História Meu neko, Misaki - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Junjou Romantica
Personagens Akihiko Usami, Hiroki Kamijou, Misaki Takahashi, Nanami Takahashi, Nowaki Kusama, Takahiro Takahashi
Visualizações 465
Palavras 608
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E aí, povo?
Espero q apreciem a leitura
Obs:leiam as notas finais

Capítulo 1 - Neko de rua


           P.O.V Usami Akihiko
    Eu estava fazendo absolutamente nasa em meu apartamento, pode-se dizer que eu estava literalmente vendo o tempo passar; então, decidi ir comprar algum livro.
    Saí do prédio em que moro e fui andando até a livraria, que não era nem muito longe, nem muito perto; não haviam muitas pessoas na rua, o que deixava tudo mais calmo, e a bela paisagem alaranjada de outono, com suas características folhas laranjas, amarelas e vermelhas voando pelo ar, deixava tudo ainda mais agradável.
    Logo cheguei a livraria, escolhi e comprei o livro, que era um drama trágico; assim que saí do local, começou a chover torrencialmente, então abri o guarda-chuva, que trouxe comigo por precaução, e comecei a caminhada de volta para casa.
    Apesar das várias pessoas correndo para tentar escapar da chuva, o caminho de volta foi tranquilo.
    Então, quando não havia mais ninguém na rua além de mim e meu apartamento ja estava bem perto, ouvi algo de um beco escuro, que parecia alguém chorando; então, levado pela minha curiosidade, entrei naquele beco escuro.
    Assim que entrei no beco, vi alguém encolhido e abraçando seus joelhos, tremendo de frio, encostado em uma lata de lixo, enquanto chorava, mas o mais interessante naquela pessoa chorando, eram suas orelhas e rabo castanho, que indicavam que esse alguém era um neko.
    -Ei, garoto - disse eu, me abaixando quase na altura daquele pequeno ser - está tudo bem?
    Então, o neko olhou para cima e meus olhos acinzentados encontraram os seus tristes, mas também esperançosos, olhos verdes-escuros.
    -Por favor...me...ajude... - disse o garoto, que logo depois desmaiou no chão daquele beco sujo.

"merda" pensei.
    Então, sabendo que nekos são mais frágeis que pessoas normais e sem saber o que fazer,já que não conhecia nenhuma clinica de nekos e nenhum hospital por perto, peguei o neko no colo, o que eu fiz com grande facilidade, afinal ele era muito pequeno e leve, parecia uma criança, e o levei para o meu apartamento.
    Ao chegar no prédio, entrei no elevador e cliquei no botão que me levaria até o meu andar; enquanto esperava, analisei o rosto do pequeno neko, cuja cabeça estava encostada em seu ombro esquerdo, ele possuia lábios rosados e cílios um pouco longos, belos cabelos castanhos-claros, que iam até a sua nuca, suas fofinhas orelhas castanhas-claras com a ponta branca, e sua pele um pouco pálida, mas ainda com um pouco de cor.
    Então, o elevador parou no meu andar, saí dele e entrei no meu apartamento.
    Decidi deixar o pequeno neko no quarto de hospedes, onde eu poderia fazer os primeiros socorros, pois, além de sua pele um pouco pálida, também percebi alguns machucados espalhados por seu delicado corpo.
    Ao deixar o neko deitado na cama do quarto de hospedes, fui procurar a caixa de primeiros socorros; quando a achei, voltei para o quarto em que o garoto estava, e percebi que ele tinha acordado.
    -Pelo visto você acordou - disse eu, entrando no quarto, e logo vendo que o pequeno se encolhia na cama a cada passo que eu dava.
    -Aonde...aonde estou? - perguntou ele, com suas mãozinhas tremendo de algo que achei ser medo.
    -Está no meu apartamento, eu te achei em um beco desmaiado, então te troxe pra cá - expliquei, me sentando na cama e vendo que o menor deu um pequeno suspiro de alívio - qual é o sei nome, garoto?
    -Ta...Takahashi Misaki - respondeu ele, já parecendo estar um pouco mais a vontade na minha presença, pois percebeu que eu não iria fazer nada de mal à ele, já que havia o salvado.
    -Eu sou Usami Akihiko, prazer te conhecer, Misaki.

 


Notas Finais


Oi, povo, espero que tenham gostado, essa eh a minha primeira fanfic q eu escrevo, então eu tô meio nervosa.
Por favor, escrevam o q acharam dela nos comentários.
Bjs e até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...