História Meu Mundo Imaginário e... Você??? - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 4
Palavras 394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Galvã está certo gente! É o sobrenome de uma amiga minha. Tem uma música, não sei se combina, mas vou por mesmo assim. Olha que dessa vez eu consegui postar de novo! Vivaaaaaaaaaaaaaa.
Agradeço, ass: IBM Miguel.
Ps: Link da música nas notas finais. Situation Of Mine.

Capítulo 17 - Surpresas arrasadoras



Primeira vítima: Marcelo.
  Segunda vítima: Nicholas.
  Hoje novas vítimas foram feitas, os dois Gabriel da minha sala. Aconteceu o seguinte:
  Era a hora do intervalo quando se ouve tiros vindo. Um acertou o Gabriel Galvã, o melhor amigo de Marcelo, na cabeça. O segundo e o terceiro tiro atingiu o Gabriel Adão, um foi no peito o outro no pescoço. Todos correram para ajudá-los. Gabriel Adão ficou vivo durante apenas 1 minuto enquanto o Galvã morreu de imediato. Trágico.
  Geovanni foi o que deu o alerta, foi um grito. eu estava perto olhando para eles quando os tiros foram dados. Fiquei assustado, muito sangue se espalhou pelo chão da escola, o que espirrou mais sangue foi o de Galvã. Creio que um pouco foi em meu rosto. Jade me olhou desesperada. Corri para o banheiro e olhei meu rosto. SANGUE, era muito sangue em meu rosto. Desesperadamente lavei meu rosto.
  Tira de mim! Tira isso de mim! 
  Entrei em pânico, olhei novamente para meu rosto assustado, eu sentia, eu sentia ainda em meu rosto, mas não tinha nada, eu arfava, estava tão desesperado. Meu Deus! O que está acontecendo?
  Meu coração acelerado estava tão descontrolado, a qualquer momento eu parecia que iria explodir, estava quente, muito quente.
  Olhei para as minhas roupas... Respingos... Tem...Sangue!
  Corri para a secretaria e disse o que aconteceu e troquei rapidamente de roupa. Vesti a primeira que vi, somente a camiseta estava muito grande, mas não me importei. Levei até a minha sala, mas todos que passavam perguntavam se eu estava bem, pois só eu fui manchado de sangue.
  
  Na saída eu não devolvi o uniforme, disse que eu poderia devolver amanhã, e será o que farei. Peguei meu capacete e evitei a cena de crime. 
  Logo atrás de mim, Jade corria em minha direção. Parei de andar e deixei que ela ficasse ao meu alcance. 
  -Jade...
  -Irian... eu queria que... arf -ela me cortou e estava arfando. - Que você me acompanhasse no shopping!
  -... -Fiquei quieto. Olhei para ela bem, eu queria dizer que não, pois pensei que talvez seu pai não deixe.
  Mas...
  -Por favor... -Ela me fez uma cara triste e segurou minha mão.
  Eu sorri de um jeito que você nem imagina.
  -Pede de novo, assim eu vou. 
  -...Vai comigo no shopping? -Ela perguntou corada.
  Eu disse que sim. 
  Penso em seu pai depois.
  
 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...