História Meu namorado valentão - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook, Kookmin, Pré-síndrome De Estocolmo, Relacionamento Abusivo, Violencia
Exibições 563
Palavras 1.166
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Dncndjsx

Man. Desculpa não ter postado antes. Minha net ta um cu e eu provavelmente vou repetir de ano.

Eu tentei fazer um capítulo grande. Não sei se está do gosto de vocês por isso me digam oka?

Quero agradecer a Dani e a Ester que me ajudaram com um probleminha. DANI prometo tentar colocar o que me disse me pratica.
Obrigada suas lindas.

~Ale_bts13 eu juro que to tentando melhorar nesse ponto oka?! Apenas espere um pouquinho. Já já eu consigo.

É isso né. Aicjsk

Capítulo 9 - Dores de cabeça.


Jimin: Por favor, jongin hyung. - o mais baixo insistia se afastando cada vez mais de Jongin. Ele tremia de leve, e sua expressão era de puro pavor. - Eu.... Eu não quero.... uh... estou doente - Tossiu falsamente, sentindo a cintura ser rodeado por dois braços, num aperto possessivo. Engoliu seco, fechando os olhos e mordendo o lábio, com certo medo. 


 Jongin: Ah, olá, Jeongguk-ah - Sorriu, acenando alegremente para o mais novo. Que o encarava com uma expressão nada boa. Se Jungkook pudesse matar alguém apenas com um olhar, com toda certeza Jongin ja estaria morto. - Tudo bem? 

 

Jungkook: Não. - Disse seco, apertando a cintura do Park com mais força. O corpo de Jimin tremia levemente. Ah, Jimin se ferraria se não houvesse uma boa explicação para a cena que havia visto. - O que estava acontecendo? 


 Jongin: Eu queria apenas dar um beijinho na bochecha do Jimin saeng. - Jungkook fez um careta desgostosa e sua expressão mudou para puro ódio. Rangendo os dentes nervoso, aumentando o aperto na cintura de Jimin, ganhando um gemido baixo de dor vindo do mesmo. - Ele me ajudou muito semana passada me emprestando o caderno, e me auxiliando nas matérias. Eu queria agradecer de alguma forma. Mas ele nem me deixou chegar perto.... - Jongin fez um biquinho. 


 Jimin: E-Eu já disse que est- - Jungkook cortou a fala do mais baixo. Encarnando Jongin com ódio, e suspirando pesado. 


 Jungkook: Infelizmente, Jimin hyung, está doente. É contagioso, por isso não deixou chegar perto. Ele se importa muito com as pessoas sabe... agora se não se importa, nós já vamos indo. - Sorriu forçado, entrelaçando a mão com a do Park, e indo em direção ao portão de saída. 


 Jongin apenas mudou a expressão para um totalmente séria, e olhou para trás, apenas acenando positivamente com a cabeça. 


 Isso seria muito mais difícil do que havia imaginado..... 


 (... ) 


 Jimin tentou. Jura com todas as suas forças existentes que tentou. Taehyung é prova. Ele sabe que é verdade. 


 O problema é que Kim Jongin é uma pessoa muito alegre, e uma pessoa que, infelizmente, para a tristeza e desespero de Jimin, ama contato humano. 


 Ele não podia ser mais como Kyungsoo? O mais velho era tão calmo, trocava pouca palavras com Jimin, e nunca, nunca mesmo, agarrava, beijava, tocava, ou abraçava Jimin. Ele era tão neutro. Talvez seja por isso que ele tenha se aproximado mais do Kyung. A amizade não era tão bem aceita por Jungkook. Mas Jimin garantiu, que Kyungsoo era uma pessoa "segura". 


 Não que odiasse Jongin. Não chegava nem perto disso. Se eles tivessem, talvez, chegado no começo do ano, provavelmente seriam ótimos amigos, afinal, Park Jimin, também ama contato humano. 


 Mas agora, a história era totalmente diferente. 


 Ele agora, era necessitado dos toques de Jungkook. 


Desde um beijo, abraço, ou afago, até os toques mais agressivos. Muitos podem dizer, que isso é loucura. Que ele é doente, que ele precisa de um tratamento. 


 Mas não. 


 Jungkook, foi a única pessoa, que sempre o protegeu, mesmo quando ainda não namoravam. Ele sempre o observou de longe. Agora, era ele quem o beijava, quem o abraçava, quem afagava seus fios de cabelo em um noite fria. É com ele que quer descobrir todas as novas sensações que se pode ter. Jungkook apenas era agressivo, violento, quando necessário. E Jimin não achava injusto. Tudo o que o Jeon pedia em troca, era total fidelidade. 


Jungkook: Eu não acredito, Jimin! O que eu te disse sobre ficar perto desse garoto? Eu já aceitei aquela coruja demoníaca do Kyungsoo. - Jungkook respirou fundo. Ódio. Ódio era a palavra certa para o que sentia agora. Ele não podia bater em Jimin, não podia deixar marcas amostra. Por isso Jungkook odeia o time de vôlei. O uniforme deixa muito do corpo do Park a mostra. Hematomas agora seriam fatais.. - Eu já entendi.. - Porém, Jeon Jeongguk sempre sabe o que fazer em um situação dessas... - Você não gosta de mim, não é mesmo? Você prefere dois alunos novos, que conheceu a duas semanas, ao seu namorado. A mim, que quero te ver bem.... - Sorriu internamente. Ah Jungkook é tão filho da puta. Esta vendo o desespero de Jimin se formar, e está sorrindo internamente, enquanto por fora, sua expressão é uma triste. - Tudo bem. 


Jimin: Kookie-ah, não é nada disso. Eu juro. - O desespero de Jimin cresce. Ele não quer que Jungkook se irrite, não quer ele triste por sua culpa. Seus olhos escuros e pequenos se enchem d'água - Eu não prefiro eles, Amor. Você é tudo pra mim. Eu não quero saber deles, Jungkook-ah. Só você. Só você, Amor. - E então ele sorri ainda mais abertamente por dentro, quando Jimin o abraça desesperado, o puxando para um beijo afoito. - Eu só quero você, Jungkook-ah. Eu sou só seu. Meu amor é só seu. Eu só preciso de você. Eles não são meus amigos de verdade. Você é meu tudo. 


 Já ouviu falar em pressão psicológica? Bom, Jungkook sabe usa-la muito bem, por sinal. 


 Mas sempre precisa usar as mãos para "falar" 


 Jungkook: Então, você vai prestar muita atenção a partir de agora, Jimin. - Agarrou as bochechas do Park com força, encarando Jimin com raiva. - Da próxima vez que eu pegar você e aquele Jongin tão próximos quanto estavam hoje.... - Segurou os fios loiros com força, arrastando os lábios com calma, nas bochechas de Jimin - Ah Jimin.... alguém vai se dar muito mal... e você não quer apanhar, não é mesmo? 


 Jimin respirou fundo, agarrando a blusa de Jungkook com força. Fechando os olhos. 


 Jimin: Eu não quero apanhar, Jungkook-ah. 


 Jungkook: Ótimo. Vamos ao cinema? Parque, o que quiser. - Disse calmo, beijando Jimin em seguida. 


Jimin: Uh - se afastou minimamente dos lábios do Jeon - Que tal o cinema? Podemos namorar enquanto assistimos ao filme. 


Jungkook: Certo. - Beijou Jimin novamente - Vamos então. 


 (... ) 


 Jongin: A escola nova é ótima. Tem um ensino muito bom. - Disse remexendo o milk shake, encarando o namorado um tanto entediado. - Amor, vamos fazer algo.... já que estamos aqui. 


 Kyungsoo: E o que sugere? Jogar guitar hero com um garoto de nove anos de idade e perder feio pra ele? - Perguntou rindo. - Oh, olha, Kai. Jimin-ah - Chamou o loiro que o olhou sorrindo de leve e o chamando até ali. - Olá - Cumprimentou o casal. 


 Jimin: Olá, hyungs. - Sorriu sem mostrar os dentes, sentindo a mão de Jungkook apertar a sua. E suspirou. - Vão assistir ao filme conosco? 


 Kyungsoo: Não. Não queremos estragar o programa de vocês.. 


 Jongin: Nós vamos sim. Estamos no tédio. - Sorriu abertamente - Eu vou me sentar ao lado do Jimin saeng. 


 O sorriso de Jimin se desfez, ouviu Jungkook murmurar algo incompreensível, assim que Jongin passou um braço ao redor de seu pescoço. 


 Jimin suspirou, sabendo que aquele seria um longo filme.... 


Notas Finais


Kscnjsbx

TA AI. QUERO OPINIÕES GATOS E GATAS.
SEUS LINDOS.

KIM JONGIN FILHO DA PUTA. :")

Quem será a pessoa do corredor que o Kai acenou?

E esse filme?
Jimin vai se foder : ( )Sim ( ) Claro

Akcnskx

Foi isso, eu espero realmente que tenha agradado a vocês.

Tá curto?
Ta bom?
Mereço comentários?

:') a tia ama vocês.

Desculpa a demora.

Até o próximo capítulo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...