História Meu mundo paralelo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Exibições 68
Palavras 1.337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Isso realmente aconteceu no meu mundo paralelo. Nunca irei mentir aqui. Tudo que eu escrever é o que aconteceu no mundo paralelo. Pode ser uma coisa ruim ou boa.

Capítulo 2 - ❤😏 MITW 😏❤


Fanfic / Fanfiction Meu mundo paralelo - Capítulo 2 - ❤😏 MITW 😏❤

  Eu comi muito, parecia uma esfomeada. Depois que eu comi eu sentei no sofá, o Pac tava assistindo um filme.

   - A Amanda vai chegar daqui a pouco... Ela vai gostar muito de você eu tenho certeza! - O Pac fala. Assistimos o filme, no final do filme o Mike chega na sala.

   - Vocês estavam assistindo filme e nem me chamaram... - Mike fala sentando do meu lado.

   - Não sabia que você ia querer ver... Aí nem chamamos... - eu falei.

   - Não tem pro...- ele ia terminar a frase mas a porta se abriu. Era a Amanda. - Oii!

   - Oii Mike! Oi amor!❤ - ela deu um beijo no Pac. Mike foi pro quarto dele e disse que ia resolver uns negócios. Eu converssei com a Amanda e fui atrás do Mike. Eu sei que ele não tá bem. Eu abri a porta do quarto dele bem devagar, ele tava sentado em posição fetal no chão chorando muito.

   - Mike? O que aconteceu? - perguntei encostando a porta e sentando ao lado dele.

   - Muita coisa... - ele fala abaixando a cabeça.

   - Se você não me falar eu não posso te ajudar. Eii, levanta a cabeça, se o príncipe abaixar a cabeça a coroa cai... - digo levantando a cabeça dele e secando as lágrimas. - Me explica tudo, eu vou te ajudar de alguma forma. Eu prometo que não vou contar pra ninguém.

   - Bom, eu passei a ter uma depressão. Desde o dia que... - Ele parou de falar e deixou uma lágrima cair.

   - Se você não quiser falar, tudo bem eu entendo. Só me fala como eu posso ajudar.

   - Não! Eu vou te contar. Foi aquela vez que o canal ficou parado por uns 2 meses. O Pac ia pra balada todo dia. Aí ele não queria gravar por causa da ressaca e eu fui falar com ele, eu disse que tínhamos que gravar pois, já tava todo mundo reclamando. Ele me disse que eu não tinha nada haver com a vida dele e que se ele quisesse se matar de beber ele podia, ele mandou eu sumir da vida dele. No outro dia, ele veio até mim, me pediu desculpas e me abraçou, eu desculpei, mas eu fiquei muito triste com o que ele falou. Depois desse dia ainda aconteceu muitas coisas ruins comigo, meu pai morreu, meu primo que viveu a vida toda comigo descobriu que está com câncer, entre outras coisas. A pior coisa que aconteceu, foi eu perceber minha paixão pelo... - Ele parou de falar e começou a chorar.

   - Não chora, eu já entendi, você se apaixonou pelo Pac né? - ele fez o sinal que sim com a cabeça e chorou. Eu abracei ele. - Calma, vai ficar tudo bem! Você gosta dele mas tá com medo do preconceito e também porque ele tem namorada né?

   - É, já não sei o que está acontecendo. Antes eu gostava de mulher e agora eu estou apaixonado pelo Pac. Eu não sei o que sinto por ele, só sei que eu nunca senti isso por ninguém. - ele estava chorando pra caramba.

   - Eu vou te ajudar de alguma forma. Nem que eu tenha que vender minha alma.- quando falei isso ele riu. Consegui fazer ele rir! - Agora vai lavar esse rosto.

   - Obrigado Maria Clara! Você não sabe o bem que você está fazendo pra mim, olha que você tá aqui por apenas 1 dia... Hahaha! - Ele foi lavar o rosto. Eu fui pra sala, chagando lá eu vi uma coisa que não queria ter visto... A Sasa(namorada do Cellbinho) tava brigando com a Amanda.

   - Gente o que aconteceu aqui? - perguntei.

   - Essa puta, ela disse que eu só tenho fãs por causa do Rafa. - A Sasa tava brava, mas é difícil levar ela a sério por causa da voz.

   - Calma aí Sasa, puta não. - Pac disse, ela tava ficando com raiva já.

   - Ela também não tinha nada que falar isso pra Sasa... - Cellbit tava puto.

   - Eu só falei a verdade... - Amanda fala com deboche.

   - Amanda, sério? Vai embora... Depois você volta. Ou melhor. Nem volta... - O Cellbit tava extremamente puto.

   - Amanda, assim eu não tenho como te defender... - Pac levou ela até a porta. Ele conversou com ela e deu tchau. Ele voltou super triste e foi pro quarto.

   - Pac?- eu fui no quarto dele. - o que aconteceu? Quer desabafar?

   - Eu pedi um tempo pra Amanda. A única pessoa que gostava dela entre meus amigos era o Mike. Ela arrumou treta com muita gente que eu amo. Eu vou ter que ficar sozinho esses dias... Sem ninguém para me aquecer a noite... - Uma lágrima cai. Hoje é o dia do choro que isso?

  - Olha, tem uma pessoa que poderia te aquecer...

   - Quem?- ele pergunta.

   - ... - eu ia falar mas Mike entra no quarto.

   - Pac?! Eu fiquei sabendo que a Sasa e a Amanda brigaram. Vocês pediram um tempo? - Mike perguntou e ele acenou a cabeça.

    - Bom, onde eu vou dormir? - Eu dei meio que uma piscada pro Mike, pra ver se ele entendia o que eu estava falando.

    - Que tal você dormir aqui no quarto do Pac e ele dorme no meu quarto, minha Cama é de casal mesmo. Ta bom Pac?- O Mike falou. Aee! Eu tava muito feliz! Não podia expressar isso, mas eu tava explodindo de alegria! O Mike entendeu o que eu falei...

   - Tá...

   - Bom, gente vou lá conversar com a Sasa, ela deve tá bem triste. - Eu saí deixando os dois conversando, provavelmente o Mike vai tentar falar que tá gostando dele, se ele não falar eu bato nele. Eu fui até o quarto do Cellbit, a Sasa tava deitada no peito do Cellbit super triste. - Tá melhor Sasa? Quero que você saiba que não é só por causa do Cellbit que eu acompanho o seu canal eu realmente amo seu trabalho...

   - Obrigada!❤ Mas agora acho que eu vou dormir um pouco. São 20:30, eu tô bem triste, então viu dormir.

   - Oii gente! - O Pac tava muito feliz, o Mike disse algo que deixou ele muito feliz.

   - Eai gente! - O Mike tava mais animado ainda, que isso...

   - Eu e a Sasa vamos dormir... Ela tá muito triste. - O Cellbit disse.

   - Eu também vo deitar. - Falei.

   - Então vamos deitar também Mike? - O Pac parecia muito animado pra quem ia dormir, mas eu não questionei. Deitei, comecei a escutar barulhos, aliás, barulhos não, gemidos... Me levantei e o Cellbit tava tomando café.

    - A Sasa conseguiu dormir?- perguntei.

    - Conseguiu, não sei como... - ele deu uma pequena risada, ainda bem que não exagerou. - Mano para pra escutar, olha.

    

    - MIKE... AA... MAIS FRACO... UUUUIII... MIKE SEU DELICINHA... AAAIIII...

    - P-PAC VAIII... UIII... AAAA... SEU GOSTOSO...

 
   - Meu Deus! Que isso... Eles tão muito bem lá... Haha! - Cellbit falou. Ficamos conversando e assistindo coisas na televisão. De manhã o Pac chegou na sala.

    - Já acordaram? - ele chega mancando um pouco.

    - Nem dormimos... Agora eu tenho certeza do que aconteceu você tá mancando... Hahaha hahaha! - eu deitei no chão de tanto rir e o Cellbit deu sua risada de hiena.

   - Que?! - aí que rimos mais...

   - Pac?! Aconteceu uma coisa... A cama quebrou... - Mike falou coçando a nuca.

   - Hahaha aí para eu vô morrer - Eu e o Cellbit ja estávamos passando mal de tanto rir...
Vai ser muito bom viver com eles!
  


Notas Finais


Aí eu ri muito quando sonhei isso!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...