História Meu Gato De Estimação - Capítulo 4


Escrita por: ~

Exibições 104
Palavras 745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Acho q vcs vão achar esse cap fofo e engraçado kkkkk!
Ao menos, foi essa a idéia ;u;
Bjs da tia, fiquem com o cap!

Capítulo 4 - Homem Gato.... Fanático Por Preto.


Fanfic / Fanfiction Meu Gato De Estimação - Capítulo 4 - Homem Gato.... Fanático Por Preto.

P.O.V Marinette

Eu cheguei no meu quarto e deitei, estranhando não ter ninguém na outra cama do dormitório.... peguei no sono.

/Quebra de tempo\

(?): Miaah! Nyaaahhh! Meowww!!!

Eu fui acordada com miados e algo felpudo no meu rosto.... abri os olhos..... era Chat Noir dando pequenos golpes com as patinhas nas minhas bochechas:

Marinette: Oi gatinho..... o quê está fazendo aqui? Como entrou? _Perguntei sonolenta enquanto acariciava suas orelhinhas macias e ele ronronava_

O felino olhou para algum lugar e eu segui seu olhar: Uma janela aberta; ainda era noite e estava muito frio. Aí eu lembrei....

"Nath: É o tal "Chat Noir" que você resolveu "adotar"!"

Eu, rapidamente, tirei minha mão do pequeno animal e me sentei, fazendo o felino escorregar para o meu colo e se sentar ali, colocando suas patinhas na minha barriga e miando, não entendendo meu comportamento. Fitei seus olhos com certa raiva.... e muita tristeza:

Marinette: Pode parar de ficar miando; "Homem Gato"! Nathaniel me contou tudo! _Ele parecia chocado e me olhou desesperado_ Saia de cima de mim! _Ele continuou me olhando com certo desespero e fingindo não entender o que estou dizendo_ Não se finja de idiota! Saia de cima de mim, sei que você entende o que eu digo!! Vamos, saia!! Seu......! _Eu senti algo escorrer pelas minhas bochechas.... fechei os olhos._

Eu estava chorando..... por que eu estava chorando? Eu..... não tenho motivos para chorar....... eu....! Eu..... por que.......... por que eu sempre sou..... tão...... idiota?! Por que eu sempre tenho que passar por isso?! Por que eu sempre tenho que ser tão pisada, enganada..... esquecida e traída??? Por quê?! Por que dói tanto ele ter me enganado?! É..... é só um gato afinal de contas..... certo?! Homem Gato não existe! Nathaniel estava fantasiado!!! Eu não..... eu..... dói tanto tudo isso!

Senti algo áspero passar pelas minha bochechas:

Marinette: Para.... Chat.

(?): My Lady..... só paro quando você puurrrrar de chorar.

Abri os olhos de supetão e olhei para um belo homem loiro de olhos verdes felinos, com uma espécie de máscara cobrindo metade do rosto, feita de pelos negros; ele tinha orelhas felinas e negras na cabeça, uma calda de pelos pretos e estava nu, encaixado no meio das minhas pernas e cobria as partes íntimas com o meu cobertor, tinha um ar preocupado. Ele se inclinou na minha direção e começou a lamber meus olhos e minhas bochechas enquanto eu chorava; fechei os olhos e deixei que "Chat Noir" me desse um... banho de gato. Depois de muito choro e várias lambidas, eu me acalmei e ficamos nos fitando até minha ficha cair:

Chat Noir.... é um homem.... está nu na minha frente...... e acabou de me dar um banho de gato...

Eu corei muito e empurrei o loiro, que caiu no chão com um baque surdo, levando junto o meu cobertor:

Chat Noir: Ai!! Qual o teu problema?! Nyaah....

Marinette: Você é uma grande parte dele!!

Levantei e comecei a pegar objetos aleatórios de todos os lugares; peguei coisas do chão, da mesa, das prateleiras, das gavetas, dos armários e joguei tudo nele, que tentava desviar:

Chat Noir: Chega! _Ele colocou as mãos na frente do rosto para se proteger_ Se você está tão irritada puuurrr minha culpa, eu resolvo! _Uma luz negra e verde começou a cobrir o seu corpo, ela era tão forte que me cegou por alguns segundos_ Eu tô saindo, volto quando essa sua fúria for liberta em outro coisa que não seja eu, Meowww!

Quando eu abri os olhos, Chat Noir estava de pé, encostado na porta do dormitório, com os braços cruzados e um semblante sério; sua máscara de pelos havia sido substituída por uma máscara "normal" (preta), ele usava uma jaqueta preta colada, uma calça preta colada, um tênis preto e um cinto com um.... bastão.....?*

Eu acho.... que ele gosta de preto.... só.... acho.

Chat Noir: Eu vou dar uma volta na floresta, amanhã eu tô de volta; My Lady bravinha. _Ele me deu um sorriso de canto com segundas intenções e ficou sério novamente quando falou_ Fique longe do Nathaniel.

Marinette: O Nath? Por quê?! _Ele franziu o cenho_

Chat Noir: Nath?

Marinette: É o apelido que eu dei pra ele, mas, por que? _Ele se virou e abriu a porta do dormitório enquanto falava_

Chat Noir: Porque eu não gosto dele..... o Nathaniel tá querendo ficar com você..... e eu não vou deixar.... ele te tirar de mim. _Eu estava pasma. Como assim?! Chat tá com ciúmes??_

Ele saiu e fechou a porta enquanto eu continuava olhando o nada, pasma e envergonhada:

Ele..... gosta de mim?? Eles gostam de mim???


Notas Finais


*Chat Noir tá usando a roupa normal da transformação dele no desenho real.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...