História Meu gato, minha joaninha - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Chat Noir, Ladrien, Ladybug, Ladynoir, Marichat
Exibições 160
Palavras 337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi eu voltei trazendo mais um capítulo.

Capítulo 25 - Ameaça parte 2


Fanfic / Fanfiction Meu gato, minha joaninha - Capítulo 25 - Ameaça parte 2

 

Volpina on

Ninguém descobrirá meu plano. É infalível. Eles dois não tem nem chance. E nem Queen Bee, ainda bem que eu tinha um pouco daquele líquido, vai me ajudar bastante com tudo. Agora nem Ladybug e Chat Noir, nem ninguém tirará Adrien de mim.

-Quero fazer um acordo com você, Marinette. Termine com o Adrien agora mesmo ou eu continuo com meu plano e sua tão adorada Paris já era.- eu disse com um sorriso.

-Nunca!

-Acha mesmo que tem escolha, Marinette? Está vendo esse cálice?- ergui um cálice de ouro e prata- só uma gota e é capaz de enlouquece-la. Em exagerada quantidade, causa a morte. Eu poderia simplesmente fazer com que você beba muito, mas seria muito rápido, e eu quero que você sofra. Última chance, termine com Adrien ou acabe louca e morta.

-Mari, por favor, eu não aguentaria se você morresse, e depois quem morreria seria eu.- disse Adrien, melancólico.

-Eu não posso. Não consigo.

-Então eu termino. Eu... Não quero namorar com você, Marinette.- percebi que ele estava mentindo mas adorei ver uma lágrima descendo o rosto de Marinette.

-Então, acho que já acabamos aqui, mas você não pode mais ve-la, ou então eu prossigo com o plano.

Dei uma pancada na cabeça dos dois e eles apagaram.

Queen Bee/Chloe on

Eu estava ajudando sem vontade a Volpina. Sabia que tinha que ligar para Ladybug. Sem ela olhar, peguei meu celular e comecei a discar. Mas ela se virou e disse:

-Você quer me trair, não é? Mas eu não permitirei que isso aconteça.

Ela segurou minha cabeça, destampou um vidro e eu não queria, mas não pude evitar engolir. Caí no chão.

Minha última visão foi um vislumbre de Volpina com um sorriso dizendo:

-Agora não vai mais me atrapalhar.

Ela deu uma risada maléfica e eu apaguei.

Quando acordei, estava com roupas que pareciam de abelha e uma máscara. Eu não tinha mais controle sobre meu corpo e tudo que eu tinha era uma imensa raiva de Marinette Dupain-Cheng.


Notas Finais


Pus a Chloe como se tivesse mudado por um spoiler do Jeremy Zag. Não queria mas ok.
Tchau.
Vou fazer um especial quando tiver 100 favoritos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...