História Meu novo amor - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Eldarya
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Ezarel, Iris, Kentin, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nevra, Rosalya, Valkyon
Tags Amor Doce, Eldarya
Visualizações 81
Palavras 476
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Escolar, Fantasia, Fluffy, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vou jogar a bomba

Capítulo 9 - Capítulo VIII - Como assim? (Mary)


Pude sentir o gosto de sangue, do meu sangue, em meio ao beijo. Ele me beijava com fervor e com um toque de luxúria. Mas eu podia sentir algo a mais... Ele me beijava como se eu fosse sumir em instantes. Estaria ele... ?

Nos separamos por conta do ar. O maldito ar. 

- Isso foi... - Ele sorriu malicioso - Interessante. 

Eu apenas o puxei para mais um beijo, e ficamos assim por um bom tempo. Uma mão boba ali, uma pegada mais forte aqui, Ele passou a beijar meu pescoço, dando leves chupões de vez em quando. Eu estava no céu, mas também estava no inferno. Ele murmurou algo e retirou a própria camisa e eu pude meio que babar com a visão privilegiada que ele me deu. 

- Hey, minha boca está aqui em cima. - Ele diz colocando a mão no meu queixo, me forçando a olhá-lo. 

Ele iniciou outro beijo, e mais outro, e outro, até estarmos completamente excitados e suados. Eu estava amando aquele momento, e quando ele ia retirar meu vestido, alguém bateu na porta.

- Puta que pariu... - Eu digo e pego meu casaco que estava no chão e o coloquei. Nevra foi até a porta sem camisa mesmo, me deixando corada.

Nevra abre a porta com raiva, pronto para mandar o imbecil que atrapalhou a gente tomar no cu, mas deixou isso de lado ao ver um Valkyon bem corado e um Lysandre mais vermelho que o cabelo do Castiel.

Eles vieram pedir camisinhas. 

Para o Nevra.

- Vejo vocês amanhã! - Eu digo saindo correndo dali, enquanto os três diziam um "Até".

Esse foi o feriado mais louco da minha vida!

Cheguei em casa ainda corada e me joguei na cama, sem tirar nenhuma roupa. Quando fechei os olhos e os abri novamente, já era de manhã, e quase hora de ir para a escola. Suspirei e me levantei, indo tomar um bom banho. Depois de tomar o banho, escovei meus dentes e coloquei uma roupa confortável, e me olhei no espelho.

- Merda. - Tinha uma marca de mordida gigante perto do meu ombro. Suspirei novamente e passei um pouco de base nos chupões e na mordida.

Peguei minha mochila e fui para a escola, encontrando Rosa e Ezarel conversando. Fui até eles e contei o acontecimento de ontem comigo e com Nevra, os dois apenas riram muito quando eu disse que Valkyon e Lysandre estavam à procura de camisinhas com Nevra. Riram bastante da minha cara mas logo depois começaram a bater palmas e gritar "Vai dar namoro! Uh, vai dar namoro!".

Sinceramente? Eu odeio esses dois. Mentira, eu os amo muito.

Vi Nevra chegar correndo até nós e quando eu fui dar oi, o mesmo me abraçou forte, e não deu nem tempo de eu reagir.

- Adeus...

Ele disse o quê?!


Notas Finais


joguei


Titia So ama vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...