História Meu lindo Baixinho arrogante! - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Annie Leonhardt, Armin Arlert, Connie Springer, Dot Pixis, Eren Jaeger, Erwin Smith, Hange Zoë, Historia Reiss, Jean Kirschtein, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Personagens Originais, Petra Ral, Sasha Braus, Ymir
Tags Colegial, Levi X Oc, Romance
Visualizações 11
Palavras 376
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eae seus lindos!
Sentiriam minha falta? *recebe tijolos na cara*.
Hahahaha, desculpe -me a demora.
Esse cap vai ser curtinho, só um aviso de:
-EU VOLTEI POHA!
Desculpa o palavrão, acho que me soltei demais hihi
Sem mais delongas e vamos a leitura.

Capítulo 15 - Terceiro dia


Acordei, supostamente por causa do frio que me fazia arrepiar.Resmunguei, esticando-me sobre  o sofá, me preparando para levantar.

-Caramba!- soltei um muxoxo ao deparar-me com o relógio da parede, já era tarde. Como eu pude durmir tanto?

-Você dormiu bastante.Seu sonho eras comigo? Deve ter sido um ótimo sonho para teres dormindo tanto. -Olhei para o lado  e me assustei com o Levi me olhando debochado, me bateu um certa vontande de arrancar-lhe esse teu sorriso.Pois havia deixado minha face ficar totalmente rubra, pois não era uma total mentira.

-Puf- sacudi a mão - como se eu sonharia com você, sonhe menos garoto -

-Aham, vou fingi que acredito-disse saindo do cômodo, finalmente havia desfeito aquele sorriso incômodo. 

Ri,logo voltando a olhar o relógio.

-Meu Deus, eu almoço ou tomo café da manha?- sussurrei para mim mesmo.

-Eu fiz café da manhã, não faça desfeita e coma-o.  -Falou/gritou ele já na cozinha.

-Se eu pegar alguma doença na estomago, lhe juro que sua morte será torturosa e lenta- falei caminhando até a cozinha, e o mesmo me olhou com pura indignação. 

-A única coisa que eres melhor que eu, é mesmo na cozinha -Harg! Que ódio, mostrou-me novamente aquele odiado sorriso debochado.

-Sou muito melhor que você em muitas coisas, me dices que sou boa em cozinha, e então tu eres só bom em limpar e organizar-  tentei me controlar para não lhe surrar naquele mesmo instante, devia então ter ficado vermelha, pois seu riso havia apenas aumentado. 

-Duvides de mim? - me olhou sério. -Que tal uma competiçãozinha?

-E claro, adoro competir, principalmente quando tenho a certeza de uma Vitória certa - Me olhou intimidador- Humpf! Não tente me intimidar, ok? - Recebi um olhar duvidoso e que arqueou sombrancelha, num sorriso cínico me respondeu. 

- Que foi? Pensei que era durona, mas tem mesmo um medo de mim, não tens?- Soltei então dando uma alta gargalhada. 

- Não me faça rir! Como eu tivesse algum medo de alguém fofo e baixinho.- o Outro então corou-se levemente,  me fazendo soltar uma risada nasal.

-eu que lhe chamo de fofa e bai.xi.nha- Riu novamente, e essa foi minha vez de corar, mas não como a dele, obviamente que meu rosto havia se tornado um tomate.

- C-cala a boca, mané! Que comece as competiçoes.

Até o próximo cap!






Notas Finais


Aqui eu aceito com muita vontade críticas negativas.
Erros?
Desculpe -me


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...