História Meu Namorado é um Uchiha - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Sasori, Sasuke Uchiha
Tags Amor, Colegial, Comedia, Drama, Itanaru, Itanarusasu, Narusasu, Romance, Sasunaru, Uchiha, Yaoi
Exibições 273
Palavras 3.071
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Josei, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Capítulo esperado por muitos de vocês...
Espero que gostem :)

Capítulo 33 - O Prazer é real .


Fanfic / Fanfiction Meu Namorado é um Uchiha - Capítulo 33 - O Prazer é real .

 

 

~* Naruto On.

 

 

Eu fui por trás dele e envolvi meus braços em sua cintura beijando sua nuca.

 

 

 

-Só uma vez Itachi se você não gostar, a gente para.

 

Sasuke disse passando os dedos nos lábios do irmão.

 

 

 

-Isso é loucura.

 

Ele respondeu estremecendo, quando eu mordi sua orelha.

 

 

 

Sussurrei em seu ouvido.

 

 

 

-Só é loucura, se você não gozar.

 

 

 

~* Itachi On.

 

 

Era inegável o poder que Naruto tinha sobre mim.

 

Mas algo que eu não sabia e que meu corpo mostrou para mim, era que eu tinha

um desejo por Sasuke.

 

Com suas mãos deslizando em meus lábios senti uma vibração tomar conta daquela área.

 

A boca suave de Uzumaki encostando em minha orelha, me causou um arrepio da nunca até as pontas dos pés.

 

Naquele momento eu decidi não ser mais eu.

 

Eu era Itachi Uchiha e decidir por meus instintos para fora.

 

Se eles queriam que eu me entregasse a eles, assim faria.

 

Mas daria o meu melhor de uma maneira que eles nunca esquecessem.

 

Tomei os lábios de meu irmão para mim, senti seu corpo junto ao meu, e nossas bocas se cruzaram,

com o mesmo apetite e vontade uma pela outra.

 

Seus lábios eram finos, adocicados, o beijo começou leve para depois ganha forma.

 

Naruto atrás de mim, deslizou sua mão sobre minhas nádegas as apertando com força e desferindo uns tapas no local, afastei minha boca da de Sasuke e soltei um gemido de dor.

 

Mas era uma dor gostosa.

 

E eu queria muito mais daquilo.

 

 

 

-Vocês vão se arrepender de ter me provocado.

 

Eu disse sorrindo.

 

 

-Será que você vai dar conta Itachi ?.

 

Naruto me provocou.

 

 

-Eu não tenho nenhuma dúvida e acho que nem você tem Uzumaki.

 

 

-Acho que vocês estão falando demais e fazendo de menos.

 

Sasuke disse com um olhar malicioso.

 

 

 

O peguei pelo braço de jeito e o joguei em cima da cama, depois fiz o mesmo com Naruto o jogando também em cima da cama.

 

Subi na mesma, ficando na beirada, tirei aquela roupa ridícula de Hospital ficando completamente nu.

 

Minhas madeixas longas caiam como um véu em meu rosto.

 

Passei a mão devagar pelo meu peitoral lentamente, vendo a respiração de ambos subindo e descendo.

 

 

Fui descendo a mão mais rápido pelo meu corpo até chegar em meu membro.

 

 

Comecei a acaricia lo, fazendo movimentos de subida e decida.

 

Eu sentia as veias pulsando e o pré gozo saindo.

 

Olhei para a cara de cada um e eles mal piscavam.

 

Me agachei e fui até Naruto.

 

Bati como meu membro em sua bochecha.

 

 

-Você quer provar?.

 

Eu disse com uma voz rouca e sexy.

 

 

Ele mal conseguia falar, apenas fez que sim com a cabeça, e devorou meu membro.

 

Senti sua boca engoli lo por inteiro, o chupando com vontade.

 

Com o braço livre puxei Sasuke para perto de mim e ele foi para trás de mim, sentindo cada pedaço do meu corpo.

 

Primeiro ele começou com as costas, as arranhando com suas unhas curtas, depois senti sua mão em minha bunda, ele a pegou com firmeza, e senti quando o mesmo a mordeu algumas vezes.

 

Aquilo deixaria marcas com certeza.

 

 

Senti as mãos do meu irmão em meus mamilos, ele os torceu com força, o que doeu mais do que a mordida.

 

 

Eu estava em transe, Naruto desde da nossa primeira vez tinha melhorado muito, nós sempre fomos muitos abertos a experiências novas, mas isso hoje superava qualquer coisa que já tínhamos tentando na cama.

 

Coloquei a mão em sua cabeça e comecei a fode lo.

 

 

Suas madeixas curtas eram perfeitas para serem agarradas com força até eu sentir Sasuke com uma língua perigosa em minha intimidade.

 

Eu fui a loucura, era um misto de emoções e sensações muito fortes.

 

Senti sua língua me invadir e um calor tomar conta de todo meu corpo.

 

Já Naruto estava com todo meu membro eu sua garganta, chupando e o acariciando, trocando a movimentação.

 

 

A sucção voltou novamente, e me deixou enebriado.

 

 

Novamente a língua em minha intimidade me fez ver estrelas.

 

 

Estava quase no meu ápice quando Naruto, começou a me chupar tão rápido que meus olhos mal podiam acompanhar.

 

 

Ter os dois me tocando, era inacreditável.

 

 

Confesso se eu soubesse que iria me sentir assim, não teria quebrado tanto a minha cabeça

pensando nesse assunto.

 

 

Quando estava prestes a gozar, Naruto tirou sua boca e meu gozo caiu sujando seu rosto, era uma cena muito erótica se de ver.

 

Os olhos do meu noivo era de um azul intenso, mas, ao mesmo tempo, eles exalavam pura luxúria.

 

 

A língua de Sasuke ainda explorava meu corpo, quando eu o coloquei na cama deitado.

 

 

Fiquei em cima do meu irmão e Naruto agora foi para trás de mim, uma de suas mãos estava firme cravando as unhas em minha bunda.

 

 

Ele começou a colocar e tirar a cabeça do pênis de minha intimidade, aquilo era uma tortura, até ele finalmente me invadir por completo.

 

 

Fiz a mesma coisa com Sasuke, achando seu ponto fraco, meu membro tocou sua entrada e sem pensar duas vezes meti tudo de uma vez, arrancando um gemido alto dele.

 

 

Naruto atrás de mim, me penetrando e eu me enterrando por inteiro dentro do meu irmão.

 

Senti a movimentação do mais novo quicando em cima do meu pau com possessividade.

 

Meu noivo começou a me puxar contra o corpo dele com força, suas mãos tocavam meu peitoral, e sabia que Naruto estava gostando de faze lo seu.

 

 

Quando ele puxou minhas madeixas longas para trás foi de um jeito bruto, me peguei surpreso com esse novo Uzumaki.

 

 

Mas ao mesmo tempo em que ele me proporcionava prazer, meu membro parecia explodir dentro de meu irmão, como se não houvesse mais espaço dentro dele, para caber meu pau.

 

 

Era possível ouvir os gemidos de nós três dentro do quarto.

 

Mas eu não me importava.

 

Derramei meu gozo dentro de Sasuke, eu sabia que não tinha nenhuma doença e confiava também em Naruto.

 

 

Assim que terminei de gozar, senti Naruto saindo de mim e seus jatos de gozo espirrando em minha bunda.

 

 

 

 

-Então agora é isso, seremos sempre nós três.

Foi mais uma afirmação do que uma pergunta.

 

 

 

-Eu não vejo problemas nisso.

Naruto respondeu sorrindo.

 

 

-Tão pouco eu.

Sasuke disse com um belo sorriso estampado em seus lábios.

 

 

-E então Itachi, foi bom para você?.

Meu loiro perguntou com cara de safado.

 

 

-Isso não foi nem o começo Naruto Uzumaki, eu vou foder você assim que chegarmos em casa, e quanto a você Sasuke esteja preparado, na cama eu não sou seu irmão.

 

 

-Então quer dizer que entre quatro paredes você não manda em mim.

Ele disse malicioso.

 

 

-Você que pensa Sasuke Uchiha.

 

 

 

Nós três nos limpamos e coloquei novamente a roupa do Hospital, logo eu receberia alta.

 

Não queria que ninguém nos visse naquela situação.

 

Ás vezes eu achava que era tudo uma loucura, e que eu precisava de tratamento, mas, por outro lado, nós sempre compartilhamos o amor pelo mesmo homem.

 

E agora estávamos compartilhando o amor que sentinhamos um pelo outro de uma outra maneira.

 

 

Eu não me senti sujo da maneira que pensei que me sentiria.

 

 

E agora vendo Sasuke e Naruto sentados no pequeno sofá, esperando o médico, eu sinto que nada mudou.

 

O meu amor por eles só aumentou.

 

Quero que isso dê certo.

 

Eu perdi muita coisa nessa vida.

 

Não aguento perder mais ninguém.

 

O Naruto e o Sasuke são a minha vida de hoje em diante, mais do que nunca.

 

Eu os amo.

 

Não é só algo sexual.

 

 

Eu poderia encontrar sexo em qualquer lugar mas amor, só nos braços deles dois.

 

 

 

 

 

~* Sasuke On.

 

 

 

 

Enquanto esperava o médico aparecer, mil coisas passavam em minha cabeça.

 

Tinha sido uma experiência totalmente maravilhosa quando Itachi me fez seu.

 

Era diferente quando era o Naruto, mas era igualmente bom.

 

O prazer estava ali, a conexão existia.

 

Na cama não importava o nosso DNA.

 

Na cama só importava o que um sentia pelo outro.

 

 

Meu irmão era lindo, atraente, poderia conseguir quem ele quisesse, e saber que ele escolheu a mim, faz meu coração disparar.

 

Dividi lo com Naruto será exatamente como sonhei.

 

Ou até mesmo melhor.

 

Eu não poderia estar mais feliz.

 

 

 

 

 

~* Naruto On.

 

 

Eu sou o homem mais sortudo do Mundo.

 

Ter os dois irmãos Uchiha era algo que eu jamais pensei que pudesse se torna real.

 

Agora tudo era concreto.

 

As dúvidas de Itachi tinham ido por água a baixo, e ele entendeu que a relação dele não precisava mudar com o irmão.

 

Mas na cama era tudo tão bom, que eu mal sabia o que fazer, parecia que um novo Naruto tomava conta de mim, e me guiava dizia o que fazer.

 

 

Era um Mundo totalmente novo, e eu estava amando.

 

 

Quando o médico entrou o quarto cheirava a sexo, pensei que na nossa cara estivesse escrito culpados, mas o homem apenas examinou o meu moreno e fez algumas perguntas assinando sua alta.

 

 

Hinata e Sakura estavam na casa de Kakashi.

 

 

E qual foi minha surpresa quando Itachi mandou que o táxista seguisse para sua casa.

 

 

Ele não estava brincando aquilo não tinha acabado.

 

Senti meu corpo arrepiar por completo.

 

Paguei o táxi e segui caminhando em frente aos Uchiha.

 

Sasuke abriu a porta da casa e nós três entramos.

 

 

 

 

-Eu estou com fome.

 

Itachi disse sério, e pensei em sugerir uma pizza.

 

 

 

-Podemos pedir uma pizza.

 

Sasuke disse exatamente o que eu estava pensando.

 

 

-Nós mesmo podemos fazer um lanche, acho que tem algo na geladeira.

 

 

Itachi abriu a porta da geladeira e ficou um bom tempo abaixado olhando para a mesma.

 

Eu fui até ele para ver se ele queria ajuda.

 

Quando ele se virou tinha em mão uma embalagem de chantilly e uma garrafa de vinho tinto em mãos.

 

 

 

-Tirem as roupas!.

 

Ele disse numa ordem.

 

 

 

Sasuke e eu nos olhamos e ficamos corados.

 

 

 

-Pensei que você estivesse com fome.

 

Sasuke disse tirando a camisa.

 

 

 

-E advinha quem vai matar a minha fome.

 

Seu sorriso malicioso invadiu o ambiente.

 

 

 

-Eu quero experimentar o vinho direto da sua boca Naruto Uzumaki.

 

O mais novo disse terminando de tirar a roupa , ficando completamente nu.

 

 

 

 

Eu estava completamente fodido na mãos dos Uchiha.

 

 

 

 

 

Obedeci Itachi e fiquei sem roupa, ele me chamou para perto apenas com um dedo e eu fui feito um cãozinho adestrado.

 

Logo ele tomou meus lábios para si, e me beijou com vontade.

 

Enquanto nós tirávamos a roupas ele já tinha aberto a garrafa de vinho com sacas rolhas.

 

 

Ele jogou o vinho em minha boca, e senti o líquido descer por minha garganta, como se fosse fogo embora estivesse gelado.

 

 

-Vem Sasuke, prova esse vinho Uzumaki, é uma delícia.

 

 

Sasuke veio caminhando graciosamente até mim, e tomou meus lábios para ele.

 

Sua mão estava em minha nuca e meu corpo parecia que ia explodir.

 

Senti Itachi vindo para trás de mim, ele adentrou dois dedos em minha intimidade, tentei soltar um gemido mas minha boca ainda estava ocupada com os lábios de Sasuke.

 

 

Sua língua travava uma guerra por domínio com a minha.

 

 

Eu quero ter os dois ao mesmo tempo que queria que eles me possuíssem por inteiro.

 

 

Senti outro dedo de Itachi me invadir e senti meu corpo se contrair, só para depois relaxar quando ele começou a movimentação dentro de mim.

 

 

Deixei a Guerra com Sasuke de lado, e ele dominou minha boca.

 

 

Seus beijos meu levavam ao paraíso.

 

 

Quando o ar nos faltou, ele separou sua boca da minha.

 

 

O Uchiha mais velho quebrou o contato tirando seus dedos de mim.

 

 

Eu pensei que ele tivesse ficado louco quando jogou tudo de cima do balcão da cozinha no chão, com um único braço ele me pegou e me colocou em cima do mesmo abrindo bem as minhas pernas.

 

 

Sasuke subiu no balcão com o corpo de costas para mim.

 

Ele começou a brincar com meu pênis e minhas bolas, apertando e lambendo as mesmas.

 

 

Logo depois senti novamente Itachi me invadir dessa vez ele meteu sua língua quente em minha intimidade.

 

Um arrepio louco tomou conta de mim, e senti todos os pelos do meu braço se arrepiarem.

 

Um Uchiha me masturbando e o outro em minha intimidade de maneira mais profunda.

 

 

Aquilo tudo era demais para mim eu não duraria nada na mão deles, meu corpo estremecia, cada vez que eles faziam alguma coisa.

 

 

Sasuke pegou o chantiliy da mesa, e colocou na cabeça do meu pênis, depois começou a passar a língua desde da base até chegar na cabeça para em seguida chupar o chantilly.

 

 

Quando dei por mim, estava de olhos fechados segurando firme nas beiradas da mesa, com medo de me desmanchar ali mesmo e não conseguir sobreviver para contar o melhor dia da minha vida.

 

 

 

 

 

Um Uchiha é pouco.

 

Dois é sensacional.

 

E eu era o único a ter isso.

 

 

 

 

 

Cansado de brincar com os dedos, senti o membro rígido e grosso de Itachi me invadir.

 

Era como ser rasgado por dentro, uma dor enorme e depois anestesiado pelo próprio prazer.

 

Ele começou a meter com força.

 

Meu corpo subia e descia do balcão, sentia minhas costas doerem, mas não era algo que importasse no momento.

 

A boca de Sasuke foi mais fundo que eu poderia imaginar quando ele engoliu meu membro por completo.

 

O gelado do chantiliy, com sua saliva quente era uma mistura muito boa.

 

 

Aproveitei quando abri os olhos e vi que a bunda de Sasuke estava empinada enquanto me chupava, e acariciei perigosamente sua entrada apertada.

 

Eu queria participar da diversão, não apenas ser usado e abusado pelos irmãos Uchiha.

 

Não que isso me incomodasse pelo contrário.

 

Era maravilhoso.

 

 

Mas mais maravilhoso ainda foi ver o corpo de Sasuke estremecer ao que coloquei um dedo em sua entrada.

 

 

Ainda podia sentir ele me chupando, ele quase raspou os dentes na cabeça do meu pênis quando eu fiz isso, foi por pouco que ele não me mordeu por instinto.

 

 

Já Itachi parecia não se cansar enquanto se afundava em mim.

 

Era o triângulo perfeito.

 

Estávamos em pura sintonia.

 

Eu não aguentava mais meu pênis e eu chegamos ao ápice, segundos depois de Itachi transbordar seu gozo em mim.

 

 

 

 

Foi ótimo, me senti completo.

 

Único.

 

Especial.

 

 

 

 

Eu continuei com os dedos dentro de Sasuke, e ele começou a rebolar para mim.

 

Aquela visão era única, mas único mesmo foi ver Itachi se aproximar do irmão e beija lo.

 

 

 

Eu fiquei extasiado.

 

 

Itachi segurou o pênis do irmão e começou a masturba lo.

 

 

Não acreditava no que meus olhos estavam vendo.

 

Meu pênis daria sinais de vida novamente se aquilo durasse muito mais tempo.

 

Mas o meu Itachi não precisa de muito tempo para levar alguém a loucura, tirei os dedos de dentro de Sasuke vendo que ele estava perto de gozar.

 

 

O Uchiha mais velho intensificou os movimentos e logo o mais novo chegou ao seu ápice.

 

 

Sasuke saiu de cima do balcão e eu me levantei com certa dificuldade.

 

 

-Gostou da pizza?.

 

Eu perguntei num tom de deboche.

 

 

 

-Naruto não me provoque.

 

 

 

Eu adorava provocar o Itachi, e o Sasuke adorava me provocar.

 

Era a relação perfeita.

 

 

 

 

-É sério, eu sabia que isso daria certo, só não pensava que seria tanto.

Sasuke disse, pegando uns guardanapos para se limpar.

 

 

 

-Agora eu preciso de um banho.

Itachi disse sério dessa vez.

 

 

 

 

Ele só poderia ser o super-homem, ele tinha levado um tiro, tinha sido operado, e ainda conseguia fazer tudo isso.

 

 

Acabou que nós três fomos tomar banho juntos, mas não rolou sexo, ficamos os três na banheira apertadinhos como sardinhas em latas, juntinhos. Itachi no meio e Sasuke e eu mais para baixo.

 

 

Foi uma sensação maravilhosa.

 

 

O Uchiha mais velhos fez cafuné em mim e no irmão, senti todo meu corpo relaxado e a tensão dos últimos tempos ir embora.

 

 

Depois do banho acabamos pedindo pizza de presunto tamanho família.

 

O Sasuke que limpou a bagunça na cozinha.

 

 

Estávamos comendo quando meu celular tocou :

 

 

 

-Naruto, onde você está?.

 

 

-Na casa do Itachi.

 

 

-Você já viu que horas são !

Ele berrou.

 

 

-Okay Tio, relaxa já estou indo para casa.

 

 

-Quero você aqui em uma hora.

 

 

-Tá bem tchau.

 

 

Desliguei o celular irritado, meu tio era um estraga prazer.

 

 

-O que foi Naruto?.

Itachi perguntou.

 

 

-Eu tenho que ir para casa.

 

 

-Essa é sua casa também.

Sasuke disse sorrindo para mim.

 

 

-Eu agradeço por isso mas tenho que ir, preciso conversar com meu Tio sobre nós três.

 

 

-Naruto, nós vamos mesmo nos mudar para a casa que eu aluguei?.

Sasuke perguntou esperançoso.

 

 

-Que casa?.

Itachi não sabia ainda sobre o aluguel da casa.

 

 

-Deixa que o Sasuke vai te contar tudo.

 

 

Dei um beijo em cada um, e peguei um táxi para casa.

 

Quando cheguei Sakura estava no meu quarto dormindo abraçada a Hinata.

 

Apenas troquei de roupa e desci por que meu Tio ainda estava irritado.

 

Eu não sabia se era a hora certa para falar aquilo.

 

Desci as escadas e meu Tio começou a me passar um sermão sobre o Colégio, sobre o quanto ele teve que falar com o Diretor para eu não repetir de ano.

 

Pedir até pelo Itachi.

 

O quanto nós estávamos sendo irresponsáveis e mais um monte coisa que eu não queria saber.

 

 

-Tio me escuta.

 

 

-Me escuta você, eu nem comecei ainda Naruto Uzumaki, você perdeu o juízo?.

 

 

-Eu vou embora.

 

Disparei já que ele não me deixava falar.

 

Ele me olhou incrédulo.

 

 

-Como assim embora?.

 

 

-Eu amo o Itachi e amo o Sasuke, nós três vamos embora para vivermos felizes para sempre, deu para entender, ou quer que eu desenhe?.

 

 

-Que palhaçada é essa Naruto?.

 

 

-Não tem palhaçada nenhum, eu estou noivo dos dois.

 

 

-Você não pode estar falando sério, eles são irmãos.

 

 

-Estou falando tão sério, que hoje mesmo nós três transamos foi ótimo, e não será a última vez que isso acontecerá.

 

 

-Isso é incesto e você se envolver com os dois é uma promiscuidade !.

 

 

-Se você quer saber foi a melhor transa da minha vida, duvido que você já tenha tido uma igual.

 

 

 

 

Acho que eu exagerei nos detalhes, por que meu Tio ficou branco feito no papel, sua respiração começou a falhar , e eu quase morri quando o vi caindo no chão desfalecido.

 

 

 

 

 

Será que eu matei meu Tio?!

 

 

-Socorro, alguém me ajuda!

Gritei desesperado. Mas ninguém pareceu ouvir.

 

~* Continua ….

 

 


Notas Finais


E então gostaram ?. Espero que sim, não deixem de comentar !
Vamos lá, quero saber o que acharam, a fic está na reta final.

beijos no core.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...