História Meu irmão mais velho - Imagine Jeon JungKook (BTS) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Incesto Bts, Incesto Jungkook, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Min Yoongi, Namjoon, Rap Monster, Suga, Taehyung
Visualizações 417
Palavras 1.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bolinheos! + de 100 fucking favoritos! MUITO OBRIGADA! <3
Estou trazendo mais um capítulo fresquinho da fic, espero que gostem, e tem MUITOOO mais segredos pela frente :3
Minhas aulas vão começar de novo, então se eu demorar pra postar já sabem né...

Boa leitura! :3

Capítulo 6 - A morte está próxima?


- Qual é JungKook? Você sente atração por ela, tá na sua cara! - ele fala sério.

- D-de onde você tirou isso? - falei com a voz trêmula.

- Aish JungKook, convenhamos né. Você sabe que S/N não é sua irmã, no fundo você sabe, no fundo você sente. - ele disse sem expressão, fico parado o encarando.

- Que? - falei atordoado sem entender.

- Acorde Jeon!

- Acorde Jeon!

- Acorde JungKook!

- Oppa acorde!

- Oppa?

- Oppa! Você está dormindo em cima de mim! - uma voz familiar fala.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

P.O.V S/N

Eu estava dormindo pesado, mas fui acordada quando senti algum peso sobre mim, e alguém falando, me levantei devagar vendo que era JungKook Oppa dormindo, e fala do sozinho.

- Não Hoseok! Você está m-mentindo! - ele falava fazendo algumas caretas.

- "Hoseok"? - eu ri coçando os olhos e balancei ele o chamando, o garoto acordou assustado, balançou a cabeça e me encarou.

- O que aconteceu? - ele fala coçando os olhos depois que se levanta.

- Você dormiu... - falei rindo.

- Ah... - ele fala um tanto chateado(?).

- O que aconteceu no seu sonho? Por que você ficava chamando o Hoseok? - falei rindo.

- A-ah... nada... - ele disse se levantando rápido.

- Hey, vamos almoçar fora hoje? Te espero lá embaixo... - ele disse saindo rápido do quarto, mesmo sem entender concordei e fui direto pro banheiro.

Tomo um banho rápido e me arrumo, escolho uma roupa simples mas bonita, que me deixasse confortável, também peguei meus sapatos e arrumei meu cabelo.

Enquanto terminava de me arrumar senti uma forte dor de cabeça, me sentei na cama e esperei um tempo de olhos fechados, argh, odeio quando tenho dores de cabeça!

~ quebra tempo~

Já estava no restaurante com JungKook, ele continuava misterioso e aquela minha dor de cabeça só piorava, meu corpo estava um tanto quente, mas eu sentia frio.

- S/N... Você está bem? - ele disse enquanto comia, vendo que eu estava um tanto pálida.

- E-estou bem... - menti sentindo a dor de cabeça aumentar, bebi um gole do suco e disfarcei, aliás aquela deveria ser só uma febre passageira.

- Tem certeza? - ele falou me encarando.

- S-sim... - falei terminando de comer.

~ Semanas depois ~

As dores voltavam de vez em quando e depois sumiam, mas eu não queria ir ao médico pois sabia que era uma coisa passageira, eu não precisa de fato ir.

- Ya S/N, você não vai na festa? - Solar disse enquanto passava o braço pelo meu pescoço delicadamente.

- A-ah... não me sinto bem... - disse e ela arregalou os olhos.

- O que você tem? - ela disse calmamente.

- Nada demais... Só uma febre que vai e volta, também estou sentindo tontura, mas isso vai passar, é bem normal já... - falei me apoiando na cadeira ao lado.

- "Normal"? Como pode dizer isso S/N?! - Ela falou brava.

- Mas já passou, eu juro - falei suspirando.

- A quanto tempo está com isso? - ela falou e eu me sentei na cadeira.

- A-ah... Faz uns 3 anos que isso acontece, mas começou a voltar forte a uma semana atrás... - falei baixo.

- 3 ANOS?! VOCÊ É LOUCA S/N?! NUNCA FOI AO MÉDICO VER ISSO DIREITO? VAMOS AGORA! - Ela fala gritando pegando a chave do carro.

- N-não precisa... Eu estou bem... - menti ao sentir a dor de cabeça voltar, ela negou e me puxou para o carro.

Aquele momento foi o que eu mais me senti mal, comecei a tremer e suar frio, a dor de cabeça continuava. Solar dirigia um tanto rápido vendo que eu comecei a passar mal.

Chegamos no hospital e não demorou muito para sermos atendidas, o médico não soube explicar direito o que eu tinha, então me mandou fazer uma série de exames para descobrir o que eu tinha de fato.

~ 1 semana depois ~

Jungkook vivia preocupado comigo, me tratava feito um bebê recém-nascido, como se eu fosse um criança. Os resultados dos exames ainda não tinha sido revelados, até que hoje os resultados estavam prontos, então eu e JungKook fomos até o hospital.

- Se sente melhor? - ele disse sentado no banco de espera daquela sala fria, que só continha nós dois.

- Ah, um pouquinho... Mas não se preocupe, não vai dar em nada... - falei e logo o médico chegou com os resultados na mão, ele se sentou na cadeira a nossa frente e suspirou.

- E então? O que deu? - JungKook Oppa fala apressado.

- Calma Jungkook... Não deu nada, eu estou saudável! - falo convencida.

- Eu preciso conversar com você... - ele diz se referindo ao JungKook, os olhei assustada e então os dois pediram licença e sairam.

Não consegui ouvir o que eles falaram, mas já estava preocupada, por que ele não me contava ali? O que estavam escondendo?

Jungkook e o médico sairam dali, JungKook não parava de chorar só um segundo mesmo tentando parecer forte, eu não entendi nada, só ficava perguntando o que tinha acontecido.

O médico colocou a mão no ombro do JungKook como "consolo", pediu licença e saiu, pedindo para que ele conversa-se comigo.

- Não a deixe apavorada... Os tratamentos já estão encaminhados... - o médico sai da sala finalmente.

- S/N... - JungKook me abraça forte, mesmo sem entender retribui.

- Está tudo bem JungKook... M-me conte o que aconteceu... - Falei calma, o mesmo soluçou algumas vezes e pegou os exames tentando controlar o choro.

- Não se preocupe, vai ficar tudo bem... E-eu vou cuidar de você, eu prometo cuidar de você, eu não vou deixar nada separar nós... - Ele disse me abraçando mais forte ainda, continuo sem entender, mais preocupada ainda.

- O-okay... Mas o que eu tenho? - falei e ele segurou o choro.

- S/N... Você está com câncer... - ele fala, ficou uns 5 segundos paralisada.

- C-cancêr? - falei e senti meus olhos encherem de lágrimas, meu corpo estremeceu e comecei a tremer.

- N-não se preocupe, os exames vão ser feitos, nós estamos juntos nessa, e-eu não vou te deixar, nunca! - ele me abraça, desabo completamente chorando como nunca.

Não sei o que fazer, C-cancêr? Isso parece tão horrível, essa palavra é horrível, c-como eu posso estar desse jeito? E-eu não... posso estar assim...

Depois de toda a muvuca os exames foram agendados, só conseguia pensar em coisas horríveis, chorar e ficar junto do JungKook, que continuava tentando ser forte.

Entramos no carro e eu finalmente pude sentir o quão era horrível pensar na possibilidade de morrer, a qualquer momento, era tudo tão difícil.

- S/N... não se preocupe, você não ouviu o que o médico disse? O câncer não está avançado - JungKook falou logo depois que colocou o sinto de segurança. Ele parecia forte, mas eu sabia que no fundo ele não estava

- S-sim... - falei baixo segurando o choro

- Daqui a uma semana vamos começar os tratamentos, você vai ficar bem... Você sabe disso, não sabe? - ele fala confiante me passando segurança.

- J-jungKook... - falo baixo o olhando com os olhos cheios de lágrimas, com o carro ainda parado.

- Sim amor? - ele disse baixo.

- E-eu estou com medo... - disse e vi algumas lágrimas caírem do teu olho, mas logo ele as enxuga.

- Não fique, vai ficar tudo bem... E-eu prometo! - ele disse sorrindo e pegou em minha mão.

~ 2 mês depois ~

Depois de quimioterapias e muitos exames nada reagia, estava sem esperança, sem vontade de viver.

Suga se preocupava comigo, me ligava todo dia, assim como Solar e os meus amigos.

Era cansativo aquela rotina, meus pais ficaram preocupados, mas não podiam fazer nada, era difícil aquela distância, imaginar que eu pudesse nunca mais ver eles, era realmente difícil...

Eu estava doente a todo mento, quimioterapia não era fácil, não mesmo, eu precisava de sangue também, para um dos tratamentos, e precisava de um doador, então como eu e JungKook éramos irmãos em partes, provavelmente teríamos o mesmo sangue.

Estávamos no hospital novamente, e para a nossa surpresa o médico nos falou que nosso sangue não era compatível.

- Mas como isso? Mesmo nossas mães sendo diferentes temos o mesmo p-pai, não há uma probabilidade de temos o mesmo sangue? - falei ainda sentada naquela cadeira de rodas, pois não conseguia andar pelo hospital.

- Mesmo pai? - o médico fala olhando os exames.

- Sim. - JungKook Oppa fala o olhando.

- Vocês são então irmãos por parte de Pai? - o médico diz ajeitando seu óculos enquanto olhava fixamente aqueles exames.

- Sim! Por que? - Eu falei me sentindo fraca como sempre.

- Vocês não são irmãos! Aqui não há nenhum grau de parentesco, nada! - ele fala, sinto meu corpo gelar quando olho para JungKook.

- N-não somos irmãos? - JungKook gagueja. 



Continua?


Notas Finais


Yaaa, espero que tenham gostado!
Tô vendo que muita gente tá esquecendo de comentar, se não comentarem eu não continuo pessoal ;-;
Me sigam no twitter: @manniewings
sigam também esse twitter, onde eu e minha amiga panfletamos grupos flops de kpop: @kpanfletando

Espero que tenham gostado, desculpa qualquer erro, obrigada pelo fav e comentário! Amor vocês! sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...