História Meu Joshua - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Ficção Adolescente, Oliver Sykes, Originais, Romance
Exibições 5
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olaaaa amores
Espero Mto que gostem é deixa seu favorito ♥

Capítulo 1 - Um babaca


Fanfic / Fanfiction Meu Joshua - Capítulo 1 - Um babaca

A chuva cai lá fora uma manhã cinza, encantadora a noite foi longa meus pensamentos não queriam descansar por saber quê hoje um amigo de infância quê foi separado de mim por um importuno do destino estaria de volta o dono do meu coração meu primeiro é único amor, quatro anos desde sua partida é sempre estive aqui com a esperança de  quê u
dia nos encontrariamos iriamos nos declarar um pro outro é viver um lindo romance, jamais conheci alguém como Joshua doce é bondoso.

- Querida vamos Patricia me ligou, chegaram em menos de uma hora no aeroporto. - Minha mãe pronunciou pegando sua bolsa é jogando um guarda chuva para mim, saímos correndo pelo vendo forte até o carro mesmo com o guarda-chuva sentia as gotas geladas escorrem por meu corpo, estava mais seca do quê esperava.

- Como será quê ele esta?. - Não e segredo algum para minha mãe de quê eu o amava.

- Não sei querida, aposto quê continuo lindo. - Deu um empurrãozinho em meu ombro, sorri bobamente imaginando se ele tinha seu cabelo comprido ainda, sua pele pálida é se continuava a usar camisa polo com calça social ri de lembrar de como ele era um perfeito de um nerd, não quê eu também não fosse igual na época, mas diria quê tive um progresso durante esses anos.  Observei a chuva escorrer pelo vidro é me lembrei de quando nos beijamos pela primeira vez quanto tínhamos quatorze anos.

###FLASH: Primeiro beijo de

Armely é Joshua ###
Estava sentada na casinha da árvore no quintal da casa de Joshua, Patricia sua mãe Avia feito biscoitos para gente chovia lá fora.

- Esta frio aqui Josh. - Passei minhas mãos por meus braços numa tentativa falha de me esquentar.

- Vem cá. - Me aproximei dele é Joshua me abraçou. - Esta quente agora anjo?. - concordei com a cabeça sentido seu cheiro era viciante.

- Josh... - Escondi meu rosto em seu pescoço com vergonha de pedir tal coisa.

- Diga anjo. - Me apertou em seus braços me dando coragem de continuar.

- Você gosta de mim, certo?. - Falei baixinho é senti quê ele se arrepiou por estar com a boca próxima a pele de seu pescoço.

- Gosto muito anjo, diria até quê a amo. - Sorri com isso.
-
- Pessoas quê se gostam se beijam não é?.- Indaguei quase gaguejando.

- Uhum. - Encarei seu rosto é ele estava vermelho, seus olhos desceram para minha boca é Joshua engoliu em seco. - Vo-você quer quê... E-eu de be-be-beije?. - Perguntou completamente sem graça, queria um buraco agora para me esconder, mas queria experimentar essa coisa nova, minhas emoções ao estar perto dele o que sentiria com um beijo?.
-
- Sim... - Joshua tirou seu óculos, colocou a mão em minha bochecha fazendo carinho é se aproximou devagar é me deu selinho demorado é logo aprofundou o beijo, mexiamos nossas línguas desajeitamente a sensação era como ter um pedaço do paraíso.
### Fim ###

- Armely!!. - Minha mãe gritou ao meu lado a encarei um pouco assustada. - Estou de chamando a dois minutos.

Saiu do carro rindo é fiz o mesmo, percebendo quê já não chovia mais o céu ainda permanecia cinza.

- Oh!!. - Minha mãe apontou para frente emocionada na nossa direção vinha um senhora baixinha os cabelos ruivos irreconhecíveis de Patricia se mexiam suavemente em quanto ela corria com um sorriso no rosto, minha mãe é Patricia cresceram juntas nunca Aviam se separado, sei que é deve ter sido difícil para elas também.

- Quê saudades Regina. - Disse quando praticamente pulou em cima de minha mãe. - Como você cresceu Armely esta tão linda.

- Obrigada. - A abracei é olhei para trás procurando por Joshua, onde ele esta?.

- Joshua ficará feliz em vê-la. - Se soltou de meus  braços. - Não se assuste se ele for insensível, mudou do nada depois de se mudar é apenas um fase tenho certeza quê aquele garoto adorável esta...

- Morto. - Um voz grossa a interrompeu, segui de onde ela veio é meu olhar caiu em cima de um garoto alto, seu corpo esguio, seus cabelos num côrte quase emo seus rosto cheio de metais é tatuagens desciam pelo seu pescoço,torci a boca ao encará-lo, seus olhos se encontraram com os meus é nunca esqueceria àquela imensidão Verde.

- Joshua... - Pronunciei boquiaberta o olhando novamente de cima a baixo.

- Não Jesus, perdeu alguma coisa na minha cara?. - Disse seco é desviei meus olhar dele, encarei Patricia confusa é ela deu de ombros, esse não podia ser meu Joshua.

- Você não é meu Joshua. -Pronunciei baixinho, quando Minha mãe Patricia Aviam se afastado o suficiente para não ouvir.

- Nunca fui seu.- Se aproximou de mim e segurou meu queixo. - Fique longe de mim garota patética, não quero ser visto ao lado de alguém como você.

E saiu trombando fortemente em meu ombro quase me fazendo cair no chão, meus olhos se encheram de lágrimas esse não é meu Joshua e eu vou fazê-lo enxergar isso.

Seguimos para casa com Patricia é mamãe conversando animadamente, Joshua permaneceu sentada ao meu lado no banco de trás temi quê ele se afastasse de mim ao sentar tão perto, mas não o fez sorri por isso.

- Por quê você sorri tanto?. - Me olhou com deboche. - É irritante garota patética.

- Só estou feliz por você estar aqui. - Não vou deixar quê seu humor estrague o meu.

- Pois não deveria. - Sorriu cínico. -
Posso transformar sua vidinha perfeita num inferno.

- Duvido muito. - Sorri maroto para ele que me encarou sério. - Minha vida não era perfeita por quê você não estava aqui, mas agora Joshua e a melhor de todas.

Por um instante seus olhos brilharam é suas bochechas ficaram rosadas.

- Cala boca garota patética.- Um pequeno sorriso apareceu um seus lábios. - Vou fazer se arrepender de dizer isso.- Rosnou.

Seu olhar era frio sobre mim, um cala frio percorreu meu corpo é engoli em seco.


Notas Finais


Bom obrigada por ler!!!
Posto toda semana ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...