História Meu melhor amigo || Jikook || Bangtan Boys (BTS). - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 166
Palavras 2.458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


A foto não tem nada a ver com o capítulo, mas eu amo ela. :v

Espero que gostem........ :3

Capítulo 18 - Uma sexta-feira especial...


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amigo || Jikook || Bangtan Boys (BTS). - Capítulo 18 - Uma sexta-feira especial...

{...}

Nem acreditei quando sexta-feira chegou, parecia que a semana não ia acabar nunca mais! Fiz todas as provas meio no automático. Eu realmente achava que não tinha ido bem o suficiente em Física, mas agora só me restava rezar e esperar o resultado sair na sexta-feira seguinte, que seria também o dia da festa de final de ano da nossa sala.

O Hoseok me contou que o Alan falou no mesmo dia para o Kook a respeito do desprezo do Bambam em relação ao presente dele, mas, ao contrário do que o Hope esperava, o Jeon e o Bambam continuavam juntos, apesar do Kookie ter ficado meio chateado.

Confesso que eu fiquei decepcionado. Se alguém me contasse que qualquer pessoa tivesse rido de um presente que eu passei horas fazendo, eu iria ficar com muita raiva dessa pessoa! E mesmo sem ter feito, tomei as dores do Jungkook e fiquei com ainda mais raiva do Bambam. E também muito curioso para saber quais músicas o Kookie tinha gravado pra ele... Será que ele havia colocado as mesmas do meu CD?

{...}

Na sexta à noite, mais para agradecer ao empenho do Hoseok, que não parou de tentar me animar a semana inteira, topei ir ao Sexta-Mix, depois de ficar umas três horas convencendo o Yoongi a ir também.

O pai do Hope nos levou, e o meu ia nos buscar às três horas da manhã EM PONTO, o que ele fez questão de repetir e ressaltar umas vinte vezes. Chegamos lá e já estava cheio. O Jaebum, o Seokjin e o Namjoon estavam na fila, eles ficaram meio admirados, mas pareceram felizes de nos encontrarem.

Eu estava completamente sem graça. O colégio inteiro estava lá e também todas as pessoas que a gente sempre vê no clube e no shopping.

Exatamente às dez da noite as portas se abriram e a gente entrou, junto com a multidão. O Sexta-Mix é no salão do clube, que é enorme, por sinal, mas em poucos segundos já estava lotado de gente. Acho que todo mundo resolveu aparecer nessa sexta, talvez por causa das férias.

Arrumamos um lugar pra sentar, começamos a olhar as pessoas chegando, a nos situar, a procurar mais rostos conhecidos... aí o Namjoon e o Jin foram dançar, o Yoongi disse que ia buscar uma bebida e o Hoseok foi com o Jaebum procurar o Mark e eu tive que ficar sentado guardando mesa (Autora: Eu na vida sou o Jimin).

Eu estava lá, olhando para a multidão, pensando se não devia ter pedido para o meu pai me buscar uma hora antes, quando o holofote focalizou lá no meio a última pessoa que eu esperava encontrar ali. O Kook.

Não que ele não goste do Sexta-Mix, muito pelo contrário, normalmente ele não perde um, mas é que eu pensei que, já que está com o Bambam e o Sexta-Mix não é um programa muito típico de casais (porque quase todo mundo vai pra pegar os crush's. Menos o Jin e o Namjoon, que vão em todos os lugares juntos e não se desgrudam), ele não apareceria.

Fiquei tentando enxergar se o Bambam estava do lado dele, mas o holofote já tinha se movido e não deu pra ver mais nada. O Yoongi chegou, e eu o chamei pra dar uma volta. Ele fez uma cara meio de desânimo, e aí eu perguntei se ele poderia então guardar a mesa. Ele falou que sim, mas que não era pra eu demorar muito. Eu concordei e saí correndo pro meio da pista de dança.

Encontrei o Hoseok e o Jaebum no caminho, falei que o Yoongi estava guardando a mesa, eles falaram que achavam que ninguém mais ia sentar, que o Suga não precisava ficar lá, mas eu não tinha tempo pra voltar. Continuei meu caminho em direção ao meio do salão. Cheguei lá, olhei para todos os lados, andei em todas direções e nada! Comecei a pensar que eu tinha confundido , apesar do Kookie ser meio inconfundível... rodei mais um pouco e aí resolvi voltar pra mesa.

Chegando lá, vi que o Yoongi não estava sozinho, estava sentado com duas pessoas. Um menino que eu nunca tinha visto na vida e... o Kookie.

Eu dei um sorriso pro Jeon, o Yoongi me apresentou ao outro menino, disse que o nome dele era Andrew (ele tinha cabelos castanhos e carinha de bebê), que ele estava fazendo companhia enquanto eu não chegava. Aí o tal do Andrew me cumprimentou e se virou de novo pro Suga, perguntando se ele não se importava que ele continuasse sentado lá, mesmo que eu tivesse chegado, já que o papo estava tão interessante.

Eu e o Kookie trocamos olhares, depois eu olhei pro Yoongi e ele nem me viu, já estava entretido no tal "papo interessante" de novo...

O Kook levantou e perguntou se eu queria tomar alguma coisa. Eu fui andando com ele em direção ao bar e perguntei que Andrew era aquele. Ele riu e falou:

- Não tenho a menor ideia! Quando eu cheguei lá, o Suga já estava conversando com ele e disse que era pra eu esperar porque você tinha uma coisa pra me falar.

Eu fiz uma cara de surpresa e indignação tão grande que ele começou a rir e falou:

- Relaxa, Jimin. Eu saquei que o Yoongi falou aquilo só pra eu te tirar de lá quando você chegasse. Está na cara que ele ficou interessado nesse Andrew.

Eu dei um suspiro de alívio, pelo simples fato do Jungkook não ter sacado a REAL intenção do Suga, que era, com certeza, me colocar em uma situação constrangedora com ele..

De repente ele me deu uma olhada de cima a baixo, que, por algum motivo, me fez tremer.

- É, Senhor Jimin... - ele falou balançando a cabeça de um lado pro outro.

Eu (que não entendi o que aquilo queria dizer) falei:

- O que isso quer dizer?

Vi que ele ficou sem graça.

- Nada... isso não quer dizer nada. - ele falou baixinho, olhando para o relógio - Tenho que ir agora.

Eu, percebendo que não queria que ele fosse e me largasse ali naquele lugar cheio de gente desconhecida, com o Yoongi provavelmente ficando com um menino, com o resto do pessoal dançando, falei:

- Não vai embora, não... - em uma voz manhosa.

Ele me olhou de novo de cima a baixo, voltou o olhar pra cima, parou no meu rosto, me olhou bem no fundo dos olhos, e eu tremi ainda mais do que naquela primeira olhada. Ele olhou no relógio novamente, ia falar alguma coisa quando alguém veio por trás e tampou os olhos dele.

Eu desviei um pouco pra ver quem pra e lá estava ele.

Eu estava evitando me perguntar onde ele estaria, como se quisesse fingir pra mim que ele nunca tinha existido e que era apenas uma invenção ruim da minha cabeça. Mas não era. O Kook passou a mão nas mãos do garoto, que continuavam tampando os olhos dele, e falou, sem sombra de dúvidas:

- Bambam.

A Cobra, então, deu um puxão nele e deu um beijão. Eu fiquei completamente sem lugar. A princípio senti raiva dele, depois do Kook, e de repente fiquei meio triste. Posso mentir pro Yoongi, pro Hoseok, pra quem eu quiser, mas pra mim mesmo não dá... o que eu senti foi realmente ciúmes. Eu nunca tinha visto o Kook beijando alguém antes...

Fiquei vendo os dois se beijarem e aí percebi que eu não queria mais testemunhar aquilo.

Comecei a sair, sem conseguir tirar o olho dos dois completamente, e então o Jeon desvencilhou-se do beijo, meio sem graça, e falou:

- Você já cumprimentou o Jimin, Bambam?

Eu parei, dei um sorriso meio amarelo pra ele, que - com certeza pra me fazer raiva - veio e me deu dois beijinhos.

- que bom te ver aqui! - ele falou com aquela voz enjoada - quando eu ouvi o Jung Hoseok falar na saída do colégio hoje que até VOCÊ viria ao Sexta-Mix, eu tive que convencer o Kook a vir, afinal, se você, que nunca sai da toca, apareceria, com certeza hoje seria uma sexta-feira especial...

Então era por isso! Ele só tinha vindo pra me provocar, pra me provar que eu poderia fazer o que quisesse, mas que ele continuava com o Jungkook. Eu fiquei super a fim de dar um soco "especial" na cara dele, mas me segurei. Dei uma olhada pro lado e por sorte vi o Hoseok entrando no banheiro. Olhei para o Kook, que estava com uma expressão meio sem graça, e então virei pro Bambam e disse:

- Espero que seu Sexta-Mix seja mesmo bem especial, querido...

E rumei pro banheiro, sem nem olhar pra trás.

O banheiro era dividido por garotas e garotos, estava uma bagunça. Meninas em todos os espelhos retocando a maquiagem ou apenas tentando fazer o cabelo parecer melhor, grupinhos de meninos e meninas conversando, gente se beijando, barulho de alguém vomitando dentro de uma das cabines, barulho de alguém chorando em outra cabine, gemidos em outra, uma servente sentada observando a movimentação com cara de sono... no meio daquilo tudo eu vi o Hoseok em um dos espelhos, arrumando o cabelo.

Eu andei até ele e falei:

- Quero ir embora, vou ligar pro meu pai me buscar agora.

Ele me olhou como se eu tivesse ficado doido.

- Você está brincando, não é, Jimin? A gente acabou de chegar!

- Não estou - eu respondi sério - eu quero ir embora agora, já tive o suficiente.

Ele, percebendo que eu estava falando a verdade, replicou:

- Mas se você for, eu vou ter que ir também, meu pai só me deixou vir porque seu pai viria buscar a gente... e o Mark está aí, inclusive eu acho que hoje eu vou conseguir finalmente ficar com ele, ele está me dando altas olhadas, você não pode fazer isso comigo...

Ele fez uma cara tão triste que eu falei:

- Hoseok, eu dou um jeito dele vir buscar você mais tarde, ou pago um táxi pra você voltar na hora em que quiser...

Eu mal tinha falado isso e a porta do banheiro abriu, e por ela entrou um Yoongi todo saltitante. Ele veio em nossa direção e falou pulando:

- Gente, vocês não acham que o Andrew é lindo?? Ele tem 18 anos, mora em Daegu e veio a Seul só pra fazer vestibular! Mas, se ele passar, ele vai morar com aqui! Ele está hospedado com o primo dele, que mora pertinho da minha casa...

Nessa hora ele percebeu que nem eu nem o Hoseok estávamos compartilhando da felicidade dele. Ele tirou os braços de cima da gente e perguntou:

- O que aconteceu?

O Hoseok deu um suspiro e olhou pra mim. Eu falei:

- Quero ir embora, Suga. Vou ligar pro meu pai me buscar. Mas vocês podem ficar aí, eu pago um táxi pra vocês voltarem.

Ele olhou pro Hope como se não estivesse entendendo o que eu estava falando e aí disse:

- Cadê o Jungkook? Da última vez que te vi, você estava conversando com ele todo animado, o que rolou?

O Hoseok fez uma expressão de que estava começando a entender e disse pro Yoongi:

- Eu acabei de ver o Bambam chegando...

E aí os dois se viraram pra mim, esperando que eu falasse alguma coisa. Eu olhei de um para o outro e aí falei:

- Eu quero ir embora, será que eu posso?

- De jeito nenhum! - os dois falaram quase ao mesmo tempo.

O Hoseok pediu emprestado para uma garota ali uma escova de cabelos e começou a pentea-lo pra cima, enquanto o Yoongi levantava um pouco mais minha regata branca e puxava minha calça de couro preta um pouco mais pra baixo, deixando minha cueca aparecer. Eu me desvencilhei das mãos deles e perguntei:

- O que vocês pensam que estão fazendo?

- Você vai provar pro Bambam que ele não tem a capacidade de estragar a sua noite - o Hoseok respondeu.

O Yoongi completou, levantando uma sobrancelha:

- Inclusive, quem vai estragar a noite dele vai ser você!

Um riu pro outro e aí eu falei:

- Ah, tá. Obrigada por me informarem. Mas será que vocês podem me explicar como e por que eu faria isso?

Eles se entreolharam e depois me olharam como se eu tivesse três anos de idade. O Yoongi falou primeiro:

- Você tem que ficar perto dos dois e mostrar que você está se divertindo muitíssimo, mas muito mais do que eles dois juntos!

- E você vai ter que jogar o maior charme pro Jungkook também. - o Hope explicou - tipo, não tira o olho dele e, quando ele olhar, dê um sorrisinho meio enigmático e depois tire o olho, bem devagarzinho... tenta deixar ele excitado, se vocês sentarem, toque nas pernas dele, como se estivesse fazendo carinho, ou se estiverem dançando, passe por trás, encostando seu membro na bunda dele - eu arregalo os olhos.

Antes que eu respondesse que eu não faria aquilo nem em um milhão de anos, o Yoongi falou de novo:

- E se algum menino começar a te olhar, retribua. Se alguém vier conversar com você, dê bola e sorria muito, como se realmente estivesse interessado. Mas só se o Kook e o Bambam estiverem olhando.

- Como se estivesse interessado, não! - o Hoseok deu um soquinho no ombro do Yoongi e em seguida olhou pra mim - realmente se interesse. Olhe para todos os meninos e ache mesmo um bem gatinho, dê um jeito de ficar com ele e beije-o bem na frente dos dois!

Eu fiz uma cara de nojo pra ele e falei:

- Hoseok, no dia em que eu ficar com um cara que eu nunca vi antes na vida, você pode me internar! Você está louco! Vocês dois estão loucos, aliás!

Acho que o Hope percebeu que não devia ter falado aquilo e tentou consertar:

- Tá, tá, eu sei que você não ficaria, mas, pelo menos, finja!

- Jimin, faça o que você quiser, desde que seja com o intuito de provocar ciúmes no Kook e inveja no Bambam. - o Suga concluiu, meio impaciente.

Eu olhei para eles e tornei a perguntar:

- Por quê?

O Yoongi tomou a dianteira e falou:

- Porque sim! Porque você deve isso pra você mesmo e pro Kook também!

- Jimin, o Bambam acha que pode pisar em quem quiser exatamente porque ninguém faz nada... você tem que dar o troco! - o Hoseok continuou.

Eu olhei pros dois, disposto a falar que não ia fazer nada daquilo, mas aí lembrei do Bambam rindo do CD do Kook... e depois beijando-o na minha frente e falando que esse Sexta-Mix seria especial...

Pois eu ia provar pra ele o quão especial ele poderia ser. Puxei minha calça bem mais pra baixo, dando uma boa visão da minha cueca, atraindo alguns olhares pervertidos em minha direção, inclusive o do Yoongi, que mordeu o lábio inferior. Peguei a escova de cabelos da mão do Hoseok, arrumei meu cabelo, dei um sorriso pro espelho, olhei pros dois e falei.

- Estou pronto!


Notas Finais


E AÍ?

O QUE VOCÊS ACHAM QUE VAI ACONTECER?

CRIEM SUAS TEORIAS, DÊEM SUAS NOTAS, CRÍTICAS CONSTRUTIVAS SÃO SEMPRE BEM VINDAS!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...