História Meu Meio Irmão - Jeon Jungkook - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Irmão, Jeon Jungkook, Jungkook, Yoonmin
Exibições 122
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiin amoras :3

Td bem com vcs?

Desculpem os erros :v (se tiver me avise!)

Boa leitura
Bjs '3'

Capítulo 7 - A noite na casa de Lucas


Entrando na casa de Lucas, dou de cara com uma sala, bem bonita. Tem lareira, um sofá gigantesco com uma mesinha de centro, e uma TV gigantesca também.


-Senta ae - diz Lucas - eu vou lá no quarto me trocar - ele completa, subindo as escadas, me deixando completamente sozinha no andar de baixo.


Andei em passos devagares até o grande sofá da sala. Me sentei nele, e fiquei esperando lucas descer.


Ele tinha uma boa casa, bem decorada e bonita. Ouvi passos atrás de mim, e logo senti algo segurando meus ombros.


Dei um pulo do sofá, me virando para ver quem era, e encontrei Lucas, ele estava sorrindo com os olhos fechados, o que o deixou fofo.


Quando percebo, ele apenas estavá de calça, de moletom escura, logo reparei em seu abdomen, más desviei o olhar quando o mesmo me chamou.


-Kyuna? Está bem? - ele me pergunta.


Concordo com a cabeça, ele vem até mim me puxando para o sofá. Nos sentamos nele e logo Lucas fala novamente


-Que filme quer assistir? - ele pergunta, pegando o controle remoto.


-Tanto faz - eu digo, ele então coloca qualquer filme, se levantando novamente.


Eu fiquei ali no sofá assistindo o filme, enquanto Lucas foi a algum lugar, que eu não faço a minima ideia de onde é.


Um tempinho se passou e logo Lucas chegou, com um balde gigante de pipoca em uma mão, na outra estavá copos e uma garrafa de refrigerante.


Eu o ajudei com as coisas, colocando tudo na mesinha de centro, ele sentou novamente ao meu lado e assim ficamos assistindo o filme.


(...)


Tinha-se passado uns minuto, o filme já estavá no final e estavá intediante, a pipoca estavá no final e o refrigerante já tinha acabado.


Eu estava deitanda no colo de Lucas, que se encontrava sentando enquando acarisiava meus fios de cabelo.


Ele estavá para dormir, pois parava de fazer carinho em meus fios de cabelo, más logo voltava.


Me levantei de seu colo, quando ele parou de vez. O olhei e o vi dormindo, tranquilamente. Sua boca estavá entre aberta, seus olhos fechados em linha reta, sua cabeça se encontrava apoiada no encosto do sofá.


Ele era lindo, ele estavá lindo. Não posso negar que estavá com uma grande vontade de o beijar agora. Ele me chamava muita atenção, eu sabia que estavá sentindo algo por ele.


Más o que será? 


Quando percebi, ele me olhava, seu olhar me penetrava com aqueles lindos olhos negros como a noite, era como se estivese sendo hipnotizada, quando percebo ele já não estavá tão longe assim, ele se encontrava bem perto de meu rosto.


Estavamos para nós beijar, más não consegui, algo dizia que eu não deveria. Eu estavá tomada pela vergonha e timidez alheia.


Acabei por recuar, do nosso provavel beijo, ele deu uma risada enquanto cosava a cabeça.


Sentia minhas bochechas arderem, parecia que estavá virando o tomate do ano. Eu e ele ficamos quietos, por um bom tempo, até ele falar.


-Quer fazer algo? - ele diz me olhando - tem uns jogos aqui! Quer jogar?


-Pode ser - eu falo me sentando direito no sofá.


Lucas, levantou do sofá, saindo da sala em seguida. Fiquei ali brincando com meus dedos, olhando ao redor e acabei por comer o restante da pipoca que ainda tinha.


Depois de mais alguns minutos, ele chegou, ele coloca um jogo de tabuleiro encima da mesinha de centro.


-Desculpe a demora! Não sabia onde avia guardado, só achei esse, tudo bem? - ele diz me olhando, eu concordei com a cabeça e assim ele pegou o balde e os copos os levando a cozinha, provavelmente.


Olhei a capa do jogo da cor-verde por uns tempos, até Lucas chegar novamente. Ele se sentou no chão, onde se encontrava um tapete veludo da cor-preta.


Me sentei como ele, assim ficando de frente a ele. Ele me explicou o jogo todo e logo começamos a jogar.


Admito, esse jogo e bem mais intediante do que o filme que se passava a minutos atrás. Eu e ele estavamos intediados, percebia pelo olhar dele.


Era minha vez – novamente – de jogar, más apenas me joguei no tapete veludo da sala e bufei.


-Que tédio! - eu falo, arrancando risadas do moreno que estavá presente. Levantei minha cabeça para o observar, ele ficava até lindo assim.


-Pensei que avia passado mal, ou que tinha desmaiado! Você simplesmente se jogou para trás! - ele diz, arrancando risadas minhas dessa vez.


-Tive uma ideia, intediante também! Más eu queria muito ver! - eu disse, o mesmo me olhou e eu continuei - quero ir ver as estrelas! - eu falo, o mesmo sorri e se levanta logo estendendo a mão para mim fazer o mesmo.


Agarro sua mão me levantando do chão e o mesmo me puxa para o andar de cima, eu o sigo sem intender mais não recuei.


Chegamos ao seu quarto, o mesmo foi a sua janela a abrindo, o olhei por um tempo, pensando ser brincadeira, más logo falei.


-Você acha mesmo que eu vou olhar as estrelas da sua janela? Por acaso você sabe que a mesma da para a casa do visinho? - eu disse fazendo ele rir.


O mesmo foi a janela, se pendurando na mesma e assim saindo, por um momento pensei que ele ia cair, más me enganei.


Ali da janela, de joelhos ele me olhavá, a lua batia em seu rosto o iluminando. Ele estendeu a mão para mim, acho que queria que eu fosse lá também.


E eu fui! Segurei sua mão e mesmo me ajudou a sair pela janela, sempre estavá segurando sua calça, pois não queria me soltar por conta do medo de cair.


Quando percebi nos estavamos no telhado, dava para ver as casas, os postes iluminando a rua e encima de nos, o céu estrelado. Era lindo.


Lucas me puxou fazendo assim nos nós sentamos no telhado. Ficamos ali olhando o céu estrelado, as estrelas brilhavam na escuridão da noite, assim como a lua que iluminava o lugar.


Não soltei o tecido da calça do Lucas, desde que ele teve essa ideia maluca de subir no telhado. Ele logo percebeu, pois segurou minha mão, fazendo assim eu a afrouxar de sua calça, dando a oportunidade de Lucas entrelaçar nossos dedos.


Fiquei timida más logo esqueci disso, me sentia segura e confortavel ao seu lado. Percebi que o meu lado marrento e frio, sumiu desde que o conheci.


Será que... Eu estou apaixonada?


Essa pergunta se fez presente em minha cabeça, apenas discordei comigo mesma e apreciei a vista.


Notas Finais


Eai? Gostaram do cap?

Desculpem os erros amoras! Se tiver algum erro, me avise, por favor!

Bjs amoras '3'
.
.
.
Fanfic nova:
https://spiritfanfics.com/historia/kidnapped--min-yoongi-suga-7151241


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...