História Meu melhor amigo (imagine Park Jimin) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 363
Palavras 2.365
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiie, tudo bem com vcs ?
Espero que sim
Tentei deixar o Cap grande, não sei se consegui mas taí pra vcs
Beijos ♥
Dscp os erros, não dei uma revisada boa ante >.<

Capítulo 2 - A festa !


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amigo (imagine Park Jimin) - Capítulo 2 - A festa !

   Acordei e olhei no relógio, marcava 11:34, perdemos o horário da aula, está muito frio e olha a janela percebo a chuva forte que cai sobre o chão, fazendo um barulho aconchegante
      - Jimin, acorda  - falei subindo encima dele
     - A _____ me deixa dormi mais um pouco vai  - falou ficando de barriga pra cima, fazendo com que eu senti em seu membro
     - Jimin anda logo, já é quase hora do almoço  - falei tentando sair de cima dele, mas ele segurou minha cintura e me olhou nos olhos
     - Isso ta bom  - falou se referindo a posição que estávamos  - Fica aqui comigo _____ por favor
     - Jimin você ta louco ? - falei e ele me puxa pra deitar a sua frente e me abraça por trás me dando um beijo no pescoço, estremeço
     - Vamos dormir, ta fazendo frio e eu sou seu Oppa, é meu dever te esquentar rummm  - grunhio me apertando em seus braços
     - Vou fazer o almoço pra nois, to com fome Oppa  - falei me livrando de seus braços e me levantando  - E outra, um homem virá aqui concertar o ar condicionado
     - Vai lá, daqui uns vinte minutinhos eu desço  - falou ele virando-se para o outra lado da cama
   Fui até o banheiro de meu quarto e tomei um banho quente já que o tempo era frio, sai de toalha até meu quarto vesti roupa, sem me preocupar com Jimin que a esse tempo deve esta dormindo, caminho até meu closet e pego uma calça moletom preta e uma regata de mesma cor, calço meias cinzas e me dirijo a cozinha.Como Jimin nunca comeu nada do Brasil, descido fazer uma feijoada, depois de um tempo lá, termino nosso almoço e faço um suco de laranja pra ele, tava tudo pronto e nada de Jimin dar as caras, olho no relógio ao topo da parede da cozinha e vi que são 13:12, descido ir chamar ele, estou morrendo de fome e ele lá deitado até agora ?
     - Mais que preguiçoso  - sussurro a mim mesma
   Adentro o meu quarto e vejo a cama arrumada, Jimin deve estar no banho, vou até a porta do banheiro pra bater e alerta-ló do almoço estar servido, percebo a porta entreaberta e gemidos saírem de lá, não é possível que ele esteja com alguém, ninguém passou pela porta da sala, minha curiosidade aguçada resolve apitar aquele instante e me posiciono no espaço aberto da porta logo me arrependendo do que fiz, Jimin estava com a porta do box de vidro fechada, fazendo movimentos vai e vem em seu membro, ele estava se masturbando ? Não consegui vê-ló nu, o box estava embaçado e dei graças a Deus por isso
     - Aaawnn _____ eu te amo
   O que ? Ele gemia meu nome ? Ele falou que me ama ? ele estava pensando em mim e si masturbando ? Isso fez com que eu sentisse algo úmido e quente em minha calcinha, eu estava excitada ? Sim eu estava, o frio que estava lá fora não conteve meu corpo, que aquele momento, escutando os gemidos de Jimin, estava queimando, eu estava quase tendo um orgasmo com aquela imagem ofuscada pelo vapor da água quente, ele aumentava a velocidade e gemia mais e mais por mim, pelo meu nome, meu melhor amigo está se masturbando pensando em mim ? Aí cair a ficha e sai de la sem qualquer resquício de barulho, desci até a cozinha e resolvi esquece aquilo que vi la em cima, Jimin sempre foi galinha, nunca namorou de verdade, quero dizer, apenas uma vez, e a traiu ainda por cima. Me sentei na cadeira junto a mesa e esperei Jimin terminar seu " banho "
     - Bom dia meu amor  - disse Jimin se sentando a mesa com um sorriso radiante no rosto
     - Boa tarde né, perdemos aula  - falei com a cara fechada
     - O que fez pra comer ? - perguntou erguendo uma de suas sobrancelhas
     - Um prato típico do Brasil  - falei e tirei o pano que cobria a vasilha de feijoada na qual estava sobre o centro da mesa  - Feijoada
     - Hmmm, tem o cheiro muito bom, mas não é melhor que o seu cheiro  - falou inalando o aroma de minha comida e rindo me fazendo revirar os olhos
   Comemos e Jimin me elogiou diversas vezes, hoje ele parecia mais feliz do que nunca. Fomos até a sala deitamos no sofá, ele com as pernas abertas e eu entre elas, estava tudo perfeitamente normal e como antes era
     - Vai ter uma festa hoje as 19 horas, quer ir como minha acompanhante ? - falou me levantando e sentando frente a ele
     - Bom.....an
     - Vamos por favor, eu quero você comigo vai  - incentivou Jimin
     - Ta, eu vou
     - Ebaa, vou pra casa e passo aqui as 19 pra te pegar, esteja pronta  - falou ele se levantando e eu fiz o mesmo, abrindo a porta pra que ele possa sair
     - Espera a chuva acabar Jimin, você vai se resfriar  - falei e ele me abraçou
     - Não, só tem chuviscos agora brasileira  - falou e beijou o topo de minha cabeça  - Adorei nossa primeira vez  - respirou e me soltou  - Quero dizer, minha primeira vez dormindo com um mulher  - falou rindo e eu o coro rindo com ele
     - Tchau  - falo e ele sai pela chuva acenando pra mim
   Fecho a porta e volto a me sentar no sofá, eu me sinto estranha, sinto algo estranho dentro de mim, será que eu to gostando do Jimin ? Eu realmente amo ele como amigo, mas vendo aquela cena do banheiro acho que realmente gosto dele de outra forma também, pera eu tenho um encontro com ele hoje a noite, bem...não é um encontro mas eu vou aproveitar e me abri com ele, ele gemeu meu nome, algo ele sente por mim além de carinho de amigo né ? Isso que vou descobrir hoje a noite, mas vou ter coragem ? A não sei.
   O dia passou rapidamente, o homem veio até aqui e arrumou meu ar condicionado de teto, fiquei o tempo todo lendo um livro que amo muito e estou quase no final, até que escuto meu celular tocando, era Jimin

*LIGAÇÃO ON*

     - Oi Jimin  - digo em um tom sonolento
     - Vai arrumar, já são 18:30  - Jimin fala autoritário
     - Meu Deus, perdi a hora  - falo largando o livro no sofá me levantando e coçando a nuca
     - Sabia que isso ia acontecer, tava lendo aquele livro romântico chato né ? - falou ele é senti suspirar, podia jurar que ele estava a revirar os olhos
     - Sim, e não é chato coisa nenhuma  - digo com firmeza
     - É sim, ela o ama e ele não ta nem aí, isso é ridículo  - falou como um sussurro
     - Mais no final eles ficam juntos  - falei em em tom dócil
     - Eu não ficaria se fosse ela, ele não da a mínima pra garota, aí no final os deus ficam juntos ? Eu em  - falou rapidamente
     - Tchau Jimin
     - Até daqui a meia hora sua chata  - falou e desligou

*LIGAÇÃO OFF*

   Fui correndo pro banheiro tomei um banho rápido e vesti um vestido justo preto com mangas, ele era justa em meu corpo e era um pouco acima do joelho, não estava tão frio como antes, passei uma maquiagem leve que consistia em base, pó, delineador, rímel e um batom vermelho vinho mate, soltei meus cabelos e fiz cachos somente nas pontas, rapidamente termino e pego uma bolsa de alça grande, também preta, contendo meu batom, celular e dinheiro. Desço as escadas e vejo Jimin sentado no sofá me olhando de cima a baixo me fazendo corar.
     - Wow, você ta linda  - falou se levantando e eu ruboriso com suas palavras e seu olhar
     - Para de me olhar assim Jimin  - falei e sinto minhas bochechas queimarem ainda mais
     - Te olhar como ? - perguntou me e logo após um suspiro continuou, não me deixando responder  - Você demorou, já são quase 20 horas
     - Como entrou ? - perguntei e logo me senti estúpida por saber a resposta
     - Eu tenho a chave já faz dois anos lesada  - falou em um tom óbvio e me estendeu um de seus braços  - Vamos acompanhante ?  - falou e eu acenti positivamente segurando seu braço até o carro
     - De quem é esse carro ? - perguntei entrando
     - Meu ué  - falou girando a chave para da a partida
     - Você não tem idade pra dirigi Jimin, só te 19 anos
     - Vou fazer 20 esse mês  - falou suspirando alto - Não tenho carteira mas sei dirigi muito bem obrigado
   Jimin repetiu algumas vezes por seu pai ter o abandonado após a morte de sua mãe, ele teve que se sustentar e sustentar seu irmão que agora tem 13 anos e mora com o pai, Jimin e o pai não se falam por alguma razão desconhecida por mim
     - Vamos então bobinho  - falo e ele olhou fixamente para minhas coxas amostra
     - Abaixa esse vestido agora _____, não quero ninguém te comendo com os olhos lá - falou e eu ri baixo com seu ciúme repentino.
   O resto do caminho eu e Jimin cantamos muito, a voz dele é linda e dócil e cantamos juntos várias músicas como loucos até chegarmos ao local marcado. Era lindo por fora, escuro e com uma entrada clara e ao lado canteiros de rosas e flores de todos tipos e cores, Jimin entrelaçou nossas mãos e adentramos o local lotado por adolescentes
     - Festa da escola ? - perguntei alto por conta da música
     - É  - falou em meu ouvido
     - Não sabia, ninguém disse nada  - falei e me direcionei ao barman, sentando em uma cadeira e Jimin se sentou a outra do meu lado
     - Não sabia porque é só pra terceiro ano e a faculdade do lado da escola  - falou e pediu duas bebidas com pouco álcool me entregando uma  - Venha quero que lhe apresentar a meus amigos  - falou dando um gole em sua bebida e me levando a uma mesa com cinco pessoas  - Essa é minha melhor amiga _____  - falou apontando pra mim  - Esses são Tae, Namjoon, Jin, Hoseok e Jungkook  - falou apontando pra cada um deles
     - Prazer  - falei educadamente
     - Você é linda _____ - falou Jungkook me olhando de cima a baixo e eu corei
     - Cala a boca Jungkook  - Jimin falou o olhando sério
     - Olha ele ta com ciúmes  - falou Jungkook e todos na mesa riram
     - Ela é minha, então não quero ninguém perto dela entendeu ? - quando Jimin disse essas palavras senti um choque elétrico percorrer todo meu corpo, estremeço
     - Vocês namoram ? - perguntou Namjoon e quando ia lhe dizer um não Jimin responde rapidamente 
     - Não, mas....
     - Mas nada  - disse Jungkook interrompendo Jimin  - Ela não é sua  - falou Jungkook rindo me estendendo um acento e eu sento
     - Vou dançar um pouco tudo bem _____ ?
     - Tudo, eu fico aqui acompanhando Jungkook e os outros  - digo e bebo de uma vez à bebida em meu copo e vejo ele revirar os olhos e sair pra pista de dança  - Posso lhe chamar de Kook ? - perguntei
     - Claro  - falou sorrindo
     - Hey  - falou Jin balançando as mãos  - Nós também existimos  - eu e kook rimos
     - Vocês são lindos
     - Sim, meu namorado é lindo mesmo  - disse Namjoon acariciando a mão de Jin sobre a mesa e eu fico confusa
     - Eles namoram _____, não fique corada, assim vou ter que lhe apertar  - falou Tae, até então calado
     - São lindos juntos  - falo
     - São mesmo  - Hoseok fala me olhando nos olhos
     - Hey  - falou Kook segurando meu queixo fazendo-me lhe olhar  - Vamos pegar outra bebida, a sua já acabou  - falo e eu acenti
   Fomos até o barman e Kook pediu uma bebida que não escutei o nome, encostei no balcão e ele me entregou um copo e eu bebi um longo gole
     - Calma, essa bebida é forte  - falou rindo do meu ato
   Desencostei do balcão logo tropecei em meus próprios pés, ia cair se Kook não tivesse me puxado pra si
     - O..obrigada  - falei corada e percebi a proximidade de nosso rosto
   Jungkook segurou minha cintura com firmeza e colou mais ainda nossos corpos senti sua respiração desregulada e seu coração bater contra meu peito, ele entreabriu os lábios e eu fiz o mesmo, quando faltava apenas um centímetro entre meu lábios e o dele falei
     - Preciso ir ao banheiro  - falei e sai de seus braços
     - Tudo bem  - falou e sua cara de desânimo era notável
   Caminhei até o corredor dos banheiros femininos e masculinos, fiquei digerindo o que realmente acabei de fazer, ou melhor não fazer, até que escuto gemidos em um canto próximo ao banheiro, a pior cena da minha vida, Jimin estava segurando a perna de uma garota em sua cintura a beijando, sua calça não estava abaixada, mas eu sabia o que eles estavam fazendo, a garota gemia entre o beijo até que me olhou, meus olhos estavam cheios d'água, eu sentia meu corpo enfraquecer e não queria que aquilo fosse verdade, porque eu reagi assim ? Porque eu estou chorando ? Eu realmente gosto dele e não é como simples amigos.
     - _____ ? - disse Jimin em um tom preocupado fechando sua calça e indo até a mim
   Corri como louca até o banheiro, meus olhos estavam embaçados e meu rosto molhado, fechei a porta do banheiro feminino e entre em uma cabine do mesmo, chorei de soluçar, não me importava no que iam pensar, meu choro era alto e minha dor mais ainda, me encolhi na cabine apertada em que estava e fiquei lá por alguns minutos.


Notas Finais


O que acharam ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...