História Meu Novo Destino - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen
Personagens Inuyasha, Kagome Higurashi, Kikyou, Kirara, Kouga, Miroku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou
Tags Destino, Recomeço, Sesshyxkah, Traição
Exibições 277
Palavras 1.022
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obrigada aos favoritos e comentarios...
Boa Leitura

Capítulo 24 - Salve-os


Kagome

Acordei com uma dor na cabeça, abri meus olhos e olhei ao redor, não sabia onde estava só sabia que estava presa, meus braços e pernas estavam esticados por correntes, elas machucavam muito, tentei me soltar mais não conseguia, ergui minha cabeça o quanto consegui, não era muito mais dava para ver que usava apenas um quimono fino, olhei ao redor e vi o general de Sesshoumaru me olhando.

- o que esta acontecendo, onde estou, por que estou presa? – perguntei nervosa.

- você é uma carta na manga para mim, a fraqueza do lorde Sesshoumaru, somente com você conseguirei me tornar o lorde das terras do oeste. – disse enquanto se aproximava e passava a espada em minha perna direita, tremi de medo.

- não toque em mim, Sesshoumaru é forte e vai te derrotar. – disse o olhando, senti sua espada cravar em minha pele, aquilo doeu muito.

- você fala de mais, pode ter evoluído nos poderes, mais ainda sim é uma garota de coração mole, confia em todos a seu redor, apenas dizendo que foi a pedido do Lorde você veio tão facilmente. – disse cravando ainda mais, senti uma dor aguda, mas não era apenas pela espada cravada mais tem alguma coisa entrando em mim, gemi de dor e automaticamente usei meus poderes para repeli-lo, ele foi jogado contra a parede daquele lugar.

- já disse não toque em mim. – disse deixando meus poderes fluírem com mais liberdade, consegui me livrar das correntes mais a dor continuava.

- você não sairá daqui e mesmo que saia, não irá conseguir eliminar o veneno sozinha, ainda mais carregando esses filhotes, somente com ajuda isso será possível e estamos bem longe de seu castelo. – disse rindo, usei mais de meu poder e senti uma pontada em meu ventre.

- maldito o que fez comigo, por que prejudica meu filhote? – perguntei me levantando com dificuldade da cama.

- ainda não percebeu, eu a envenenei, juntamente de seus três filhotes. – disse sorrindo, o olhei surpresa, não sabia que carregava três crianças, coloquei a mão no ventre. – não adianta me matar, ainda assim o veneno correrá por seu sangue até mata-la. – disse rindo, não tinha como mata-lo, o veneno drenava meus poderes, precisava manter a metade para evitar que o veneno chegasse a meus filhotes, o joguei para mais longe e sai daquele lugar, andei pelo meio da floresta sem rumo, precisava achar uma aldeia pelo menos, não posso perder meus filhos, eu não vou perdê-los e quando estiver bem novamente irei matar aquele maldito general que ousou tentar matar meus filhotes.

Apoiei-me nas arvores estava me sentindo tonta, o veneno fazia muito efeito em mim, meus poderes não conseguiam remove-lo de meu corpo, estava me sentindo uma inútil novamente, cheguei perto de outra arvore e pude ver uma aldeia, varias pessoas andavam por lá, tomei minha forma humana, não sei como já não estava mais como Youkai, viveria o mesmo tempo que Sesshoumaru e teria o sangue dele, mas ainda sim minha aparência mudava com frequência, olhei para as pessoas andando, uma menina me viu e apontou para mim, alguns pararam para me olhar.

- me ajude, por favor. – disse antes de perder novamente a consciência e cair no chão.

Sesshoumaru

Já estávamos andando por vários lugares mais nada de Kagome, podíamos sentir seu cheiro fraco, andamos até uma caverna onde o cheiro dela se misturava a sangue, aquele maldito do Kyojo a machucou, irei matar esse maldito, entramos na caverna e vi correntes em uma cama, tinha sangue de Kagome e as correntes estavam partidas, acredito que ela tenha dado um jeito nele, ou pelo menos que tenha conseguido fugir desse maldito.

- sua fêmea é mesmo forte, mais irá morrer em breve com o veneno que coloquei em seu sangue. – disse Kyojo rindo, somente sua voz era ouvida, mais nada.

- desgraçado apareça, onde minha fêmea esta? – disse frio, ele não apareceu.

- não é o momento para esse desafio, preocupe-se com sua fêmea e suas crias, ou então todas morreram. – disse rindo, aos poucos a voz sumiu.

- vamos continuar procurando Sesshoumaru, ela não deve de estar muito longe. – disse o bastardo, seguimos o cheiro mais estava muito fraco, andamos pela floresta, mas fomos cercados por diversos Youkais, podia sentir o Yokki de cada um, nos livramos deles rapidamente com apenas um ataque eles eram facilmente derrotados, o que me preocupava era o cheiro de Kagome que estava desaparecendo cada vez mais rápido, por algum motivo os Youkais estavam aparecendo e causando o nosso atraso, se Kagome estava mesmo ferida precisava de mim e talvez seus poderes eram o que estava chamando tanto a atenção deles, afinal Youkais gostam dos poderes das Mikos para ficarem mais fortes.

Terminamos com os últimos que apareceram e seguimos o poder fora de controle que vinha de uma aldeia, vários humanos estavam em posição de defesa, creio que vários Youkais estavam a ataca-los.

- mais Youkais se preparem. – disse um humano, o olhei de cima a baixo.

- onde esta a miko? – perguntei frio, o humano tremeu em minha frente, vários humanos se juntaram a ele.

- ei calma, só estamos atrás de nossa amiga Kagome, ela é uma Miko. – disse a humana amiga de Kagome.

- vocês conhecem a Miko ferida? – perguntou um humano ruim.

- sim, ela é nossa amiga e fêmea desse Youkai. – disse apontando para mim, eles ficaram surpresos.

- se nos ajudarem com os Youkais poderão ficar com a Miko. – disse outro humano.

- esta certo, agora onde minha fêmea esta? – perguntei com minha áurea maligna fluindo, eles tremeram e nos guiaram até uma cabana, entramos e pude sentir o poder de Kagome descontrolado, ela gemia de dor.

- Sesshoumaru eu posso ajudar ela a eliminar o veneno, mais precisarei do seu sangue para que isso ocorra. – disse a Miko do bastardo.

- pegue o que precise mais salve a minha fêmea e minha cria. – disse a olhando, ela assentiu e vi os humanos saírem da cabana, seguidos do bastardo e dos outros humanos, fiquei ali ao lado de minha fêmea enquanto a miko falava palavras desconhecidas para mim.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado...

Gente eu gostaria de saber se querem que a fic continue ou que eu a termine logo, vocês parecem que não estão mais gostando então gostaria que me respondessem, pelo menos a metade que a lê, pois sei que são muitos favoritos e gostaria de saber....

Obrigada pela compreensão...
Beijos e até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...