História Meu Novo Destino - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen
Personagens Inuyasha, Kagome Higurashi, Kikyou, Kirara, Kouga, Miroku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou
Tags Destino, Recomeço, Sesshyxkah, Traição
Exibições 264
Palavras 1.035
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


101, isso mesmo 101 favoritos, agradeço a cada um que favoritou, não sabem o quanto isso me deixa feliz, é a primeira fic que escrevo e chega a esse numero antes de ser encerrada, estou mega contente, obrigada a todos que comentaram e ainda comentam, vocês são minha expiração e me incentivam a continuar a historia, muito obrigada mesmo...

Boa Leitura

Capítulo 26 - Tristeza


Kagome

Entramos no quarto e Sesshoumaru me beijou assim que a porta foi fechada, correspondi a seu beijo e enlacei meus braços em seu pescoço, ele me conduziu até a cama e me deitou lá, beijou meu pescoço e praticamente arrancou minhas roupas, explorando cada canto de meu corpo, fizemos amor como nunca antes, para mim aquilo era perfeito, retirei as roupas deles e logo estávamos desfrutando um do outro, nos amando com intensidade, eu cansei logo e Sesshoumaru não exigiu muito de mim, na verdade foi até menos do que estava acostumada, minha barriga agora já era de alguém que estava de três meses e meio, olhei para Sesshoumaru que estava nu a meu lado acariciando meu ventre.

- Sesshy amanha estava pensando em ir a minha era com Sango, Kikyou e Rin. – disse o olhando.

- o que pretende fazer lá minha Kagome? – perguntou, senti os bebes se mexerem e chutarem.

- queria ajudar a Sango a comprar um vestido de noiva magnifico e os vestidos de madrinha também. – disse sorrindo.

- esta bem, mais este Sesshoumaru a levará e buscara. – disse Sesshoumaru.

- esta bem, se você e os meninos quiserem ir não terá problema, vocês ficam na casa da minha mãe e nos vamos às compras. – disse o olhando.

- esta bem, será melhor assim, não quero estar longe de minha fêmea. – disse Sesshoumaru, assenti e logo adormecemos, acordei cedo e chamei todos para ir a minha era, eles aceitaram e na verdade estavam eufóricos para irem loco, fomos para o poço e após me concentrar muito atravessamos o poço, Sesshoumaru me ajudou a sair do poço e fez o mesmo com a Rin e o Shippou, Inuyasha saiu com Kikyou e depois ajudou Miroku e Sango a saírem do poço, saímos da pequena casa do poço e seguimos para a minha casa, todos olhavam a tudo curiosos, abri a porta.

- MAMÃE, VOVÔ, SOUTA CHEGUEI. – gritei para eles, logo minha mãe apareceu junto de Souta, seu olhar estava triste.

- filha, que bom que veio, vejo que trouxe amigos, entrem. – disse dando um pequeno sorriso.

- oi mana. – disse Souta me abraçando, apresentei a todos e percebi que minha mãe estava contendo o choro e não tinha visto meu avô.

- gente fiquem a vontade, mamãe podemos conversar? – perguntei, ela assentiu e subimos as escadas, entramos no quarto dela e sentamos na cama. – o que aconteceu, você esta abatida e o Souta triste, até agora não vi o vovô, por favor. – pedi ficando nervosa.

- Kagome, o seu avô... – disse começando a chorar.

- mamãe o que aconteceu com o vovô? – perguntei desesperada.

- ele morreu filha, faz cinco dias. – disse chorando a abracei e chorei junto a ela, aquilo era muito para mim, eu podia ter meu avô inventando doenças para mim mais eu o amava.

- desculpa não ter vindo antes mamãe. – disse triste.

- eu te entendo minha filha, agora que esta gravida precisa ficar ao lado de seu marido, não quero que se preocupe, creio que veio aqui por um proposito não é? – perguntou minha mãe.

- viemos comprar os vestidos, a Sango vai se casar no final de semana e queria que ela tivesse um vestido lindo. – disse dando um pequeno sorriso.

- então vá às compras, compre o seu também, conversamos quando voltar. – disse minha mãe, assenti e sequei minhas lagrimas, fui até Sango e Kikyou as chamei para irmos e Rin venho conosco, iriamos as lojas a procura dos vestidos dos nossos sonhos.

Sesshoumaru

Minha Miko voltou à sala triste, algo deveria ter acontecido, ela saiu com a miko do bastardo e a humana junto de Rin, nos ficamos e o irmão dela ligou a tal televisão, onde passava um filme pelo que ele explicou, ficamos sentados nos sofás e ficamos a assisti-lo, Inuyasha não parava de falar e reclamar.

- fique quieto bastardo este Sesshoumaru deseja assistir ao filme. – disse irritado.

- Khê esse filme não tem graça, é muito sangue para um humano. – reclamou o bastardo.

- é por isso que e um filme irmão cachorro, é um filme de terror, um dos que a mana gosta de assistir. – disse o irmão dela, ele trocou de canal já que o bastardo não parava de reclamar, agora o filme era de humanos virando lobos gigantes, até parecidos com Youkais.

- que filme é esse Souta? – perguntou o bastardo.

- esse é um filme de vampiros e lobisomens, o nome é anjos da noite, as pessoas se transformam em lobisomens e aquela mulher ali é uma vampira, ela foi transformada há vários séculos. – disse o irmão de Kagome.

- esse é mais razoável. – disse o bastardo ficando finalmente em silencio, o resto do filme foi em silencio, a mãe de Kagome nos chamou para comer, ela disse que era bolo de chocolate e nos serviu, era muito saboroso, acabei pedindo mais, as horas passavam e estava ficando preocupado com Kagome, ela não aparecia, abri a porta da casa dela.

- aonde você vai? – perguntou o irmão dela.

- vou atrás de Kagome. – disse frio, o bastardo e os outros vieram até mim.

- nos também vamos. – disse o bastardo.

- eu levo vocês se não a mana vai me matar. – disse o irmão dela, assenti ele passou um pó em meu rosto escondendo minhas marcas e ocultando as orelhas do bastardo, seguimos pelas ruas juntos, o irmão dela ia à frente, chegamos ao tal Shopping, entramos e no segundo andar vimos Kagome e as outras duas, elas estavam com aquelas amigas e o garoto de quando andávamos por aqui, eles estavam animados nos aproximamos delas, enlacei Kagome pela cintura.

- por que estas a demorar tanto? – perguntei em seu ouvido, vi as garotas humanas suspirarem, o bastardo fez o mesmo com a miko dele e o humano com a humana.

- Sesshoumaru, o que vocês estão fazendo aqui? – perguntou sorrindo.

- seu irmão nos trouxe você deve ir descansar os nossos filhotes podem correr perigo. – disse a repreendendo.

- não tem problema, Souta conversaremos em casa, bom meninas temos que ir, adeus. – disse dando tchau para elas, voltamos para a casa da mãe dela, mais antes uma parada para comer algo diferente.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado...

Obrigada mais uma vez por estarem comentando e favoritando, essa historia não seria nada sem vocês...

Beijos e até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...