História Meu nome é Sakura. - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~myoca-chan

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Ino Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju, Zetsu
Tags Família, Naruhina, Naruto, Nejiten, Saino, Sasusaku, Shikatema
Exibições 141
Palavras 999
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom dia pra você.
Boa leitura.

Capítulo 4 - Capitulo 3


Kakashi sai de sua casa com a menina no colo. Rapidamente ele chega na Torre do Hokage. Ele bate na porta.

-Entre. - diz Sarutobi de lá de dentro.

Kakashi entra. O hokage tem uma expressão séria.

-Recebi o seu falcão correio.

Sarutobi junta as mãos na frente do rosto e suspira. Ele tem vários relatórios abertos encima da mesa.

-Hokage-sama?

O idoso fecha os olhos. E então ele fita Kakashi.

-Tudo o que vou te dizer aqui deve ficar aqui. Entendido?

Kakashi fica confuso, mas assente.

-Sente-se. - pausa. - Você vai precisar.

Kakashi se senta com a menina no colo. Esta começa a brincar com os bolsos do uniforme do garoto.

-Acho que você já sabe o motivo que eu pedi que viesse com ela. Não?

-Sim. - pausa. - O orfanato.

O hokage assente.

-Sim.

-E então?

-Eu consultei o número de vagas disponível na nossa Casa de Adoção. - pausa. - E não tinha nenhuma.

-Não tem vaga para ela?

O Hokage assente.

-Depois que a Terceira Grande Guerra assolou Konoha, a Casa de Adoção está cheia. - pausa. - Sinto muito.

Kakashi fica sério.

-O que vai acontecer com a menina?

-Essa é a questão. Não temos espaço. Mas não posso deixar a criança ao relento.

A menina solta uma risada. Ela começa a soltar uns ruidos. Como quem está tentando falar.

-O que vai ser feito dela? - pergunta Kakashi.

-Se ela chegar aos ouvidos do Conselho, com certeza vai ser mandanda para a rua. Eles não admitem abraçar uma menina sem ao menos saber sua origem. - pausa. - Não querem outro casulo de demônio na aldeia.

Kakashi fica desconfortável. O hokage solta um grunido e alisa a barba.

-Não podemos deixá-la na rua. - diz Kakashi firmemente.

-E eu não posso deixar uma criança aos cuidados de uma garoto de 17 anos.

Silêncio. Kakashi olha ternamente para a alegre menina no seu colo.

'Não posso deixar que ela fique assim...'

-Hokage-sama...

O idoso ergue a mão.

-Eu sei. - pausa. - Mas eu não tenho muitas escolhas. O orfanato está repleto de crianças.

Kakashi segura firme a criança. Ele olha para o idoso.

-Que foi?

-Hokage-sama. - pausa. - Eu acho que tenho a solução.

-Diga.

Kakashi inspira.

-Eu não posso cuidar dessa criança porque tenho 17 anos. - pausa. - Mas e se ela fosse do meu Clã?

O hokage fica surpreso.

-Está dizendo que não no seu nome, mas em nome do clã, pretende adotar a menina?

Kakashi assente com a cabeça.

-Isso é INSANO! Você é o último do seu clã. Ela ainda estaria sob os cuidados de uma garoto de 17 anos. Você não pode ser o pai dela!

-Hokage-sama, considere. - pausa. - Se ela for adotada em nome do Clã, poderia não ser o pai. Mais o tutor. Um irmão mais velho.

O Hokage balança a cabeça.

-Ela não estaria deixada ao relento. O orfanato não receberia mais uma criança!

-Você ainda é muito jovém para tamanha responsabilidade! Sendo tutor ou pai é uma mera formalidade! Você estaria exercendo a mesma função!

-Meu sensei me ensinou muitas coisas e uma delas é não deixar uma criança no estado que ela está!

Sarutobi abre a boca mas, não diz nada. Ele suspira e fecha os olhos.

-Tem certeza que quer carregar tamanha responsabilidade? - pausa. - Pense em tudo que você estará deixando de viver para cuidar de uma criança.

Kakashi olha para a menina e esta sorri.

-Você só passou uma noite com ela. Como pode ter certeza que quer ela no seu clã? Você conheceu ela ontem!

-Nós estamos nos dando bem. - e nisso ele faz uma nota mental para agradecer Asuma pelos conselhos. - E eu não posso deixá-la sozinha. Não sei... mas...acho que me apeguei.

-Todo mundo se apega a uma criança na idade que ela está. - pausa. - Eu repito. É muita responsabilidade.

Kakashi pensa por alguns instantes. Nesse intervalo, a criança olha para o idoso e se chega mais perto do garoto.

-Sabe o que eu pensei quando a vi em pé e sustentando com uma mão na parede hoje de manhã, Hokage-sama?

-O que?

-Que eu não estava sozinho em casa.

O idoso fica pensativo.

-Tem certeza?

-Sei que estou fazendo a coisa certa. - pausa. - Eu posso ser inexperiente. Mas quem não é? Posso ler livros e perguntar para os meus amigos. Mas o que eu não posso deixar é um companheiro sozinho.

Hokage olha para Kakashi e depois para a menina. Ele suspira.

-Como o único herdeiro do clã Hatake, você tem o direito de deixar quem você quiser no clã. Por mais que você seja menor de idade. - diz Sarutobi. - Tem ceteza disso?

Kakashi olha firmemente para a menina e depois para o Hokage.

-Sim.

O idos suspira.

-Não vou mudar a sua opinião, não é?

Kakashi balança a cabeça.

-Minha família sempre teve dinheiro guardado e eu nunca usei por causa das missões. - pausa. - Eu posso muito bem com esse dinheiro e com aquilo que eu recebo das missões, criá-la.

Sarutobi assente.

-Concordo.

Ele suspira de novo. Ele olha para menina.

-Você é uma mocinha de sorte, sabia? - e então olha para Kakashi. - Qual nome você pretende dar para ela?

Kakashi sorri.

-Sakura. - pausa. - Hatake Sakura.

Hokage suspira.

-Pois bem. - pausa. - Então passe na sala 312 e registre a menina.

Kakashi levanta alegre.

-Com licença, Hokage-sama. - e levanta com Sakura nos braços. Ela brinca com o cabelo cinza do garoto. Este ri. - Você é Hatake Sakura, sabia ? - e abre a porta.

O Hokage vê a cena e fecha os olhos. Um leve sorriso surge no seu rosto.

'Parece que Kakashi encontrou uma família...Ah...minha querida aluna Tsunade...Agora eu sei como é dificil viver sem Sake. O que eu não daria por uma garrafa agora...' e põe uma mão na testa.

-Que dor de cabeça esse garoto vai me dar...

Notas Finais


Bom foi isso espero que tenha gostado
KISS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...