História Meu Eterno Amor - Meu Grande Amor part.2 - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Bts, Drama, Namjin, Romance, Yaoi
Visualizações 20
Palavras 937
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora...


Tenham uma boa leitura....

:D

Capítulo 3 - Terceiro


Fanfic / Fanfiction Meu Eterno Amor - Meu Grande Amor part.2 - Capítulo 3 - Terceiro

16 de Setembro de 2015

Continuava a olhar as costas daquele homem, ainda tentando decifrar quem era, eu realmente não sabia quem era mas tinha algo que parecia-me familiar naquele ser, não sabia bem o que era mas sentia que já tinha o visto.

-Desculpa! Mas eu realmente não sei quem é você. -olhei para o chão.
-Você acabou de me decepcionar Namjoon. -soou um pouco sarcástico- Eu achava que você iria me reconhecer, mas acho que já se passou muito tempo para você se lembrar de mim. -ele se virou e caminhou em minha direção. 

Eu continuava olhando o chão, não havia percebido que ele estava vindo em minha direção, estava perdido em meus pensamentos. Quando percebi ele já estava muito perto de mim, finalmente encontrei coragem para olhar seu rosto mas quando pensei nisso ele me repreendeu e disse para não olhar para ele. Eu me perguntei o por que daquilo mas apenas fiquei quieto.

-Eu talvez tenha mudado um pouco. Ou aquele maldito ritual fez com que você esquecesse coisas demais. -ele se afastou um pouco de mim e em seguida caminhou em direção a porta- Quer que eu te faça lembrar de mim? -parou em frente a porta.
-Parece que você era, ou é, muito importante para mim. -respirei fundo pois não sabia o que iria acontecer- Então quero que me faça lembrar quem você é.

Assim que falei ouvir seus passos em minha direção. Senti sua respiração se chocar com minha pele, fazendo-me arrepiar, logo em seguida senti seus lábios gelados. Aos poucos fui virando minha cabeça para tentar ver seu rosto. Enfim conseguir ver o seu rosto então senti algo que jamais havia sentido. Quando ele percebeu que estava o olhando ele sorriu, seu sorriso era magnifico o mais perfeito que já havia visto. 

-Será que agora lembra quem eu sou? -ele tocou meu rosto e olhou em meus olhos.
-Senti muito a sua falta. -respirei fundo e em seguida um sorriso surgiu no canto de minha boca- A quem devo agradecer por tal ilusão encantadora?
-Você acha que não sou real? -sua voz soou um pouco triste.
-Jin eu te matei. Me lembro bem disso. -ele riu e em seguida me virou para ele.
-Não! Você não me matou. -tocou meu rosto.
-Como não te matei? Lembro-me bem do que fiz naquela noite maldita. -suspirei.
-Vou te contar tudo. Exatamente como aconteceu okay?! -ele sorriu e em seguida me puxou até perto de um sofá que havia na sala, em seguida se sentou e pediu-me para fazer o mesmo.
-Certo! Estou ouvindo atentamente pode falar. -o olhei e esperei ele começar a falar.
-Como meu irmão já lhe falou eu conheço bem o mundo onde você vive, sua realidade. Ele também lhe disse que eu sou adotado, isso é verdade por isso não sou um conjurador como ele, mas eu aprendi tudo sobre ser um. Eu sabia bem que você teria que tomar sangue de alguém querido, não sabia que seria eu. -ele riu- Mas sabia que talvez morreria naquela noite. Porém você não me matou. Quando você cravou suas presas em meu pescoço senti uma excitação sua, mesmo tendo toda aquela sede você se controlou a ponto de tomar uma quantidade necessária para acabar com a sua sede e me deixar vivo. Lembro-me também que quando estava indo embora você disse que me amava e me pediu desculpas. Isso foi uma prova de que você realmente me amava, por isso que te procurei.
-Mas então por que demorou tanto? -o interrompi.
-Bem... Naquela noite meu irmão cuidou de mim e me levou para um lugar longe daqui, para que eu pudesse me recuperar. 
-Mas você... Você...
-Eu o quê?
-Você ainda é humano? 
-Não, eu não sou mais humano. -ele deixou uma risada baixa escapar.
-Me desculpa por isso. -disse triste.
-Não se preocupe com isso meu amor. -ele abriu um belo sorriso.
-Então eu te transformei nesse ser horrível que sou.
-Sim me transformou em vampiro, porém não sou apenas isso.
-O que mais você é? -perguntei curioso.
-Quando meu irmão estava cuidando de mim ele tentou cortar o efeito de sua mordida, ele deu-me várias ervas para beber, mas enquanto ele estava fazendo isso eu não poderia tomar sangue de nenhum ser fosse ele um animal ou uma pessoa. Então as ervas fizeram um efeito diferente. Agora eu sou um vampiro e tenho algumas características de um conjurador.
-Como você pode falar disso tão facilmente? Aconteceu muitas coisas em sua vida e tudo foi culpa minha. -abaixei minha cabeça estava triste.
-Namjoon não seja assim, isso um dia iria acontecer então não se culpe.

Ele não parava de sorrir e aquilo fez com que eu cedesse. Então levantei a cabeça e o olhei, parei com minhas paranoias e comecei a aproveitar aquele momento. Levei meus lábios ao encontro dos lábios dele e finalmente o beijei. Logo estávamos nos despindo. Pude finalmente sentir novamente o corpo dele, o seu calor e seus toques. Beijei todo seu corpo e deixei algumas marcas no mesmo. A cada toque meu fazia ele se arrepiar e soltar alguns gemidos. Minutos depois voltei a beijar sua boca mas instantes depois ele levou seus lábios ao meu pescoço e mordeu o mesmo em seguida deixou uma marca forte no local. Ao sentir a mordida acabei deixando um gemido escapar e logo depois puxei os fios de seu cabelo.

Podia sentir ele novamente, o tinha em meus braços. Mas sabia que nosso paraíso iria ser destruído a qualquer momento, decidi apenas apreciar o momento e deixar de lado as preocupações pelo menos por um momento.


Notas Finais


Até próximo capítulo...

Tentarei postar o mais breve possível.

Beijinhos da Yun S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...