História Meu melhor amigo é o meu diário! - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Originais
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Exibições 25
Palavras 734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie amores, saudades, demorei né?😂😂

Capítulo 10 - Voltei!!!


    Acordei e já tava chegando em casa, olhei as horas no relógio e estranhei.
    - Pai, faz horas que agente saiu de lá e ainda não chegamos? - Falei e me espreguiçei.
    - É que fui abastecer o carro e fui na casa de um amigo....
    - Atah...- Falo me virando pra janela.

     Depois de uns 5 minutos cheguei em casa...
     Tava com tanta saudade de Samara que nem esperei meu pai estacionar o carro direito, Adentro minha casa a procura de Samara.
     - SAMARAAAA!!!- Falo assim que a vejo cozinhando algo.
     - Aí minina quer me m...- Não consegue terminar de falar porque lhe dou um abraço super apertado.
     - Eita, tava com tanta saudade assim?- Fala ela rindo.
    - Aí Sami aconteceu tantas coisas lá, cê nem imagina....
     - Aposto que ela te deixou com fome!
     - Foi pior!- Falo e deixo um suspiro escapar.
     - O que aquela bruxa fez?- Fala me encarando.
     - Samara, não vou descer pro café! - Aparece do nada na cozinha me dando um susto.
     - Sim senhor...
     - Sami vou subir depois te conto...- Dou um último abraço nela e subo pro quarto.

     Nunca pensei que iria sentir falta dessa casa, se eu acho isso uma prisão, a casa da minha tia é um inferno, nunca mais volto lá !
     Adentro meu quarto e a primeira coisa que vejo é meu diário.
    - Queria muito te contar o que aconteceu nesses dias, mas tou com preguiça agora....
 
    
      Me deitei na cama e fiquei pensando, até algo deitar ao meu lado e tampar minha boca.

    - Shiii, Sou eu...- Pisquei várias vezes e até me belisquei, por que não tava acreditando que ele tava ali.
    - Ah? Como?- Falei e em seguida lhe dei um selinho.
    - Foi que seu pai teve lá na minha casa e eu aproveitei e entrei dentro do carro.
    - Ah? O carro tem alarme!
    - Seu pai não fechou a porta direito....
     - Ahh, eu tô adorando estar com você, mas é muito arriscado, vai que meu pai aparece aqui?
      - Relaxa pequena, é só trancar a porta.- Fala se levantando e indo até a mesma a trancando.
      - Mas você num tava na casa da sua avó?
      - Eu vim no mesmo dia que você, agora para de me metralhar com perguntas e aproveite! - Diz ele passando a mão pelo seu corpo e eu ri.
      - Pode deixar biscoito.- Falo e puxo ele pra cama.
      - Do que você me chamou? - Ergue uma sobrancelha e me encara.
      - De BIS-CO-I-TO!
      - Não sou biscoito, sou um poço de gostosura!
      - Ah isso eu não posso negar!

                Jungkook on

      Em um só movimento puxei ela pra mim, e iniciei um beijo cheio de carinho e desejo.
      Sem que desse conta minhas mãos viajam pelo seu corpo maravilhoso parando na sua cintura, trazendo ela pra mais perto.
        - Amor...para de enrolação! - Sussurra no meu ouvido e puxa o lóbulo da minha orelha, sinto uma fisgada no meu membro com a voz erótica que ela usou.
       Tiro sua blusa, e em seguida tiro seu sutiã, exibindo seus seios fartos, faço uma leve pressão em seu ombro indicando pra ela se deitar, sugo seu seio e com uma mão brinco com o outro, enquanto a outra desce para sua intimidade e entra por dentro do short.

               * Tão molhada *

       - Hmmmmm kookieee -  Gemi quando lhe penetro um dedo.
       Paro de brincar com seus seios e lhe penetro mais um dedo e faço movimento de vai e vem, depois de um tempo retiro meus dedos e o short dela sendo acompanhado da calcinha.
       Retiro toda minha roupa e me posiciono na sua entrada.
       - Pronta?- Pergunto e ela assente.
        Aos poucos vou me enterrando nela, está assim com meu bebé é tão bom, começo a me movimentar lentamente a torturando.
        - kookie hmm mais hmm rápido.- Fala entre gemidos e eu obedeço,  saiu de dentro dela só pra enfiar fundo e com força.
          Os meus ritimos São acelerados, a cama range, o meu suor se mistura ao dela, o quarto cheira a algo estranho, e assim chegamos ao nosso ápice e gozamos juntos, caiu em cima dela tentando normalizar a respiração.

       - Angel? Ta tudo bem ai? Ouvi gemidos do seu quarto. - uma pessoa fala, enquanto bate na porta.

      Eita poha

       Vou morrer

        Caraleo

         Vou me fuder. ....
   


Notas Finais


Saudades da minha leitora antiga que comentava todos os capítulos 😞
E ai o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...