História Meu Melhor Erro - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Tags Inkxerror
Exibições 212
Palavras 2.806
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Howdy!,essa é minha primeira one-short e é ideia de uma RPG entre mim e o usuário ~Error_Sans. Então se vc não gosta de Yaoi,Vaza beleza? Boa Leitura -w-

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Meu Melhor Erro - Capítulo 1 - Capítulo Único

P.O.V Autora

Ink abriu a porta de sua casa,o som da porta bater atras de se mesmo ao fecha-la pode ser ouvida por seu irmão,Papyrus,que estava na cozinha preparando o almoço

Papyrus:-Ink! Vai comer? Acabei de cozinhar!

Ink:-hm?....Há! Sim,sim eu só vou descansar um pouco,estou quebrado

Papyrus:-ok,me chame se precisar de alguma coisa

Ink:-ok - o mesmo se joga no sofá,havia acabado de verificar suas AU's e cansou de tanto abrir e fechar portais,isso esgotava sua magia. Estava quase a dormir e logo em seu pensamento apareceu uma silhueta com glitz e já sabia que era que estava invadindo seus pensamentos. Error,um amigo que antes brigavam violentamente pelas AU's agora estão que fizeram as pazes interagem bastate um com o outro ultimamente

Ink sentia algo a mais pelo seu amigo,algo que nem ele mesmo conseguia compreender;seu rosto arder,suar frio,nervosismo,vergonha ate mesmo gaguejar. Sua face ardeu intensamente ao lembra da conversa com Error mais cedo....

                 FlashBack

Error e Ink riram sem parar de ambas as histórias e trocadilhos que diziam entre si,Error corou em um tom alaranjado e fez a seguinte pergunta:

Error:-hm...Ink,por curiosidade,você gosta de alguém?

Ink travou e totalmente corado o respondeu nervoso:

Ink:-Q-quem e-eu? Her....p-po-po-(galinha-q)-demos mudar de as-sunto?hm

Error:-não -sorriu travesso,realmente queria saber se não teria atrasos (7u7 vo6 entenderam ne?)

Ink:- hr...e-eu,go-os-sto,m-ma-ais n-não sei s-se e-ele s-sente o m-mesmmo,NÃO Q-QUER S-SE A PES-SSOA,NÃO, NÃO MONSTRO* (Bug de desespero kskskskskskzks) HAAAAA!

Error:-Masoq...-Error desfez o sorriso em seu rosto,logo Dream viu ambos conversando e resolvem se aproximar

Dream:-Oi pessoal-Ele sorriu amigável

Ink:-DREAM!!!-Ink o abraçou,já fazia muito tempo que não o via e sentia saudades, o menor retribuiu o abraço e ergueu o braço para apertar a mão de Error que mesmo chateado o comprimentou pois não queria ser mal educado

Error:eai...-Falou Error triste e chateado pois já via quem Ink amava,a forma que ele agia com Dream era totalmente carinhosa oque tambel o deixava com ciúmes

Ink:- tenho que ir!- Ink disse saindo rapido e tropeçou caindo de cara no chao

Dream:- '-' calma- Dream ajuda Ink a se levantar e Error abre um portal e vai embora sem mais nem menos enquanto Dream toma seu rumo e Ink vai verificar a segurança do resto das AU's

                Flashback off

Ink sentia seus olhos pesarem e foi tomado pela preguiça e o cansaço.

  -Em ErrorTale-

Error limpava lágrimas que teimavam em escorrer pelo seu rosto,já estava depressivo e não queria nenhuma interrupção, não queria realmente acreditar que Ink ama a outro,estava cansado de se lamentar, começou a sentir um certo ódio de Dream. Odiava lembrar de velo abraçando Ink

Novamente voltou a enxugar o rosto com as mãos e se levantou do cama e resolveu tomar um ar, ele saiu rumo a waterfall de OuterTale,ela era a mais bela e dava pra se destrair ligando estrelas... (?) Só queria ficar sozinho e voltou a encontrar Dream e Ink

Ele os ignorou e Ink se aproximou de Error com os braços cruzados e um ar meio inseguro

Ink:-E-error...

Error:-o que? -Falou meio arrogante

Ink se assustou um pouco com o tom de voz do maior mais mesmo assim prosseguiu

Ink:- Lembra qu-uando você me perguntou s-se eu gostava de alguém?...heh,entao-Error interrompe Ink e toma a vez de falar

Error:- c gosta do Dream neh?,Ink,tá na cara não precisa mais esconder isso,só me deixa em paz!

Ink arregala os olhos,nunca pensou que Error diria tal absurdo sem ao menos ouvi-lo,mesmo assim se calou,um aperto na sua alma não o deixava falar. Sentiu seus olhos marejarem e se perguntou por qual motivo Error está com raiva dele

Ink segura firmimente o braço de Error impedindo o mesmo de sair

Error:-me larga!-ele puxa o braço então Ink o encara sem entender

Ink:-porque você tá com ódio de mim?

Error:-não estou com odio de ninguém só quero ficar só!-puxou seu braço novamente

Ink deu uma chave de braço no Error que caiu no chão

Ink:-você tá mentindo,fala logo!

Error não se conteve,encarou Ink e começou a falar

Error:-*suspiro*tá certo...lembra depois que fizemos as pazes? Sempre que conversavamos sentia algo queimar em sensações boas dentro de mim,quando te perguntei se você já gostava de alguém eu queria ter certeza que meu caminho estaria livre de qualquer concorrente! Ink,eu te amo,e muito,mais te amar doi e muito sabia? Depois de Dream brotar la de Narnia e da forma que reagiu ao velo já deixava bem claro que ele é o amor da sua vida...heh,o que eu podia esperar de alguem tão incrível como você? Como pudi me iludir e pensar que sentiria tal absurdo por mim,você é perfeito Ink,perfeito de mais para mim...eu apenar fui um erro na sua vida ...

Ink:-E-error...-Ink estava sem palavras,feliz por dentro,soltou Error e se agaxou pondo a mão no rosto de Error que estava com uma face tritonha mais aliviada pelo desabafo - quando fizemos as pazes eu gostei,na verdade amei e me perguntava como eu poderia gostar tanto de alguém que já me machucou algumas vezes,sempre que conversamos eu sentia coisas a mais por você,algo que foi se fortalecendo mais e mais e me deixaram diferente ao se aproximar de você,nervosismo,insegurança,tinha medo de oque sentia mal ser correspondido, Error,estou sendo sincero contigo,e sim você é um erro...o melhor erro da minha vida,eu te amo e o Dream,ele é apenas como um irmaozinho pra mim

Error limpou suas lágrimas e se enclinou pra frente rapidamente pondo as mãos no cachicol de Ink e o puxou para baixo pondo ao encontro de suas bocas fazendo ambos se beijarem,do fundo era possível ver Dream dando surtos de shipper (me representa :^) )

Ink se assustou e corou com tal ação repentina de Error,mais logo cedeu ao beijo,dando chance de Error invadir sua boca e foi o que ele fez,aprofundou sua língua na boca de ink curiando cada centímetro da boca dele sem deixar nenhum que sua língua não massageasse até encontrar a língua de Ink que ambas entrelasaram-se. Um beijo que antes começara-se calmo,doce e cheio de paixão tornou-se um beijo quente e selvagem mais com amor,logo se separaram com a falta de ar e quando perceberam Ink estava sentado no colo do maio e corou ao extremo e sussurou com dificuldade e respiração alterada pra somente Error ouvir

Ink:-E-Error,vo-oce podia p-pedir pr-pro seus amg-guinho-o se acalmar um p-pouco?-falou Ink puto de vergonha e fez bruscamente Error corar sulper envergonhado pelo ocorrido...

Com toda aquela vergonha e alguns minutos depois Error conseguiu acalmar o amiguinho  se levantou e foi em direção de Ink

Error:- Você vai para algum lugar ainda hoje?

Ink:-Não,dessa vez e o Papyrus que vai,eu vou tentar cozinhar algo pra mim comer...Bem se eu não taca fogo na cozinha primeiro

Error:-hm,ok,já vou indo,mais antes...-Error deu um selinho em Ink que corou bruscamente e Error  voltou para casa e se jogou no colchão com um sorriso de malícia em seu rosto "dessa vez tu não me escapa" pensou. Logo em seguida lembrou-se que o menor estaria sozinho em casa e rapidamente se levantou e pensou em tal atos e "brincadeiras" poderia fazer com o mesmo

Se dirigiu uns passos abrindo um portal e atravessando ele indo parar dentro da sala de estar da casa de Ink que estava na cozinha com um avental que o deixava mais fofo do que já era aumentando a vontade de Error querer tirar aquela inocência que o menor tinha ele estava preparando seu jantar que parecia estar indo tudo bem,só parei mesmo e se aproximou em passos silenciosos

Ink:-Droga,tenho de fazer de novo!-falou o mesmo pondo o macarrão queimado na lixeira e voltando a estaca zero.Mal percebeu a presença de Error no local mas sentiu algo o envolver por traz e era Error que estava a abraça-lo- E-Error!!-corou -o-o que faz a-aqui?!?-falava nervoso mais apenas sentiu o alito quente de Error em sei pescoço. O maio se segurava o máximo para poder responder Ink primeiro,mais sua tentação de fude-lo até não poder mais falava mais alto acabando por ele mesmo se torturar,sem cerimônia cravou uma mordida no pescoço de Ink fazendo o mesmo se arrepiar e gritar -HAAAAAA ERROR O QUE VOCÊ ACHA QUE TÁ FAZENDO SEU IDIOTA ARROMBADO DO CARALHO!?!- Falou Ink assustado e com raiva e senrindo seu pescoço latejar de dor

Error:-Arrombado ficara você quando eu acabar que vim fazer

Ink corou fortemente,seu rosto ardia e nele se estampa um belo arco-Íris de qual Error se encantou. Error teleportou pro quarto de Ink o jogando na cama sem nenhuma delicadeza,Ink se chocou com a cama ainda de costas pra Error e ficou em uma posição que fazia o maior delirar para telo para si. Ink estava encolhido de cara no travesseiro e com seu traseiro empinado pra cima,Error subiu na cama e se aproximou por trás encostando seu membro no traseiro de Ink que começou a corar cada vez mais, Error o olhou maliciosamente e tirou seu cachicol onde deu para ver sua mordida marcada no pescoço do menor e se enclinou ficando por cima de Ink e chegando mais perto do pescoço dele,então voltou a morder o pescoço dele onde estavam as marcas e passou sua língua nelas ouvindo baixos gemidos vindos de Ink que o atisava selvagem e sedento para ouvir o menor berrar seu nome.

Passou suas maos pelo corpo de Ink enquanto dava chupoes bem fortes no pescoço do pequeno pintor e apenas parou para vira-lo e precionou o joelho do membro do menor fazendo movimentos pra baixo e para cima e ouvia os gemidos do menor que logo foram abafados com sua boca indo de encontro a dele começando um beijo quente e sedento da parte de Error,o mesmo agarrou a cintura de Ink o puxando para cada vez mais perto de si grudando os seus corpos e apertando Ink, eles se separaram do beijo com linhas de saliva entre eles,Error passou as mãos pelas bordas das roupas do parceiro já sem paciência. Segurou e puxou rasgando as roupas cima de Ink que se assustou com tal ato arregalando os olhos

Ink:-Mas o que...

Error:-Apenas sou impaciente não me julgue

Error volto a "atacar" Ink que gemia baijo entre chupoes e mordidas no seu pescoço,o maio mordeu mais forte fazendo as marcas sangrarem, Error desceu beijo as costelas de Ink passando a Língua nas partes sensíveis e dava chupoes enquanto ouvia os gemidos altos do menor que arfava com respiração acelerada e começou a morder enquanto passou suas mãos por cima do membro de Ink ainda coberto pelas roupas e fez movimentos lentos para tortura-lo,mas logo  rasgou-as também já com impaciência. Logo consegui ver uma luz colorida entre as costelas de Ink e pões a mão lá pois já sabia perfeitamente o que era. Começou a lamber a alma do parceiro com cuidado pois se fosse muito bruto poderia arranca-lo HP e acabaria matando o mesmo,algo que o faria se odiar por toda eternidade,precionou os dedos polegares na alma dele afundando eles nas mesma ouvindo berros vindos do pintor. Mas não eram de dor e sim de prazer que só aumentou cada vez mais o sorriso de Error.

Em seguida o maior desceu lambidas da coluna de Ink até seu pelvis encarando o membro colorido dele o mesmo estava salivando. Então lambeu o membro dele lentamente ouvindo ele gemer meio baixo,em seguida pois a cabeça do membro do menos na sua boca passando a língua em torno dela e dencendo um pouco ainda lambendo em torno para que o membro de Ink entrasse mais facilmente na sua boca,Ink por sua vez puxa os lençóis da cama pra conter os gemidos da boca quente do maior estar o acariciando...(?)...,Error não gostou e deu uma mordida na glande do menor

Ink:-hAAAaa-ha

Error tirou sua boca do mesmbro dele e o encarou bravo

Error:-Não se contenha -o mesmo voltou a abocanhar o mesmbro de Ink com voracidade até o ponto onde parou descendo mais com a cabeça e voltando um pouco ja que o membro de Ink era um "pouco" grande. A partir dali desceu com movimentos giratorios de vai e vem com a boca que por fim resultavam em gemidos descontrolados de Ink que para o mesmo era como uma divina melodia

Após aquilo o membro de Ink estava totalmente em sua boca. Error fez movimentos lentos e torturasos pra Ink na intenção de provoca-lo novamente,casando-se de brincar com o menor ele acelerou os movimentos com chupões intensos que arrancaram gritos de prazer de Ink que já não falava mais por si e sim pelo prazer que o consumiu,perdendo aos poucos sua sanidade e querendo mais de Error

Error tirou o membro de Ink de sua boca voltando a lambe-lo e logo em seguida o coloca na boca de novo com movimentos circulares de sobe e desce e aumentou a velocidade ouvindo Ink gemer cada vez mas rápido conforme o mesmo o tocava,enquanto subia dava pequenas mordidas do membro de Ink até ele não aguentar tanto e acaba se liberando na boca de Error que lambeu cada milímetro do seu membro para não deixar nem sequer uma gota de sêmen no membro de Ink e retirou sua boca lentamente dele que já arfava em cansaço.

Error:-Seu sabor é tão...doce...

Ink com seus olhos semi-cerrados e sua reputação alteradamente acelerada pões suas mão debaixo do moleton de Error e os empurrou, Error apenas olhou o seu pequeno arco-iris o despir aos poucos,em seguida Ink subiu a camiseta de Error que levantou os braços para facilitar a retirada

Ink:-aprendeu agora como se tira uma roupa?

Error:-Nah,prefiro minha forma de "tira-las"-sorriu travesso e Ink desceu o calção de Error que acaba se deparando com seu membro amarelado já rígido e começa a salivar no canto da boca. Error já sabia o que o mesmo queria,então empurrou a cabeça de Ink contra seu pelvis fazendo o seu membro adentrar de uma só vez na boca do pintor que se assistou nos primeiros segundos

Ink:-!!!!!!

Lentamente Ink se movimentou,deixando Error em loucuras e o fazendo por a língua pra fora e aumentou a velocidade com o braço fazendo Ink a ir mais e mais fundo. Após um tempo Error ejacula em Ink que engoliu todo seu sêmen e passou a língua pelo seu membro pra se certificar que não sobrou nada.

Error com seus fios,pegou Ink o virando novamente o pondo de cara com o travesseiro novamente, então riçou seu membro no pelvis de Ink procurando sua entrada e sem permissão o invadiu segurando fortemente seu pelvis e o puxou com o máximo de força que conseguiu e com rapidez fazendo o pelvis do parceiro chocar-se com o seu o violando com brutalidade.

Ink:-HAAAAAAAAAA ER-RROR!-Ink apertou o travesseiro o puxando para ajudar a conter a dor que sentiu,Error parou por um tempo pra se acostumar com o espaço de Ink. Uns cinco minutos depois toda a dor que Ink sentiu sumiu,dando lugar ao prazer e o tom dos gemidos foram mudando e Error percebeu e começou a dar estocadas rápidas e pesadamentes fortes fazendo Ink gritar novamente mas com prazer

Ink:-Ha-a! E-rro-or hAAAa!-ha! M-ah-is ha!...-não foi preciso terminar e Error entendeu que Ink estava querendo. Segurando o quadril do menor, forçou um pouco mais e se impulsionou pra frente penetrando cada vez mais e mais fundo fazendo Ink delirar em sensações tentadoras de prazer e dor ao mesmo tempo.

Ink:-E-eh!-rro-or! h-ha! v-vai! m-me d-dei-ixa s-se-HA!, ah!-and-dar p-por do-ois ha-ha! Ha!-anos!!!

Ele já chegou a perguntar a si mesmo se ele era Sadomasorquista...descartando isso de sua mente, apertou o travesseiro quase ao ponto de rasga-lo, também e pões a língua pra fora e gemia sem parar deixando Error feliz por ouvi-lo gemer de tal forma.

Error paridamente se sentou sem sair de Ink,puxando o menor com ele fazendo ele se sentar encima de Error,Ink passou os braços em volta do pescoço de Error e o maior pões seus braços por tras de Ink segurando seus ombros e o puxou pra baixo dando estocadas brutais no menor que já não estava a aquentar muito tempo.

Error estava em quase em seu limite também, e soltou os ombros de Ink voltando a segurar seu quadril e o puxou Ink muito mais fundo. Tão fundo chegando ao ponto mais sensível de Ink que berrou muito mais alto do que quando começaram a "brincar".

  Error focou suas estocadas lá,indo tão rápido quanto da última vez e beijava Ink pois não conseguia tirar a vontade de beija-lo. Arranhou as costelas do pintor que cavalgava encima dele e mordeu seu pescoço com desejo de ouvi-lo gritar, e isso resultou. Error estava ao alcance de seu limite,mas nem ele e nem Ink queriam terminar com a brincadeira por ali,mas o menor já cansado e sem força nenhuma para segurar acabou gozando e Error também logo em seguida. Com a êxtase que tiveram se deitaram na cama e apagaram só se acordado no outro dia...


Notas Finais


Malz os erros de português e ma pontuação,eu to com preguiça de arrumar,espero que tenham gostado :^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...