História Meu migrante - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Meu Migrante, Yaoi
Visualizações 8
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi pessoas
Fiquem com mais um cap

Boa Leitura;-)

Capítulo 4 - Dia Perfeito


Fanfic / Fanfiction Meu migrante - Capítulo 4 - Dia Perfeito

P. V. O- Kelvin

Acordei, me levantando sem fazer barulho para não acordar meu amor que estava fofo dormindo


Fui para cozinha, pois pensei em fazer uma surpresa para Van levando café da manhã na cama. Já sabia onde ficava os alimentos, então me aventurei a fazer uma bandeija enorme com coisas gostosas,como Bolo, pudim, gelatina com leite condensado e uma vitamina de banana com leite ninho. Eu sabia cozinhar e como eu havia acordado cedo, consegui fazer tudo sem que Van acordasse. Coloco tudo em uma bandeija de prata e levo ate nosso quarto, abro a porta devagar, sento na cama colocando a bandeija em suas pernas ainda cobertas, desperto Van com um selinho e com uma chupada em seu pescoço

- Bom dia amor

- B...Bom dia_ ele fala coçando os olhos ainda sonolento


Ah, ele fica lindo ate acordando. Ele levanta apenas a parte de cima de seu corpo me dando um selinho

- Ah como é bom ser recebido na cama com um bafinho te beijando

- calaboca, idiota_rimos. Onde você foi comprar isso tudo?

- Não comprei , eu fiz isso para você

- Que máximo você sabe cozinhar... Obrigado - van fala, dando um riso besta

- Você não sabe?

- Não

- Então o que você comia antes de me conhecer?

- Miojo, mas as vezes eu comia no restauranre

- Kkkkkk,Kelvin riu de sua cara falando - Então é por isso que você está pálido desse jeito

- Sem graça


Comemos tudo juntos jogando conversa fora. Logo após comermos tudo, tiro a bandeija de suas pernas e selando seus lábios saio do quarto indo para a cozinha

Lavo tudo e em seguida volto para o quarto encontrando Van arrumado

- Porque que você está todo arrumado? 

- se arrume também, vamos à escola para te matricular

- Na escola que você estuda, tem ensino médio? 

- Sim, vai se arrumar logo, e coloca uma roupa bonita pois depois que te matricularmos, vamos ao shopping passear um pouco

- Ta bom-digo tirando minha camisa e calça na frente de Van. Vejo seu rosto ficar vermelho, e ele vira de costas pra mim


P. V. O- Van


Além de ser lindo, o corpo de Kelvin é bem definido e gostoso. 

Fomos para a garagem pegar meu carro para irmos para a escola e de lá indo para o shopping

Chegamos na escola e a moça da secretaria começou a fazer perguntas para Kelvin e exigindo os documentos necessários para fazer uma matricula, Kelvin tira do bolso os documentos pedidos pela moça

Algum tempo depois... 


Conseguimos fazer a matricula de Kelvin e fomos para o shopping

Chegando lá, começamos a andar por lojas comprando algumas roupas para mim e para Kelvin. Entramos em uma loja grande que tinha praticamente de tudo, entro na frente de Kelvin e começo a andar rapidamente para ver as coisas que tinha de diferente na loja, sinto alguém puxar meu braço, quase caio, viro para tràs, era Kelvin me olhando com cara de cachorro pidão

- Você vai me deixar mesmo para trás? 

- awwn, que lindo você fica com essa carinha de cachorro pidão. O que você quer?

- Eu quero que andemos juntos de mãos dadas


Pego em sua mão e selo seus lábios pedindo passagem, ele cedi, beijo estava tão bom que eu não queria parar, mas tivemos que parar pela falta de ar, grrrr maldito ar

Depois começamos a andar de mãos dadas pela enorme loja, ate que Kelvin para de uma vez e vai até um cantinho reservado para berços e coisas de bebês

- Porque paramos aqui? 

- Amor, você pretende ter um filho? - pergunta Kelvin impinotizado nas coisas de bebê

- Sim, mas não agora pois pretendo terminar os estudos primeiro

- De que sexo você prentende adotar? 

- Ah o que eu achar que se pareça com A gente. Mas de preferência menino

Puxo Kelvin para outra parte da loja, que tem celulares digitais lindos. Acabamos que compramos 2 celulares para quando estivessemos longe um do outro, trocar mensagens

Depois disso fomos tomar um sorvete numa sorverteria, tinha bancos e cadeiras com mesa de vidro, começamos a conversar e depois fomos para casa já à noite. 


P. V. O-Kelvin 


Chegamos em casa com muita fome, fui fazer comida, enquanto a comida estava no fogo, retiro um bolo da geladeira que eu havia feito com cobertura de glacê pela manhã, Van chega na cozinha me abraçando por trás, eu retribuo selando seus lábios macios e rosinhas, ele dá uma risadinha e senta à mesa olhando para mim com cara de fome

Coloco o bolo em cima da mesa, logo em seguida, pego uma faca e retiro um pedaço grande de bolo para Van, ele olha para mim com cara de apaixonado e eu dou uma risada boba, ele pega um pouco de glacê no dedo e vem na minha direção com o dedo atras de suas costa e logo tira e passa em meu nariz

- Eeii, atrevido

P. V. O-Van

Começo a fugir dele e correr pela casa, ele pega também um pouco de glacê e vem correndo em minha direção... Me escondo atras do sofá para ele não me encontrar,logo não o ouço correndo, ele chega atras de mim sem fazer barulho, me agarra pela cintura e ele fala

- Te peguei, loirinho


Ele coloca glacê em meus lábios,  e eu riu, ele me beija pedindo passagem com a lingua eu cedo, o beijo estava gostoso, doce, e quente, tudo ao mesmo tempo. Ele me deita no chão e eu percebo sua excitação

- Aqui mesmo Kelvin? 

- Oxi, e quem disse que tem lugar adequado para fazer isso? 


Ele começa a me beijar novamente, estavamos ja tirando as roupas, quando sentimos um cheiro de queimado pela casa 

- A galinha e o arroz está queimando, vai  la desligar o fogo, anda Kelvin vaiii

Kelvin sai correndo para desligar, chegamos lá e ja era tarde de mais, a galinha tinha tostado e o arroz queimado muito, não teve jeito, tivemos que jogar a comida fora

Pedi uma pizza dividi ao meio e comemos tudo. Já era tarde umas 23:30,fomos dormir, chegamos no quarto e Kelvin me joga ferozmente na cama e começa a tirar as minhas roupas e as suas também, ele deita em cima de mim e começa a me beijar


-×Continua×-...




Notas Finais


Deixarei vocês na expectativa


Até o próximo Capitulo;-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...