História Meu metal mais precioso - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Rose Quartzo, Steven Quartzo Universo
Tags Bismuth, Bismuto, Desculpas, Perdão, Rose Quartz, Rose Quartzo, Steven Universe, Steven Universo
Exibições 20
Palavras 583
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Luta, Magia
Avisos: Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bem, fiquem com mais uma One-shot que eu prometi postar!
Espero que gostem!

Recomendo que tenham visto o ep "Bismuth" para não receber Spoilers.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Eu sei que agora é tarde. Você nunca me desculparia pelo que fiz, as escolhas que tomei e as recordações que escolhi afundar no fundo de minha mente. Não fui uma boa líder ou uma boa amiga, porém fui boa ouvinte. Ouvi tudo que me contou sobre seus planos e seus rancores. A cada mínimo detalhe eu fui te conhecendo melhor. A cada palavra fui descobrindo seu jeito de pensar.

Eu queria que as coisas não tivessem terminado daquele jeito. Elas não precisavam. Eu queria contar a elas. Queria mesmo. Mas tive de manter em segredo. Necessitei mentir para que elas confiassem em mim e assim as levassem para o campo de batalha com toda a glória.

Eu senti falta de você. Queria lutar lado a lado, derrotando todas aquelas Gems de HomeWorld e libertando o planeta. Queria que você entendesse o que era melhor para todas. Não queria uma guerra, queria liberdade. Queria que todos tivessem um cargo importante. Queria que elas se sentissem importantes!

Ás vezes ainda me culpo pelos acontecidos.

Se eu tivesse sido mais forte, eu poderia ter salvo todos; até mesmo você. Porém fui fraca. Me deixei ser derrotada pelas Diamonds. Me deixei ser dominada e forçada a voltar a base com apenas duas Gems.

Após isso, eu voltei para sua bolha. Eu olhei para sua pedra. Queria estourar a bolha e lhe soltar. Queria lhe deixar livre e viver sua vida. Você era uma gem forte, uma das mais fortes que já conheci.

E eu quase a soltei.

Mas me recusei.

Não queria encarar você novamente.

Estava com medo. Com medo de ver seus olhos cheios de raiva e angústia novamente. Com medo de meu pequeno grupo me deixar. E, principalmente, estava com medo de te perder para sempre.

Lembrei-me de seus cabelos coloridos como o arco-íris voando ao vento do campo de batalha. Suas mãos se transformando em um martelo e acertando a cabeça de gems inimigas. De suas mãos trabalhando com toda velocidade para produzir a maior e mais perfeita arma que eu já tive: a minha espada.

Lembro-me perfeitamente de seus pés tocando o chão quente da forja. Sua mão voando com o Break Point até o boneco de pedra para depois perfurar o local onde ficaria sua gemstone. Lembro de eu lhe falando que isso era errado, que não podíamos fazer isso. Nós nãos nos tornaríamos melhor do que elas. Depois que falei aquilo, você se enfureceu e perdeu o controle de suas ações. Me atacou. E eu me defendi.

A espada cravada em sua barriga.

Seus olhos se encontrando com o meu.

Você sem nenhuma expressão. Não tinha remorso ou vergonha do que fizera.

Aí, você poofou.

Sua pedra caiu em um baque no chão. O Break Point caiu aos meus pés.

Com os olhos lacrimejando, embolhei você. Peguei a sua arma e a guardei onde você a tinha tirado. Não tive coragem de destrui-la. Eu a usaria como última opção.

Anos e séculos foram se passando e a história se repetiu.

Steven, meu filho, passou por tudo isso. Você acreditou que ele era eu. E ainda me sinto culpada pelo acontecido. Se eu tivesse dado ouvido a você, poderíamos ter vencido a guerra. Ou se achasse outro meio de te convencer.

Por culpa de minhas ações, todos pagaram. Principalmente Steven que sofreu para lhe vencer novamente.

Agora, muitos anos depois, eu, Rose Quartz, estou aqui, olhando para sua pedra e pensando em tudo que eu poderia ter feito para te salvar.


Notas Finais


Sim, eu amei fazer one-shots desse estilo. E sim, vou fazer mais quando tiver inspiração.
Espero que tenham gostado. Essa eu revi umas cem vezes o ep "Bismuth". Ainda não me conformei com o final do episódio.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...