História Meu Ogro♡ - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 112
Palavras 724
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ta ai mais um Jujubinhas...

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

Capítulo 5 - Cap.05


Quando deu sete e meia da noite,eu já estava ficando preocupada com a  Brenda até que ela me  mandou uma mensagem dizendo que não dormiria em casa hoje,provavelmente iria dormir na casa de algum ficante dela.

Eu ja estava cansada de ficar sozinha em casa pensando naquele filho da puta,então tomei uma decisão,vou sair pra beber e afogar minhas mágoas.

Depois de tomar banho fui procurar uma roupa pra vestir,escolhi uma calça jeans escura trançada na lateral,uma blusa branca simples e um salto meia pata preto,fiz uma maquiagem bem natural,e deixei meu cabelo solto mesmo, olhei no espelho conferindo o visual,tava bom pra ir a um bar em uma sexta a noite encher a cara ,peguei dinheiro e documentos e coloquei na capa do celular,pois não queria sair com bolsa.
Antes de sair de casa chamei um táxi,vinte minutos depois Marco o porteiro me ligou avisando que o táxi ja tinha chegado,logo sai do prédio entrando no táxi;Estava a caminho do bar Evans famoso por suas bebidas exóticas.

Vinte cinco minutos depois o táxi parou em frente ao bar,paguei a corrida e sai do carro.

Na entrada do bar,tinha um letreiro grande escrito Avans Bar em azul,por fora o bar era pintado de cinza ja por dentro era uma coisa bem rústica mais ao memo tempo sofisticada, com uma parede de tijolos e com alguns pôster colados e com mesas de madeira espalhadas pelo local,eu entrei e fui direto pra uma mesinha mais afastada e me sentei,fiquei olhando ao redor do bar e vendo que já tinha uma boa quantidade de pessoas por aqui,algumas sentadas no balcão bebendo sozinhas e outras com seus grupos de amigos nas mesas.;menos de cinco minutos depois que cheguei logo veio uma garota usando um jeans justo e a camisa com o nome do bar com um avental amarrado na cintura tinha um cabelo loiro curto e estava usando um batom vermelho prostituta.

-O que vai querer?--perguntou ela mascando o chiclete que estava em sua boca de uma maneira irritante.

-Tequila--respondi no mesmo tom desinteressado dela e voltei a prestar atenção aos frequentadores do bar.

  ♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡
 
Duas horas depois,eu já estava na minha terceira verveja e no meu quinto shot de tequila,mais eu ainda estava sóbria;o que era uma pena,meu estômago começou arroncar e eu pedi a garçonete do baton vermelho prostituta uma porção de batatas com queijo,logo meu pedido chegou.

Eu parei com uma batata no caminho para minha boca,no momento que a porta do bar abriu e por ela entrou O homem,não um homem,ele era lindo demais pra se referir a ele de uma forma geral,quase dois metros de altua,pele uma pouco bronzeada,músculos por toda parte,os músculos dele pareciam ter músculos que eram  perceptíveis mesmo por cima da roupa e ele tinha toda essa postura arrogante,se vestia de uma forma despojada usando um jeans velho desbotado,camisa branca e uma jaqueta de couro;quando olhei pro seu rosto que vi com mais clareza suas feições,tinha o maxilar um pouco quadrado,lábios carnudos vermelhinhos,um naris reto,não conseguia ver a cor de seus olhos,pois estava um pouco longe mais vi que suas sobrancelhas eram grossas,tinha o cabelo preto como a noite e parecia ser muito macio;derrepente me vi querendo passar meus dedos por etre seus cabelos

Balancei a cabeça pra espantar esses pensamentos e voltei a prestar atenção em minha batatas fritas,tomei o ultimo goli da minha cerveja,eu só posso ser muito louca mesmo, acabo de sair de um relacionamento que terminou de forma desastrosa e ja estou aqui pensando em homem,eu deveria virar lésbica ou freira ou qualquer outra opção que me mantivesse longe de homens;acho que apenas talvez eu tenha ficado um pouco traumatizada com toda a situação,mas também quem não ficaria e ainda mais quando na visão do ser desprezível ao qual você dedicou parte de sua vida você é a culpada por ele ter te traído usando fodida desculpa "Eu tenho minhas necessidades" , minhas necessidades o caralho,sim tudo bem que nos já namorávamos â algum tempo mas mesmo assim eu não tinha aquela química sexual com ele
Sou tirada de meus pensamentos pela voz mais sexy que ja ouvi.

-Esta sozinha anjo?

Levantei a cabeça e encarei os mais belos olhos azuis que eu ja vi,eram de um azul intenso,me lembravam as profundezas do mar

-Depende--respondi depois de ficar encarando fixamente seus belos olhos azuis.


Notas Finais


Bem,agora só amanhã..

Bjssss meus amores.♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...