarto outra vez, mas agora sem preliminares.
............
A pizza estava ótima, e graças a Deus deu tempo de fazermos tudo sem sermos atrapalhados. Teria sido hilario claro, mas é muito melhor sem interrupções. Despois de comermos passamos o resto do dia na cama, ora dormindo, ora fazendo amor. E ainda pedimos comida outra vez de noite. No final das contas, dormimos de conchinha, sossegados e felizes, apenas esperando pelos dias melhores que sabíamos que viriam. Eu nao deixaria Madara perturbar nossa felicidade outra vez.....
" Você será meu pra sempre, não é? " penso antes de ser levado para o caminho da inconsciência.
...........


Notas Finais


Então foi isso pessoal..... espero que o Lemon esteja bom!!
Bjos até a próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...