História Meu novo amor - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Eldarya
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Ezarel, Iris, Kentin, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nevra, Rosalya, Valkyon
Tags Amor Doce, Eldarya
Visualizações 90
Palavras 1.056
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Fluffy, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor



NO
PIQUE




Desfrutem~

Capítulo 5 - Capítulo IV - Como Se Fosse O Último (Mary)


Um pouco daquilo

Eu fui para casa, com as palavras de Nevra rondando em minha cabeça. Não conseguia para de pensar nelas, e naquele beijo... Ele realmente fez aquilo?

Um pouco disso 

Está tudo muito confuso para mim... Eu não sei mais o que sinto, o que sei... É tudo tão... Triste.

Um pouco daquilo

Me dê um, me dê, me dê um pou- me dê um pou-

Me dê um pouco daquilo

Mas que droga! Ele não sai da minha cabeça! Eu simplesmente não consigo parar de pensar nele. Quem é você para me fazer continuar pensando em você? Hein, Nevra? 

Me dê um pouco disso

Voltei para a escola no dia seguinte. Meu orgulho está ferido, estou queimando de vergonha, o que está acontecendo comigo? Eu o vejo conversando com Ezarel e quando ele me vê eu sinto algo estranho no meu estômago, como se fossem borboletas. E então ele me dá "Oi".

Meu rosto está quente, meu coração continua acelerado

Por que me sinto assim? Por que meu coração está disparando?!

Não consigo controlar meu corpo, eu simplesmente sorri e acenei para ele um "Oi" também... Estou ficando tonta...

Me dê um pouco daquilo

E então, eu vi Ambre se aproximar dele, e o beijar. Bem em frente aos meus olhos. Você é como um punhado de areia, (Me dê um pouco disso) é como se eu conseguisse te segurar, mas não consigo.

Eu apenas dibrei eles e fui para sala, me sentando e arrumando meu material para a aula do professor Faraize. Como ele podia ser tão... Descarado? Mulherengo? Argh!

Você não é fácil, e é por isso que eu te quero mais

Não consigo controlar meu coração, é ridículo
            Ele entrou na sala e se sentou ao meu lado, me encarando quase toda hora, sempre com um sorriso estampado no rosto.

Você consegue sentir a minha respiração?

Eu quero você agora

Mesmo quando olho pra você

Eu sinto sua falta

Eu sou tão ruim nisso, você não pode me libertar?

O sinal para o intervalo soou, e eu sai da sala, chegando no jardim, me isolando numa área onde nem Rosalya me acharia. 

Mas então ele me viu, e veio até mim, se sentando do meu lado. Querido, me abrace forte até eu explodir... Pare de pensar, o que é tão difícil nisso? Eu só quero isso de você agora, nada mais... Me beije como se fosse uma mentira... Como se eu fosse seu último amor

Eu queria isso de você. Que você me beijasse como se tudo que você tem com Ambre fosse uma mentira. Como se eu fosse seu primeiro e último amor, Nevra.

Como se fosse o último, co-co-como se fosse o último

Como se fosse a última noite, amor

Como se fosse o último, co-co-como se fosse o último

Como se amanhã não existisse, amor

Eu realmente gostaria de falar algumas coisas para ele... Mas tudo fica apenas na minha mente.

Uh, eu vou me apaixonar, querido

Você realmente vai me pegar

Uh, eu vou te dar tudo isso aqui, querido

Me chame de linda e safada

Porque nós vamos conseguir

Meu amor, você pode apostar no preto

Nós vamos dobrar as apostas deles, uau!

Eu serei a Bonnie e você será o meu Clyde

Nós fugimos ou morremos

Beijos e abraços

Eu apenas revirei os olhos para ele e sai do local. O que eu queria mesmo era que ele viesse atrás de mim...

O tempo está passando, Nevra. Estou ficando impaciente.

Só você é o meu mundo

Eu sinto sua falta, Nevra, e bastante. Sinto falta de tudo que fazíamos antes.

Eu sou tão ruim nisso, você não pode me libertar?

Querido, me abrace forte até eu explodir

Pare de pensar, o que é tão difícil nisso?

Me beije como se fosse uma mentira

Como se eu fosse seu último amor

Como se tudo que eu vi fosse mentira, Nevra. Se tudo que eu vi você fazer com a Ambre fosse mentira. Eu não aguento mais isso! Meu coração dispara toda vez que falo com você, e tudo isso em um único mês! 

Como se fosse o último, co-co-como se fosse o último

Como se fosse a última noite, amor

Como se fosse o último, co-co-como se fosse o último

Como se amanhã não existisse, amor

Um, dois, três. Eu passo a contar mentalmente.

É um novo começo, eu penso, mas... Nevra, por favor se eu me jogar para você. Por favor, me pegue, porque o mundo não pode nos abalar.

Coloquei meus fones e então comecei a ouvir uma música que Alexy me apresentara. A batida era legal. 

"BLACKPINK in your area BLACKPINK in your" Logo fui interrompida por alguém, que julguei ser o próprio Alexy, mas não. Era ele, Nevra. Querido, me abrace forte até eu explodir

Pare de pensar, o que é tão difícil nisso?

Me beije como se fosse uma mentira

Como se eu fosse seu último amor

Como se fosse o último, co-co-como se fosse o último

Como se fosse a última noite, amor

Como se fosse o último, co-co-como se fosse o último

Como se amanhã não existisse, amor

Era impossível. Eu realmente estava caindo de amores por aquele idiota. Revirei os olhos mais uma vez e sai dali, indo conversar com Alexy, que paquerava Kentin. 

Cutuquei seu ombro e passamos a conversar sobre coisas muito aleatórias. E nessa conversa, eu descobri que Lysandre e Valkyon tinham um caso. Fiquei feliz por eles, claro, mas isso só me lembrou do caso "Ambre x Nevra", o que me enraiveceu.

Pela glória divina, o sinal tocou e eu fui para sala. A aula passou rápido e logo eu fui para minha "casa". Eu realmente precisava descansar depois desse dia vendo tudo isso entre Nevra e Ambre acontecer. Mas novamente, ele me parou perto da praia.

- Por que está assim comigo, hm? - Ele disse se aproximando de mim, e eu apenas ri em deboche.

- Meu amor está em chamas, Nevra. Agora queime, querido! Queime! - Eu citei o refrão da música e ele ficou sem entender - BlackPink, Playing With Fire. - Dei uma piscadela para ele sai dali, chegando na praia. Percebi que ele já não me seguia e joguei minhas coisas em qualquer canto e mergulhei, de roupa e tudo. Eu precisava daquilo. 

Mas eu precisava dele. 


Notas Finais


BLACKPINK IN YOUR AREAAAAAAAAAAAA



Titia So ama vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...