História Meu Melhor Amigo Nerd - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjin, Taegi, Vhope
Exibições 53
Palavras 950
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi s2
Quero agradecer a quem está acompanhando obgd pelos favoritos. Amo cês e desculpem a demora.
PS: Sem foto na capa do cap novamente

Capítulo 5 - Sintomas Do Amor


POV NamJoon

— Mais uma, por favor. - digo com a voz embriagada, ao perceber que o garçom nega, deixo o dinheiro em cima do balcão e saio do local.

Caminho no meio da rua, passo as mãos nos braços por causa do frio devido ao horário, ando os poucos metros que posso, já, não tendo meu próprio equilíbrio me jogo em um banco qualquer, escondo meu rosto entre meus joelhos e choro, lágrimas grossas e dolorosas.

— NamJoon? - uma voz no entanto conhecida diz se aproximando.

— Me deixa em paz... - digo entre soluços.

— NamJoon vamos. Espera... você bebeu?! - quando vejo que é diz tento me levantar, ele me segura e passa um dos meus braços bem volta do seu pescoço com dificuldade por causa da diferença de tamanho.

— J-Jin... Eu te amo... - sussurro enquanto caminhamos por um caminho que no momento não é conhecido por mim.

Ele abre a porta de uma casa que parece ser a dele, entramos ele me leva até um quarto, me deita na cama com todo cuidado do mundo, eu observo atenciosamente cada gesto e cada ação de Jin.

— Eu também te amo... - ouço a voz de Jin como um sussurro logo quando o mesmo saí do quarto. Fecho os olhos e começo a chorar,  realmente eu estava arrependido e confuso pelo que fiz.

POV Jimin

Depois do beijo que dei no JungKook, eu tenho sentido coisas estranhas quando estou com ele, além de ser um cara legal e muito lindo, eu fico com receio por ainda gostar ou ter um tipo de atração pelo idiota do NamJoon.

Chego na escola bem cedo como todos os dias, me sento no mesmo lugar de sempre. Olho pros lados e vejo que nenhum dos meus amigos chegou. Saio da sala e resolvo andar por aí.

— Jimin... Oi... - JungKook diz meio nervoso e corado.

— Oi Kook. - sorrio e ele cora mais ainda.

— V-você quer sair comigo agora? Fiquei sabendo que não vai ter aula hoje... - ele me entrega timidamente, uma rosa branca.

— Claro... - aproximo a flor do meu nariz e respiro fundo pra sentir o perfume. Ele tem me tratado com muito carinho, isso é muito admirável. Caminhamos até um café próximo a escola.

[...]

Passamos tarde conversando, brincando, a presença dele é realmente agradável mas, eu não posso continuar iludindo ele desse jeito, talvez só precise de tempo pra realmente descobrir seu sinto alguma coisa por ele.

— Então... Nos despedimos aqui. - JungKook diz roçando levemente nossas mãos, olho pra ele e deixo um pequeno selar em sua bochecha. Solto um riso soprado ao ver ele corando. Tão fofo.

— Obrigado. Foi um prazer... Sair com você... - digo sussurrando enquanto vejo ele se afastar.

Entro em casa, jogo minha mochila no sofá e tiro meu sapato, suspiro aliviado por sentir meus dedos respirarem. Vejo uma rosa ao lado de fora da janela. Caminho até lá, a pego e vejo um bilhete.

"Te amo..."

Com poucas palavras mais sei que verdadeiras. Sorrio mordendo o lábio inferior e respiro fundo, sentindo o doce e calmo perfume da flor.

— Acho que também te amo... - sussurro pro horizonte além da janela.
  
[...]

Acordo com algumas dores nas costas, vejo que dormir no sofá e solto um gemido de dor, após a minha tentativa de levantar falhar.

— Aí que droga... - resmungo bocejando, olho o relógio em seguida o pequeno calendário ao lado dele.

Tomo um banho demorado, visto uma saia rendada em um tom de branco envelhecido junto com meias pretas e um moletom da mesma cor, ando pela casa procurando algo pra fazer durante o resto do dia.

Chego na cozinha e vejo um delicioso café, com uma aparência totalmente agradável. Me aproximo da cozinha, pego uma frigideira quando escuto alguém abrir a porta.

— AAAAAAH - grito e dou com a frigideira na cabeça da tal pessoa. — JUNGKOOK! - vejo-o cair no chão, tento carregar ele e o deito no sofá. Observo- o abrir os olhos devagar e gemer de dor.

— Ah... Desculpa Jimin eu só queria fazer uma surpresa. - ele diz passando a mão na cabeça, onde agora se formou um galo horrível. — Aliás, você está lindo. - ele ri com um tom de dor.

— Aí me desculpa, eu adorei a surpresa, mais por você entrou assim... Poderia ser um ladrão, estrupador, não sei. - digo bufando enquanto vou pegar uma bolsa de gelo.

— E quem disse que eu não sou um estrupador... - ele aproxima de mim. Pego a frigideira e ameaço bater nele. — Calma parei... - ele ri e se deita novamente no sofá.

— Ah bom... - digo em um tom ameaçador. Sinto-me um pouco constrangido quando, o olhar fixo de JungKook passeia pelo meu corpo. Minhas bochechas esquentam e eu tento achar uma posição confortável no sofá.

— Jiminnie... Você ama NamJoon não é? - ele pergunta criando um clima não muito bom pro momento, desvio meu olhar e ele vira cuidadosamente meu rosto, voltando meu olhar para si.

— Kookie, eu não amo o NamJoon... - digo sério.

— Então você me ama? - observo uma lágrima pronta pra cair em cada um dos seus olhos.

— Sim... Eu te amo... - digo fechando os olhos e aproximando nossos lábios, dou um pequeno selar e sinto a mão do Kook segurar minha cintura e sua língua pedir passagem cuidadosamente, depois de ceder iniciamos um beijo calmo e totalmente harmônico. Depois do beijo ele fecha os olhos e dorme calmamente.

— Eu o amo não é? - pergunto a mim mesmo por horas.


Notas Finais


Até o próximo
Desculpem os erros!
Kissus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...