História Meu inimigo de infância - Capítulo 7


Postado
Categorias Originais
Tags Colegial, Comedia, Drama, Romance, Yaoi
Exibições 17
Palavras 876
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Lembranças (pt.3)


Fanfic / Fanfiction Meu inimigo de infância - Capítulo 7 - Lembranças (pt.3)

Hayato on....

Acordo, com despertador tocando e vou tomar banho, tomo café da manhã...pensando sobre os meus sentimentos pelo Daekho...aff tenho que começar a parar de pensar tanto nesse idiota..., mais um dia de aula, mais um dia que irei ver o Daekho se pegando pelos corredores com alguma garota....isso me dói tanto as vezes acho que vou até morrer,mas isso já virou rotina. Sim, tenho apenas 11 anos, sou muito novo para sofre por amor? digamos que sim eu meio que descobri tudo o que sentia por Daekho a pouco tempo e depois disso tudo piorou e agora eu só passo de um garoto sendo trouxa por um hetero mais velho. Me levantei tentando me livrar desses pensamentos e fui em direção a escola chegando lá adivinha o que eu encontrei? Se você pensou em um pato andando de patins em quanto escuta not today...você errou... lá está estava Daekho pegando mais uma puta, ele veio até mim e falou:

- Hey, Hayato tá afim de ir pra minha casa depois da aula pra a gente jogar videogame?

- Ah c-claro... - Responde Hayato corado Daekho me puxa até a sua rodinha, você não imagina tanta a vontade de estar lá ouvindo ele falar de quantas pegou em uma semana hahaha eu tava adorando, sabe aquele momento em que você é salvo por uma coisa nada ave tipo o sinal? foi isso o que aconteceu o sinal tocou e todos foram para suas salas.

Na saída...

Eu estava arrumando meu material e já saindo quando na porta aparece um ser me esperando pra jogar videogame, fui em direção a Daekho e assim saímos em direção a sua casa, no caminho ele começou a puxar assunto:

- Hayato sabe aquela garota que você me viu com ela quando você chegou na escola? Ela tá tão na minha acho que tô começando a gostar dela

- Cara eu tô pouco me importado pra essa bosta dá pra você calar a boca?!!

- Ei calma... não toco mais no assunto também... - Responde Daekho assustado Seguimos em direção a casa dele e quando chegamos ele pediu pra mim subir pro seu quarto enquanto ele pegava alguma coisa pra a gente comer, eu subi e fui ao quanto dele e me sentei na cama o Daek chegou algum tempo depois e se sentou ao meu lado e ligou o videogame e colocou uma vasilha com salgadinhos no meio de nos dois, nos estavamos comendo enquanto jogávamos até que eu com raiva de ter perdido taquei a vasilha de salgadinho na cara dele, foi uma atitude estranha? foi realmente foi mais cara eu tava puto depois que eu vi ele todo sujo comecei a dar risada que nem um retardado até ele falar:

- Da pra você parar de dar risada igual a um idiota e vir me ajudar a me limpar???!

- kkkkkkk tá já vo Eu comecei a passar minha mão pelo seu rosto tentando limpar eu tava tanto no momento que bem percebi que faltava poucos centímetros entre seu rosto e o meu Eu comecei a passar minha mão pelo seu rosto tentando limpar eu tava tanto no momento que bem percebi que faltava poucos centímetros entre seu rosto e o meu... por impulso começo a aproximar meu rosto do seu eu não sabia o que estava fazendo eu só tava fazendo... Só me dei conta do que eu estava tentando fazer quando senti meu corpo ser empurrado com força para trás e minha cabeça doer e ouvir Daekho gritando​:

- VOCE TEM ALGUM PROBLEMA?? OLHA O QUE VOCÊ ACABOU DE TENTAR FAZER SEU MERDA!!!SAI DAQUI E NUNCA MAIS OLHE NA MINHA CARA SEU GAY!!!

- D-dae me d-desculpa... eu não quis... - Diz Hayato já com lágrimas em seus olhos

- SAI LOGO DAQUI!!! - Gritou indo pra cima de Hayato já com o punho fechado

Peguei minha mochila e sai correndo de sua casa, lágrimas caiam em meu rosto, eu não sabia o que fazer estava perdido, sinto algo escorrendo em minha cabeça era sangue, eu pouco me importava com o machucado apenas pensava na merda que eu tinha acabado de fazer...

Já no dia seguinte...

Acordei com uma baita dor de cabeça, não só por causa do corte e sim porque chorei a madrugada inteira, dói, dói saber que a pessoa que eu gosto não quer mais nem olhar pra minha cara, dói saber que nada será mais como antes. Me levantei me arrumei, comi e fui em direção a escola, chegando lá todos me encaravam e cochichavam entre si eu não estava entendendo o que estava acontecendo até que vejo Daekho subindo em cima de uma mesa e falando:

- Olha gente o viadinho chegou, diga pra eles o que aconteceu ontem Hayato diga que você tentou me beijar!!! diga! seu gay de merda!!

Eu apenas olhei para Daekho comecei a chorar não estava acreditando que era a mesma pessoa de dias atrás que dizia que não conseguiria viver sem mim que dizia que eu era especial, sai correndo, eu não conseguia pensar em nada só em sair dali o mais rápido possível e nunca mais voltar a quele lugar...

 

eu editei, agr yumi tem 12 anos e hayato 9 e Daekho 13


Notas Finais


pobre Hayato!!!!!! eai gostou!!?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...