História Meu nome é Taylor - Capítulo 20


Escrita por: ~

Visualizações 31
Palavras 659
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


- Nota inicial
Espero que gostem dessa nova fanfic (aliás é a minha primeira), em algumas partes da história você verá que alguns dos personagens escutam música, se você leitor quiser ter uma experiência melhor, coloque-a e lê ao mesmo tempo !! Quando estiver este sinal "*" é porque algum personagem está pensando. Boa leitura e desde já peço desculpas pelos erros ortográficos!

Capítulo 20 - A verdade


Fanfic / Fanfiction Meu nome é Taylor - Capítulo 20 - A verdade

*Que menina mais piranha, como ela pode fazer isso com o Taylor, e o Carl? Safado, sabia que aquele menino não presta. Eu tenho que falar com o Taylor. 

 

Nesse momento, Kimi sai com calma para não alerta-los, pegou um taxi e foi para sua casa. Ansiosa para dizer ao Taylor, quase não podia se conter, colocou uma música e seu fone de ouvido a fim de que relaxasse naquele instante. Provavelmente aquela viagem até sua residência, demorou umas três ou quatro faixas de sua banda preferida. Chegando ao seu destino, foi para seu quarto e ficou na janela observando a casa dele. 

 

                      ~ Taylor ~

 

Deitado em sua cama com uma profunda decepção após refletir sobre sua vida, tentou ligar seu video-game para ver se melhorava ou ocupasse a sua mente. 

 

*Realmente eu sou viciado em amor platônico, o porquê eu não sei, eu preciso de ajuda, pois a dependência é grave.

 

Seu celular naquele mesmo instante toca, e ele sem vontade e expectativa pega-o, e logo ver que era uma chamada de Kimi.

 

       Taylor: Alô?! 

       Kimi: Olá, olha eu sei que eu te magoei muito, sem você merecer, é muita coisa que está passando na minha vida. Eu preciso conversar contigo. 

        Taylor: Kimi, a vida não é fácil para ninguém, eu te entendo mas ficar fazendo isso comigo não vai me ajudar, está chato, você me dar um fora, depois me pede pra ser seu amigo e logo em seguida não quer mais, e agora você quer conversar? 

          Kimi: Eu sei! Eu super me arrependo, mas dessa vez não quero conversar sobre mim, eu quero falar sobre nós. Podemos nos ver? 

          Taylor: C-certo - ficou surpreso - mas a onde? 

           Kimi: Vamos em um lugar longe daqui, longe de tudo.

           Taylor: Realmente isso deve ser sério, tem um lugar aqui na cidade ideal. Estou descendo para pegar o carro. 

 

Taylor se arruma em uma velocidade impressionante, eu gostaria de entender o porque as pessoas são tão apressadas, enfim ele liga seu carro, e o tira da garagem, e fica esperando-a. No momento em que ela abre o carro e senta no banco ao seu lado, seus olhos se encontraram e o coração disparou em um ritmo muito acelerado. 

 

          Taylor: Então, vamos?

           Kimi: Claro, para onde iremos? 

           Taylor: Surpresa - pisca para ela. 

 

Foram para um lugar onde podiam ver toda a cidade, aquela vista era magnífica, eles ficaram por ali um tempo apreciando a vista. 

 

          Taylor: O que você ia me contar? 

           Kimi: Você promete que não vai ficar chateado comigo, ou não vai embora? 

           Taylor: Prometo, agora você me deixou assustado. 

           Kimi: Eu tenho algo para te mostrar - pega o celular - isso que estou lhe mostrando não é nenhuma sacanagem ou algo do tipo.

           Taylor: Eu não acredito que ela fez isso - fala colocando a mão em seus lábios com forma de assustado - como ela é capaz de fazer isso? 

            Kimi: Taylor eu te entendo, e o que me deixa com mais raiva é que ela só queria te causar dor. 

            Taylor: E conseguiu - fala com raiva - são essas coisas que eu não entendo, porque elas acontecem comigo? 

             Kimi: Calma Taylor, ela não te merece, na verdade, nem eu te mereço. 

             Taylor: Para de falar essas coisas, se você soubesse o quanto eu gosto de você.

              Kimi: Mas... Eu só estrago as coisas, e eu não quero lhe estragar, você não merece.

              Taylor: A única coisa que eu mereço é você, não me importo com o que vai acontecer, eu sei que quando eu te beijar todas essas vozes, momentos ruins, na verdade tudo vai embora. E é somente isso que eu quero. 

                Kimi: Dessa vez eu não vou te interromper.

 

Agora pedirei a vocês que coloquem essa música The National - Fake Empire, escutem-la imaginando que aquele cena dos dois se beijando como se o planeta parasse e aplaudisse aquele momento tão esperado. Deixa sua mente fazer esta cena.


Notas Finais


- Nota final
Se poderem compartilhar com seus amigos me ajudaria bastante porém conhecerei as historias de vocês também. Obrigado ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...