História Meu emprego acidental - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 60
Palavras 1.070
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amores!

Aqui estamos com mais um especial...

Não tive tempo de revisar pois estou indo para o hospital agora e não queria atrasar mais.

Espero que gostem! ❤️ Beijos da Unnie.

Capítulo 48 - Especial. (2)


Fanfic / Fanfiction Meu emprego acidental - Capítulo 48 - Especial. (2)

 


~ Sete anos depois...
             
                  P.o.v's Victoria 

  Oi gente! Quando tempo, né? Muitas coisas mudaram como vocês podem ver... Essas "muitas coisas" não incluem nós, já vou avisando. 

   Bom, pelo menos estamos felizes, muito mesmo. Eu estou grávida de gêmeos! Nunca pensei que eu ficaria grávida, muito menos de dois. Já estou com nove meses de gravidez e por isso esses bebês podem vir a qualquer momento. Estou tão ansiosa! Será um casal, uma princesinha e um príncipe. 

  Estou me arrumando pois vou ir até o orfanato que tem aqui perto com Jungkook e Jimin. 

  Ouvi batidas na porta e ao abrir me deparei com Jungkook, Jimin, Eliza e Hoseok felizes e uma Ana com cara de cu. 

    ⁃    Entrem. Fiquem a vontade. -Falei sorrindo. 

  Hoseok entrou e se sentou em cima do balcão, Ana e Eliza se sentaram no tapete que ficava no chão da sala e Jimin sentou no colo do Jungkook, que estava sentado no sofá. 

  Ofereci algo para beberem mas ninguém quis, então o problema já não é mais meu. 

    ⁃    Para falar a verdade, eu aceito um pouco de água. -Hoseok falou. 

    ⁃    Levanta e pega. -Respondi. 

    ⁃    Nossa, sua mal educada! Eu sou visita. -Ele disse indignado. 

    ⁃    Foda-se. Morre de sede então. -Falei me jogando no sofá enquanto Hoseok pegava a sua água. 

    ⁃    Quanta bipolaridade! Quando chegamos você estava um amor de pessoa e agora tá essa porra aí. -Ana comentou. 

    ⁃    A gravidez me deixa assim. Agora cala a boca. -Falei e a mesmo se calou. 

  Ficamos conversando mais um pouco e então resolvemos ir para o tal orfanato. 


 ~ ¥ ~ Já no orfanato... 

  Entramos e uma mulher nos atendeu. Fomos priorizados por que três integrantes de uma das bandas mais famosas do mundo estavam conosco? Sim, fomos, mas relevem isso. 

  A mulher nos disse que poderíamos andar pelo orfanato e conversar com as crianças. Caso alguma interessasse os dois, eles iriam iniciar o processo de conseguir a guarda e etc. 

  Eliza andava para todo lado com Julie no colo e as duas estavam brincando de boneca com algumas outras garotas. Não sei qual era mais criança! 

  Eu estava sentada numa poltrona pois estava com um pouco de dor. 

  Hoseok e Ana jogavam bola com alguns menino. Já conseguiu perceber que vivo no meio de pessoas completamente maduras, certo? ~sinta a ironia~. 

  Avistei (N/A: a novinha no grau. Desculpem gente, não resisti. Eu não gosto de funk, fiquem tranquilos.) Jungkook e Jimin conversando com um garotinho. O menino era bem pequeno, tinha os olhos e os cabelos castanhos e era bem branco. 

  Os dois mais velhos conversavam com o menor e riam. Estavam realmente felizes, acho que já sabemos quem eles vão adotar. 

  Me levantei e fui até os dois que sorriam bobos para o garoto que fazia um bico muito fofo. 

    ⁃    Qual o seu nome? -Perguntei. 

    ⁃    Me chamo Liam. -Ele disse.- Tenho cinco aninhos. 

    ⁃    Que coisinha mais linda! -Hoseok apareceu gritando. 

    ⁃    Oppa! -Julie apontou para Liam que era mais velho que a garota por dois anos. 

    ⁃    Ele é muito lindo. -Jungkook disse sorrindo bobo. 

    ⁃    Você vai ser a minha Omma? -Liam perguntou colocando as duas mãos gordinhas uma de cada lado do rosto de Jimin. 

    ⁃    Vou sim. -Jimin disse e percebi que o mesmo chorava e sorria. 

    ⁃    Parece que já se decidiram, hm? -A senhora que nos atendeu mais cedo falou. 

    ⁃    Sim. -Jungkook confirmou animado. 


~ ¥ ~ 

   Depois de alguns dias, o Liam já estava em casa. Todos os meninos ficaram animados com a chegada do garoto. Yoongi até deu um passeio com Liam em seus ombros. 

  Já estava de noite quando fomos até a casa de Jimin e Jungkook comemorar. Nos sentamos na sala e ficamos comendo, bebendo e rindo. Como era sexta feira, não teria problema ficar lá até tarde. 

  Mas logo Ana e Yoongi se levantaram dizendo que tinham uma coisa muito importante para fazer. Pela cara de safados dos dois já sabemos bem o que vão fazer. 

  Ficamos até tarde na sala e depois fomos cada um para a sua própria casa. 


~ ¥ ~ No outro dia... 

  Acordei cedo e Hoseok foi lá para a minha casa. Estávamos conversando até que comecei a sentir uma dor insuportável. Quando olhei para baixo, o chão e as minhas pernas estavam todos molhados, incluindo os meus sapatos novos. 

  A única coisa que pensei foi: Fodeu. A minha bolsa estourou. 

  Logo Hoseok apareceu atras de mim e ao perceber a água no chão começou a falar coisas que na hora, não me importavam em nada. 

- Amiga, você também tá com problema na bexiga? -Pergunta Hoseok.

- Hoseok..

- Porque eu também estou.

- Hoseok...

- Tô tomando um remédio ótimo, se quiser eu te passo.

- Hoseok pelo amor de Deus!

- Serginho nem reclama mais e... 

    ⁃    EU VOU BATER EM VOCÊ AGORA SE NÃO CALAR A BOCA E IR CHAMAR O TAEHYUNG LOGO! 

    ⁃    Essa água aí... é o que eu estou pensando? 

    ⁃    Sim! Eles vão nascer! 

    ⁃    Puta que pariu! TAEHYUNG DO CÉU, VEM CÁ! 

  E a manhã foi bem agitada, com Hoseok batendo na casa de todo mundo e todos indo para o hospital. Ah, antes disso, eles me esqueceram na sala da minha casa e tiveram que voltar para me buscar. Não os culpo, eles nem precisam de mim para o parto né? Bobagem. 

  Entrei para a sala onde eu iria acontecer tudo. Ficaram na sala, Taehy, Ana, Hoseok e Eliza. 

  Quando o primeiro bebê começou a sair, eu gritei, muito alto. Babi nos quatro, apertei todo mundo, e gritei. A dor era insuportável! 

    ⁃    TÁ VENDO ISSO KIM TAEHYUNG? É CULPA SUA! -Hoseok gritou.

    ⁃    OLHA A DOR QUE ELA TÁ SENTINDO! -Eliza gritou. 

    ⁃    O QUE CUSTAVA TER USADO CAMISINHA? VOCÊ SABE O PREÇO DE UMA CAMISINHA, TAEHYUNG? É QUATRO REIAS! QUATRO! -Ana gritou. 

    ⁃    Saiam os três daqui agora. -A médica disse e vi Ana, Eliza e Hoseok saírem da sala de cabeça baixa. 

  Logo eles nasceram. Primeiro veio o Taeknow, meu pequeno menininho e logo depois dele, veio a Taegeuk. Eles eram lindos e bem pequenos. 

  Eu os peguei no colo e depois os entreguei para Taehyung que estava chorando horrores com um sorriso lindo no rosto. 

    ⁃    Eu te amo. -Ele disse e me deu um beijo no topo da cabeça. 

    ⁃    Também amo você. -Falei sorrindo. 


Notas Finais


Até o próximo especial! Espero que tenham gostado.

Beijos, amo vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...