História Meu ginasta, Arthur Nory - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade Colorida, Amor, Arthur Nory
Exibições 65
Palavras 622
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá, amores!! Bom, este é o final na Fanfic, espero que gostem ;)

Capítulo 6 - Sexto Capítulo


Acordei e me deparei com um olhar brilhante e um sorriso deslumbrante que eu sabia bem de quem era, meu príncipe encantado.

- Bom dia, meu amor. - Disse Arthur me dando um selinho.

- Bom dia, delicia.

- Dormiu bem?

- Sim e vc? - Falei sorrindo.

- Eu também, ainda mais com vc do meu ladinho.

- Own, seu fofo.

- Sabia que vc foi a melhor coisa que me aconteceu.

- Mentiroso.

- O que? - Disse surpreso.

- Eu não fui a melhor coisa que te aconteceu.

- Como não, amor?

- Não foi a ginástica?

- Ah, vcs né!! - Falou aliviado e sorrindo.

- Tá bom.

- Te amo, minha flor.

- Te amo, meu anjo.

- Vamos tomar café?

- Vamos.

Fomos, tomos café e saímos. Arthur me levou no treino dele. Ai, tava doida pra ir ver ele treinando. Logo chegamos. Ele foi entrando comigo e disse que iria trocar de roupa, aí eu fiquei lá sentada.

- Oi, linda. - Era Matheus um menino colega do Arthur.

- Oi, e aí. Tudo bem?

- Tudo ótimo! - Falei sorrindo.

- Veio treinar com a gente?

- Eu? Tá doido! Faço essas coisas não.

- Nem estrelas?

- Só isso!

Ficamos um tempinho conversando e nós estávamos rindo de umas besteiras que ele havia dito. Eu dei um dos meus gritos estéricos.

- Atrapalho? - Arthur estava nos encarando.

- Nada, cara. - Falou Matheus. - To de saída. Tchau, Luh, até mais.

- Tchau, doido. - Virei pro Arthur que me olhava irritado.

- "Luh"?

- Para, amor.

- Eu te trago aqui para ficarmos juntos, não pra vc ficar de gracinha.

- Eu não fiz nada.

- Tá bom.

- Vem cá, delicia. - Falei chegando perto dele.

- Não, para.

- Ai, seu chato. Ciumento.

- Sou mesmo.

- Mais eu te amo.

- Também te amo. Mais não quero nenhum cara em cima de vc.

- Tá bom, né. Vc não ia treinar?

- Tá me expulsando?

- To mesmo.

- Já to indo.

- Vai desfilando.  - Deu um sorriso.

- Cade meu beijo?

- Vem, seu lindo. - Nós beijamos e ele foi.

~~Arthur ON~~

Fui para o solo dar minha série, olho para o lado e vejo a Luísa no celular sorrindo, sem nem prestar nenhuma atenção a mim. Óbvio que eu estou muito irritado. Logo fui chegando perto dela.

- Tá falando com quem?

- Ai, que susto.

- Se levou susto é porque tá escondendo algo.

- O que? To nada.

- Então, com quem estava falando?

- Com a Amanda, ué?

- Aham, sei.

- Então veja com seus próprios olhos. - Disse me mostrando o celular.

- Ah, sim.

- Idiota.

- Eu sou uma anta.

- Ainda bem que sabe. Vc acha que eu tava falando com quem?

- Não sei, algum cara.

- Eu hein. E se eu tivesse, e daí?

- Nada, mas vc ia gostar que eu ficasse no seu trabalho ou seja lá onde fosse pra ficar com vc, aí eu ficasse no celular falando com uma garota?

- Ah, para, né! Eu nem ia ligar. Mas eu não sou ciumenta como vc.

- Tá falando isso agora.

- Até parece. - Falou sem se importar.

- Tá bom. To indo. - Falei fingindo estar com raiva saindo.

- Volta aqui, amor. - Ela se deu conta de que eu não voltaria e então foi atrás de mim.

- Pode ir ficar conversando com quem vc quiser.

- Ah, me desculpa. Eu prometo te dar mais atenção.

- Promete?

- Prometo, meu amor.

- Te amo muito. - Disse a beijando.

- Eu também te amo muito.

 

Fim.

 

 

 

 

 


Notas Finais


Own, amorzinhos :) hehe Obrigada por lerem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...