História Meu final feliz (SwanQueen) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens August Wayne Booth (Pinóquio), Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Archie Hopper (Jiminy Cricket), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Henry Mills, Lacey (Belle), Madre Superiora (Fada Azul), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Sr. Gold (Rumplestiltskin)
Tags Drama, Fantasia, Once Upon A Time, Romance- Swanqueen
Visualizações 222
Palavras 2.548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Demorei mas voltei, espero que gostem.

Capítulo 22 - Acredite você merece ser feliz.


Fanfic / Fanfiction Meu final feliz (SwanQueen) - Capítulo 22 - Acredite você merece ser feliz.

Já passava das três da manhã,quando Emma acorda e sente um lado da cama vazio,ela olha para todos os lados do quarto não avista Regina,enfia a cabeça no travesseiro mas não consegue voltar a dormir,resolve ir atrás da morena  quando chega no alto da escada escuta,o barulho da tv e alguém chorando,Emma desce quase correndo mas sem fazer barulho para não assustar,quando ela se aproxima vê a sua amada chorando assistindo,Senhor dos Anéis,estava na cena em que Sammy carregava Frodo nas costas quase no fim do filme,Emma se senta junto a morena a qual estava tão concentrada no filme e em seu pote de sorvete que nem se importou com a Emma ali, a loira achou uma graça, quando levou a mão para pegar um pouco de sorvete, Regina bateu em sua mão dizendo. _ Pega um pra você...Emma porque não existe um amigo assim na vida real? É tão triste pensar que essas coisas acontece só em filme.Emma dá um beijo no ombro da morena acariciando seu braço tentando consolá la dizendo._ Meu amor,claro que tem pessoas assim na vida real olha só...você estava pronta para se sacrificar por todos dessa cidade mesmo eles querendo sua morte,você segurou aquele diamante sozinha por um bom tempo. _ Há,Emma não é esse tipo que eu estou dizendo eu tinha muito o que perder aqui,eu digo um amigo aquele que não tem  ligação sanguínea e nem carnal um amor puro sem pedir nada em troca, entende. Regina fala entre soluços,fazendo Emma sorrir o que fez a morena chorar mais ainda,a loira a abraçou e disse sorrindo._ Gina,minha linda você não estava preparada para Senhor dos Anéis,você pelo menos assistiu os dois primeiros ? _ Assisti sim mas antes da gravidez...isso é horrível. Regina fala chorando escondendo o rosto no pescoço de Emma, a qual acaricia suas costas dizendo._ Minha Rainha,você está puro hormonio acho que até um grilo morto faria você chorar agora,mas vamos o filme acabou eu levo você para o quarto._Emma você é louca  mesmo imagina se o Archie estivesse de grilo e você o matasse eu perderia meu psicólogo isso seria muito ruim. Emma apenas desliga a tv concordando com a mulher que estava aos prantos ali em sua frente e pegando em sua mão a guiando até o quarto,ao chegar no quarto Emma pergunta._ Você quer uma água ? pra tirar o gosto de chocolate da boca.

_ Não eu só quero deitar. Regina diz enquanto entra debaixo do cobertor,Emma a acompanha se deitando,a morena logo se  aninha colocando a cabeça em seu peito e dizendo. _ As vezes eu penso que vou acordar a qualquer momento,porque eu não mereço ,essa felicidade,você o Henry mais um filho,todos que me amam e me apoia mesmo com todas as coisas terríveis que fiz...tenho  medo que tudo seja um ensaio para um castigo maior. Regina fala em um choro silencioso,Emma não sabia o que fazer pois nunca havia visto a morena assim,ela beijou o alto de sua cabeça dizendo._Regina,por favor não diz essas coisas,claro que isso não é um ensaio para um castigo,seria cruel demais e se você está feliz é porque merece ninguém aqui é santo todos nós fizemos coisas terríveis nem por isso tememos ser castigados você já sofreu demais merece ser feliz e se estar feliz...meu amor aproveite. Regina enfia a cabeça mais fundo no peito da loira,abraça sua cintura e não diz nada.Naquele momento Emma estava chorando também,as lágrimas insistiam em rolar pelo seu rosto,mesmo ela tentando controlar para que a morena não percebesse,Emma a abraçou forte secando o rosto e não entendendo nada,ele sentia seu peito molhar com as lágrimas de Regina. “Deus,Regina o que está acontecendo com você ,está triste a dias agora chora sem parar,amanhã vou procurar ajuda,é o certo a se fazer”.Emma pensava,e sentia a respiração de Regina ofegante ela ainda estava acordada,já passava das cinco quando Emma percebe que a morena já estava dormindo,ela ficou ali observando sua amada seu semblante era cansado e ao mesmo tempo tranquilo,a fim de que a morena descansasse  Emma desligou o despertador,esperou dá seis horas e  mandou uma mensagem para o pai dizendo que chegaria um pouco tarde,e pedido para que a mãe fosse cedo para lá,ela também chamou Zelena,ela olhou para o relógio já eram quase sete horas se levantou bem devagar colocando um travesseiro no seu lugar,tomou um banho e se arrumou e desceu deixando Regina dormindo profundamente,preparou um café,estava inquieta esperando sua mãe,ela vai em direção a porta resolve esperar lá fora assim a campainha não seria tocada,não demora muito Snow chega com Neal dormindo em seus braços,Emma a comprimenta as duas entrão,já que Zelena chegaria só mais tarde,Snow coloca o filho na cama e desce para que Emma explicasse o que estava acontecendo._ Emma filha o que aconteceu?Emma se sentou esfregando o rosto,ela estava visivelmente cansada e preocupada.

_ Mãe,eu acordei hoje às três da manhã,Regina estava aqui na sala assistindo tv e chorando muito,eu não acho que seja dos hormônios ela está triste a dias e pensa que será castigada,porque não merece essa felicidade,eu vou falar com o Archie e já falei para  Lily cancelar todos os compromissos dela hoje,então se ela acordar e querer ir trabalhar não deixa,não a acorde também ela dormiu já passava das cinco._ E você Emma parece que não dormiu também,não quer ficar? eu  falo com Archie.Snow pergunta mas Emma nega dizendo._ É que eu sei todos os detalhes e dormir cedo ontem não passava das dez...é eu já vou, qualquer coisa me liga volto na hora do almoço. Emma se despede e sai em direção ao consultório,ela sabia que Archie levantava cedo,então ele a receberia.Emma ao chegar apenas comprimenta Archie e logo conta o que aconteceu e o que vinha acontecendo,como Archie já sabia da gravidez,afinal  ele era o terapeuta da cidade e  era difícil esconder algum segredo  em Storybrooke._ Emma, Regina vem faltando muito nas consultas e a última vez que veio ela simplesmente se sentou e esperou o tempo passar disse que estava aqui só porque você insistiu muito,ela teria que continuar as consultas para que eu tenha uma opinião concreta. Disse Archie ao terminar de ouvir o relatos de Emma._ Então você tem uma opinião, e qual seria?_ É raro mas não impossível,pelo seus relatos ela está se sentindo culpada,por estar feliz dormi demais outra hora não dorme,come muito e sente tristeza,estar gestante é como um medicamento contra depressão ansiedade,mas uma pequena porção uns 

10 % dessas mulheres têm depressão durante a gravidez,agora imagina Regina que tem todos  esses traumas,traga ela aqui,e venha junto.Emma concorda com doutor e sai do consultório, aflita chega na delegacia mas não consegue se concentrar no trabalho,já era quase hora do almoço ela resolve sair mais cedo o pai concorda,ela pede que ele almoça em sua casa pois queria o máximo de pessoas próxima a Regina,ela sai em direção a mansão e ao chegar encontra uma Regina que aparentava estar tranquila mas Emma conhecia aquele olhar ela estava furiosa, Zelena brincava com Robin e Neal enquanto Regina e Snow estavam colocando a mesa,Emma comprimenta a todos se aproxima da morena,beija sua nuca fazendo ela deixar o talher cair sobre o prato assim chamando a atenção para as duas. _ Você acha que vai me acalmar com seus beijos só porque eles me fazem perder a compostura?Regina fala  baixinho apenas para Emma escutar,a qual segura em seu abdome apertando de leve,colocando a colher ao lado do prato e  sussurrando em seu ouvido.

_ Se eu vou acalmar você ? Acho que já fiz isso,agora quero fazer você tremer em meus braços. Emma fala mordendo o lóbulo e beijando o pescoço de Regina fazendo ela gemer baixinho,a morena se afasta para que as coisas não piorasse e diz baixo.

_ Como você é safada senhorita Swan,respeita sua mãe aqui. _ É Emma respeite sua mãe, que já pegou vocês fazendo coisa pior. Snow diz sorrindo, e agradecendo aos céus por Emma ter chegado e tirado aquele olhar de sociopata de Regina, as três caminham até a sala, a porta se abre era David e Henry._ Passei na escola e peguei o Henry para almoçar com a gente._ Fez muito bem, venha aqui garoto me dar um beijo parece que tem um ano que não vejo você, não tem mais tempo para sua família.Emma fala sorrindo abraçando e beijando o filho,que logo se dirige a outra mãe a beijando e abraçando bem apertado,Regina sorriu do garoto que a guiou até a sala de jantar,o restante da família os acompanhou,o almoço foi calmo regado de risadas,quando não era Zelena com algumas de suas pérolas era Emma,fazendo alguma graça,o almoço terminou Emma Snow e Zelena tirando a mesa,Regina e David foram para sala,David se sentou com um sorriso besta no rosto o que acabou incomodando Regina que pergunta.

_ Qual a graça?David sorri alto e diz.

_ Não é nada de mais só lembrei uma coisa aqui,quando estávamos na floresta encantada você era conhecida como Regina a Terrível,aquela que arranca seu coração com as próprias mãos,a Rainha Má a bruxa que mata você com um olhar,você era famosa, todos os reinos conhecia sua fama e temia,se todos aqueles reis visse você agora,grávida e casada com a filha daquele que odiava tanto. Regina dá uma gargalhada dizendo._É  verdade eles não levaria nenhuma das minhas ameaças a sério...só que não sou casada com a Emma._ Não?Então me diz o que vocês duas tem se não é um casamento,porque a Emma não sai daqui mais, vai na casa dela somente para buscar roupas dorme aqui todos as noites,ela se preocupa com você igual a uma esposa,você está grávida,e é só olhar para vocês que sabemos que é um casal,ela termina suas frases,vocês conversam entre olhares,vocês tem uma conexão uma cumplicidade,coisa que somente um casal que vive a anos juntos,mas estão vivendo na mesma casa a dois meses ou menos.

_ É isso mesmo Regina você e a Emma estão parecendo o casal encantado. Regina faz uma cara estranha quando escuta Zelena falar,mas dá de ombros,dizendo._ Se eu sou casada com sua filha faz de você meu sogro... é isso mesmo que você quer? David sorri, dizendo._ Não tem jeito,não irei fugir da realidade...você é a minha nora,e espero que não seja a única. _ Oi como assim. Emma que já estava na sala fala junto com Regina.

_ Espera não me condenem, eu digo por causa do Neal._ Mas e se os encantados só fizer filho gay?Zelena disse com um sorriso debochado,o qual incomodou somente o David,Emma dá um suspiro leve e diz._ Eu não sou gay. Nesse momento todos sorriem dela,Regina puxa ela pela mão fazendo ela cair em seu colo,as duas se perdem em seus olhares,a morena sorri de canto e deposita um delicado  beijo em seus lábios,e diz._ Ela não é gay,apenas não resiste a mim somente isso._ Não gente eu tive um relacionamento com Killian por muito tempo,eu tive um filho com Neal,ele foi meu primeiro amor, sou bissexual._ Emma minha linda cunhadinha,bissexual todos nós mulheres somos,mas o jeito que beija se rende tão fácil aos encantos da morena aí,como a olha,não fazia isso com Killian e seja honesta com você mesma,você é uma mulher apaixonada,ou melhor uma lésbica apaixonada.Zelena falava e todos ficaram em silêncio por uns minutos até Emma alisar o pescoço de Regina até os lábios e dizendo. _ É,levando em consideração o que a Zelena disse...eu...sou...LÉSBICA. Todos gargalham da forma como ela fala,a loira se levanta estendendo a mão para Regina  dizendo._ Está tudo muito lindo eu sai do armario,mas agora precisamos ir a uma consulta._ Eu,não marquei nada.

_ Não,eu marquei essa sua tristeza que está sentindo ultimamente e esse seu humor que muda de minuto em minuto,pode ser que seja os hormônios mas pode ser algo mais grave. _ É Regina,tem que se cuidar a Emma nos contou que está triste os últimos dias.Snow fala,mas se arrepende ao perceber a cara que Regina faz,e Emma falando quase como um suspiro. “Mãe”. _ Eu estava estranhando todos aqui tão amáveis comigo...agora conta tudo aos seus pais?_ São meus pais Regina,não tenho segredos com eles. Regina fecha a mão colocando na frente do próprio rosto dizendo com muito ódio.

_ Ah...EMMA,você divide tudo com seus pais,contou pra eles como a gente é na cama também.

_ Regina desnecessário.

_ Desnecessário,essa é a palavra que deve ser usada David,sua FILHA não deve meter vocês em todos nossos problemas, ou vou pensar que ela é incapaz de criar uma criança sem o apoio de vocês,escuta bem Emma existe coisas que não é necessário a ajuda dos encantados...E eu sei que sua preocupação é somente uma, Emma eu não sou de cristal não vou me quebrar,se eu fico com raiva você logo muda sua expressão se fico triste também,eu não vou sair por aí matando as pessoas sei muito bem controlar meus sentimentos...e eu já estou cansada de tudo isso,acho melhor você cuidar da sua vida,e… Regina já estava com a voz embargada,mas não pode terminar a frase porque Emma a agarrou pela cintura tampando sua boca com a mão,não forte para não machucá la então Emma disse.

_ Eu peço desculpa,se deixei você nervosa,mas Regina quando vai perceber que você e o Henry e esse serzinho que logo estará aqui conosco,é minha vida,eu não consigo imaginar viver um dia sem tudo isso aqui,viver sem suas birras sem seu carinho...será que não entende que EU TE AMO, por isso me preocupo com você, deixa as pessoas que te ama te ajudar por favor...eu não quero que reprima suas emoções,mas você está triste sim mesmo sorrindo consigo ver a tristeza em seus olhos e está se sentindo culpada por estar feliz,agora seja honesta comigo não é normal sentir culpa por estar bem e feliz. Emma termina de falar com os olhos marejados e percebe que sua mão está molhada pois enquanto falava lágrimas escorriam dos olhos da morena que não diz uma palavra apenas esconde o rosto na volta do pescoço de Emma e deixa sair um choro silencioso,não havia mais ninguém na sala todos tinha saído para dar mais liberdade as duas,Emma acaricia  suas costas e beija seu ombro perguntando._ Então vamos ou não a consulta ?Regina confirma que sim, as duas lavam o rosto e saem,chegando ao consultório depois de muito falar com Archie,ele chega a uma conclusão dizendo._ Bom Regina,você está com uma leve depressão, que deve ser tratada com medicamento, e não se preocupe não prejudicará o bebê,pela minha analise e pelo seu histórico,você está com medo, e esse medo causa tristeza e culpa,culpa por  ter sido cruel com as pessoas,e medo que eles sejam com seus filhos,porque você sabe o quão cruel uma pessoas pode ser, porque chegou a esse limite de maldade pensando até que não seria mais capaz de voltar a ser uma pessoa boa,pensou que não seria mais capaz de amar,mas pela sua sorte e obra do destino,você amou e  ama aquele garoto e agora tem uma família linda,sabe que nunca voltará a ser aquela Regina de 18 anos que queria apenas liberdade para escolher com quem viver,mas hoje você tem toda a liberdade,mas isso assusta você ,tem medo de fazer uma escolha errada, o que eu quero dizer é simplesmente viva porque estamos todos do seu lado ninguém irá fazer mal a sua família,acredite Regina você merece ser feliz.

  


Notas Finais


Obrigada, a todos que leram😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...