História Meu melhor amigo || Jikook || Bangtan Boys (BTS). - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 171
Palavras 1.577
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu ia postar só sexta, MAAAAAAAS o capítulo já estava pronto e não deu pra esperar :3

Espero que gostem... ♥

Capítulo 15 - Dúvidas


Só tirei os olhos da folha com os depoimentos na hora que a aula de Biologia começou. Mas, desta vez, não foi por querer olhar para o Jackson, e sim porque eu não queria que os nossos olhares se cruzassem nem por acaso!

Apesar de tudo o que aconteceu, meu coração ainda bateu mais forte quando eu o vi entrando na sala, mas junto com o ritmo cardíaco acelerado não veio aquela costumeira empolgação que eu sentia, e sim uma mágoa misturada com raiva e vergonha por imaginar que ele devia estar com PENA de mim!

Quando o sinal bateu, eu e o Yoongi já estávamos com tudo na mochila e fomos os primeiros a sair da sala, para não ter chance do Jackson puxar assunto.

A gente estava na porta do colégio, quando o Suga me lembrou do jogo da aula de Educação Religiosa e perguntou se eu realmente não estava curioso pra descobrir quem tinha escrito cada depoimento. Eu falei pra ele que estava um pouco, mas que, além de ser impossível saber quem tinha escrito o quê, também não tinha jeito de distinguir o que era brincadeira do que era sério.

Então ele tirou a folha dele de dentro da mochila e deu para mim ler. Quase todo mundo tinha escrito que ele era inteligente, maduro, maluquinho, meio bravo, original e dorminhoco (ele já dormiu na sala de aula umas quatorze vezes em apenas um mês), apenas mudando as palavras. Eu devolvi a folha e ele me perguntou se isso era mentira, ou se parecia que alguém estava zoando dele eu fazendo algum tipo de brincadeira, fora que contavam com o fato de que ele tinha dormido na sala, porque realmente tinha sido engraçado. Eu disse que não, que ele era mesmo muito inteligente, é a pessoa mais madura que já conheci, tinha cara de doido, era meio bravo as vezes e eu realmente não conhecia ninguém mais original do que ele.

- Pois eu também concordo com tudo o que li ao seu respeito. - ele falou. - Agora, quer fazer o favor de confiar mais no seu taco e tentar descobrir quem é o seu admirador secretismo?

Nesse momento, o meu pai chegou. Eu me despedi do Yoongi dizendo que ia telefonar para a gente terminar a conversa mais tarde.

- Na hora em que você quiser. - Ele falou. - eu já sei quem é ele mesmo...

Eu entrei no carro, olhei pra ele mais uma vez, mas ele já estava super entretidos escolhendo um chocolate.

Cheguei em casa e, antes mesmo de almoçar, peguei a tal folha. Não sei por que, mas ela me acalentava, como se fosse uma espécie de refresco, de alívio, um raiozinho de sol no meio da escuridão em que eu estava.

Li tudo novamente, tentando enxergar pelos olhos do Yoongi. E se fosse verdade? E se as pessoas que escreveram aquelas frases realmente sentissem algo a mais por mim?

Peguei uma folha e anotei as que mais despertaram a minha curiosidade:

*Quer casar comigo*

*Te amo, menino! Pena que você não me enxerga...*

*É o amor da minha vida. O triste é que ele gosta de outro...*

Não consegui chegar à conclusão de quem poderia ter escrito SERIAMENTE nenhuma das frases. Peguei uma lista com o nome de todos os alunos da sala, escrevi em outra folha só o nome dos meninos e comecei a analisar um por um, tentando lembrar se algum deles tinha dado algum sinal de interesse por mim.

Alan: Super gente boa, mas a gente só conversa sobre assuntos escolares, no máximo sobre alguma festa.

Akira: Tem namorada. E só fala "oi" e "tchau" pra mim.

Assuno: Não conta, está com febre e não tem ido à aula por isso.

Bambam: Nem preciso falar nada, né?

Ben - Tem um namorado que é um deus grego.

Chen - Da turma do fundão. Já trocamos uns bilhetinhos, mas acho que ele gosta é do Yoongi, vive enchendo o saco dele.

Collky MiYu - Namorado da Jennie da outra sala.

Chong - Nunca conversei na vida. Aliás, acho que ele é mudo.

Elyu - Sem chance. Super hétero. Acho que ser gay nunca passou pela cabeça dele.

Hussy Min - O cara mais lindo do colégio inteiro. Nunca ficaria comigo, um simples mortal...

Jungkook - O Kook. Acho que está bem óbvio que o tipo de cara que ele gosta é o meu oposto: chato, metido e ridículo.

Keun - Se o cumprimentei algum dia na minha vida já foi muito. Senta do outro lado da sala.

Kyungsoo - Da turminha dos CDFs. Nada a ver! Ele nunca olhou pra minha cara, nem nas pouquíssimas vezes em que conversamos.

Lay - Bonitinho e ordinário. Não iria me mandar indiretas escritas, ele canta todo mundo é na cara dura mesmo.

Shimizu - Não foi à aula. Então não escreveu nada, portanto não conta.

Tao - Do fundão também. Bonitinho e gente boa, já conversei com ele várias vezes... mas o assunto sempre foi o namorado estava fazendo intercâmbio na Espanha...

Tyumi - CDF também. Já pedi o caderno dele de Física emprestado umas duas vezes. Ele emprestou, mas falou pra mim não devolver com marcas de gordura ou tinta de cabelo!

Vik - Vive pros lados da turma do viado, vulgo, Bambam. Deve ter antipatia de mim também.

Will - Todo mundo sabe que ele vai ser padre. Inclusive a irmã Imaculada já está começando a prepará-lo para o seminário.

Yoongi: O meu melhor amigo com certeza não me escreveria um recado desses.

Zico: Amigo do Bambam, mas é super gente boa. Já demos uns beijos quando estávamos no oitavo ano, mas nada de mais... nem nos falamos mais, apenas sorrimos um pro outro quando nos encontramos no corredor.

Ou seja, muito óbvio que nenhuma deles escreveria a sério nenhum dos três depoimentos que eu anotei. O que me faz voltar à minha hipótese original: estão rindo da minha cara.

Foi isso que eu falei pro Yoongi quando liguei pra ele depois do almoço. Li todas as análises que eu fiz sobre cada uns dos meninos e ele começou a rir.

- Pra alguém que está só "um pouco" curioso, até que você está fazendo muito esforço... pena que é desnecessário, já que a verdade está na sua cara e você insiste em não ver. - ele falou.

Eu fiquei com vontade de desligar o telefone, mas contei até dez, respirei fundo e perguntou já sabendo a resposta:

- E que verdade é essa?

Ele deu um suspiro e falou:

- De novo? Quantas vezes vou ter que te falar que está muito claro que foi o Jungkook? Leia de novo pensando dele, você vai ver que consegue até escutar a voz dele por trás das palavras!

Dessa vez quem riu fui eu:

- Yoongi, meu querido, acho que você está cometendo um deslize nessa sua lógica perfeita... não é apenas UM recado intrigante. São TRÊS!

Ele deu outro suspiro e perguntou:

- Você por acaso leu a sua folha de depoimentos direito? - ele nem deu tempo pra responder e já continuou - Lógico que não! Tem um detalhe óbvio que foi a primeira coisa que eu reparei, mas claro que você não tem espaço nessa sua cabeça sonhadora para questões práticas.

Eu não estava entendendo nada do que ele estaca falando. Fiquei calado, ele tambem, e aí, depois de um tempo ele falou:

- Jimin, quantas pessoas tem na sala?

Eu, que estava com a lista dos alunos em cima da minha escrivaninha, conferi e respondi:

- 39.

- Você não escreveu para você mesmo, não é? - ele perguntou, e eu, começando a entender um pouquinho da lógica dele, disse que não.

- Então sua folha deveria ter 38 depoimentos. - ele explicou. - Quantos tem?

Eu peguei a folha correndo e tomei um susto.

- Trinta e nove! Você acha que alguém escreveu duas vezes?

Ele deu um risinho e respondeu:

- Eu acho que alguém escreveu QUATRO vezes! Por acaso você viu o Assuno e o Shimizu na sala hoje? Ou você acha que mesmo matando aula algum deles pode ter escrito, por exemplo, por telepatia?

Eu ainda estava assimilando a nova informação e ele falou:

- Quando seu raciocínio lento chegar à conclusão de que todas as pistas apontam para o Kookie, você me liga de novo! Tchauuu!

{...}

No fim da tarde, depois de pensar muito, resolvi ligar para o Kook. Desde que o Suga desligou o telefone, eu fiquei pensando sobre os últimos acontecimentos da minha vida:

1. Minha mãe inventou que eu tinha que fazer intercâmbio.

2. As bodas de prata dos pais do Yoongi, que foi quando ele começou com essa ideia fixa de que o Kook gosta de mim.

3. O Kook começou a se interessar pelo Bambam, provando que a teoria do Yoongi não tinha o menor fundamento.

4. Passei na prova de intercâmbio e o Kook, apesar do Bambam, foi comemorar comigo.

5. O Jackson quase me fez acreditar que poderia estar a fim de mim.

6. Quando eu comecei a acreditar, o destino me provou o contrário, esfregando a mulher dele na minha cara.

7. O Kook, apesar de estar com o Bambam do lado, ficou preocupado com a minha tristeza.

8. O jogo da aula de Educação Religiosa em que eu (supostamente) recebi três declarações de amor e o Yoongi fica dizendo que todas elas vieram da mesma pessoa. O Jungkook.

Não pela insistência do Yoongi, mas por reconhecer que em quase tudo o Kook estava envolvido, resolvi ligar pra ele, só pra provar pra mim mesmo quererá apenas coincidência.

Claro que eu não ia perguntar se era ele que havia escrito aquelas frases, mas, conversando a respeito do jogo, talvez ele desse alguma pista do que realmente tinha escrito pra mim...


Notas Finais


MEU DEUS! 1.624 EXIBIÇÕES E 75 FAVS! EU TO JOGADA NA BR! SOCORRO, VOU DESMAIAR! OBRIGADO MESMOOO *---* EU AMO VOCÊS!!

Comentem pra me incentivar essa porra porque não faço mais ideia do q escrever :v

Talvez amanhã ou sexta saia capítulo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...