História Meu Padrasto — Imagine Min Yoongi - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan, Bts, Exo, Faculdade, Hoseok, Incesto, Jungkook, Kook, Min Yoongi, Padrasto, Rafenhaz, Sehun, Suga, Tae, Taehyung
Exibições 2.264
Palavras 1.045
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu só quero agradecer vocês pelo carinho e compreensão que estão tendo comigo!!! ♡

Capítulo 3 - Farsa


Fanfic / Fanfiction Meu Padrasto — Imagine Min Yoongi - Capítulo 3 - Farsa

[Quarta, às 10:00]


            POV'S (S/N) ON

Acordei e fui direto para o banheiro. Tomei banho e fiz minhas higienes, vesti um conjunto de lingerie vermelha uma calça jeans escura e meu uniforme da loja a qual trabalho. Arrumei a minha cama e a roupa de ir para a faculdade. 

Um vestido florido comprido, uma gargantilha e sapatilha dourada. Deixei tudo sob a cama e organizei minha bolsa. Assim que terminei de organizar tudo, peguei minha chave do carro e desci as escadas.

— Bom dia omma! — dei um beijo em sua bochecha.

— Bom dia linda! — disse radiante. A mesma estava lavando o arroz. — Não quer chamar o Kookie para almoçar conosco? — perguntou. 

— Tá bom. — sorri tirando o meu celular do bolso. 

Você: 

Amor quer vir almoçar aqui? Mamãe está lhe convidando. 

Amor: 

Minha mãe não está se sentindo bem pequena, não irei na faculdade também. Desculpa!

Você:

Tudo bem. Melhoras para ela, te amo muito. ♡

Amor:

Eu também amo você. 

— E aí, ele vem? — perguntou sorrindo. 

— Não... — suspirei pesado.

Terminamos o almoço e comemos juntas. Mamãe estava diferente, mais feliz e em seu rosto estava estampado um sorriso enorme. Talvez ela tenha achado alguém. 

Minha mãe é bonita, na verdade, ela é muito linda e precisa de alguém que a ame de verdade, e não é só porque viveu um trauma no passado que a mesma não pode ser mais feliz. Torço muito para que a minha rainha encontre alguém certo. 

                   (...)

[Às 15:00]

Era meu horário de lanche, resolvi encomendar alguns biscoitos. O garoto trouxe rápido para mim. Comi e voltei ao trabalho. A loja estava bem movimentada. Liguei algumas vezes para o Kookie mas, o mesmo não atendeu. 

         POV'S (S/N) OFF


         POV'S (N/M) ON

Min Yoongi e eu estamos conversando bastante, passei boa parte da manhã conversando com o mesmo. Coisas impróprias, digamos assim. Esse homem está me atraindo de uma maneira deliciosa. 

Fui para a clínica às 13:00, atendi meus pacientes com o mesmo sorriso de sempre. Porém, eu estava mais feliz. O motivo? Não sei. Quero descobrir assim que os meus lábios tocarem os de Yoongi.

[Às 17:00]

Estava voltando para casa, adentrei o local e (S/N) ainda não tinha chegado da loja. Tirei meus saltos e sentei no sofá, Min estava ligando.

— Oi princesa, como foi o seu dia?

Foi ótimo, e o seu lindo?

— Ficou melhor agora...

Rimos.

— Queria te encontrar mais tarde, que tal?

— É claro.

Combinamos de encontrar em sua casa. Subi toda sorridente para o meu quarto e tomei um longo banho de banheira. A noite será longa. 

         POV'S (N/M) OFF


          POV'S (S/N) ON

Acabei me atrasando na loja, cheguei em casa às 18:10, tomei um banho rápido e coloquei meu vestido, o qual eu havia separado mais cedo. Fiz uma maquiagem leve, e passei um batom vermelho marcante. Tirei algumas fotos e postei em meu Facebook. 

• "Porque devemos ser felizes do nosso jeito".

Alguns amigos comentaram, senti falta do comentário de Kook. Bloqueei a tela do celular, peguei minha bolsa e passei no quarto da minha omma para me despedir. Entrei sem bater, mamãe estava conversando com alguém em seu chat. 

— Omma, já estou indo. — sorri.

— Que linda!!! — mandou um beijo no ar.

Fechei a porta e fui para a garagem. Adentrei meu carro e parti para o Campus. Depois de quinze minutos cheguei ao local, estacionei na mesma vaga que eu estava estacionando e desci. Peguei minha bolsa e encontrei Tae no caminho. 

— TaeTae! — sorri fraco lembrando da noite de ontem.

Seu empata foda. Pensei.

— Oi (S/A). — deu um leve sorriso.

Adentramos nossa classe e nos sentamos. As duas primeiras aulas eram de inglês com um pouco de espanhol. Assim que o sinal tocou V, me cutucou. 

— Quer que eu lhe faça companhia? — disse fofo. Senti uma vontade enorme de apertar suas bochechas. 

— Quero sim! — sorri. 

Fomos para a lanchonete e sentamos um de frente para o outro. 

— Am... — coçou a nuca. — Quer comer alguma coisa?

— Você vai comer? — perguntei mordendo o lábio, tenho essa mania desde pequena. 

— Vou. Quer que eu traga alguma coisa? — disse levantando-se.

— Quero um suco apenas. — tirei o dinheiro da minha carteira. 

— Não (S/A)! Eu pago. — fez bico.

— Não Tae... — tentei entregar o dinheiro mas, o mesmo não pegou.

— Eu insisto. — dito isso ele foi para a fila. 

Enquanto o mesmo não voltava aproveitei para mandar mensagem para o Jeon.

Você:

Estou sentindo a sua falta...

O que está fazendo amor?

Amor:

Acabei de sair do banho, com quem está aí? 

Você:

Com o Tae...

Amor:

Hum... Boa aula amor!

Você:

Te amo.

Bloqueei a tela assim que V sentou-se a mesa com o meu copo de suco.

— Obrigada. — agradeci, o castanho abriu um sorriso.

                   (...)

[Às 22:40]

Cheguei em casa depois de mais um dia de faculdade. Tirei o meu vestido e coloquei no cabide. Vesti uma camiseta de Jeon e adormeci pelo cansaço. 

        POV'S (S/N) OFF


    POV'S JUNGKOOK ON 

Já estou cansado de ser o 'príncipe encantado' da (S/N). Essa garota não enxerga mesmo. O nosso 'namoro' nunca passou de uma farsa. Minha mãe obrigou-me a namorar com ela assim que a Dona (N/M) ficou famosa por ser uma das melhores psicólogas de Seul.

Não suporto ter que beijar (S/N) sendo que amo outra. Jennifer. A qual sou apaixonado desde o colégio. Minha omma nunca aceitou só pelo fato de Jennifer não ter uma vida 'digna'. Venho evitando (S/N) há algum tempo, sempre que a mesma tenta aprofundar as coisas eu paro.

Não vejo a hora de terminar logo con ela e ficar com a minha garota. Minha mãe não estava doente, era mais uma das minhas desculpas para ir amar a minha amada. Omma quer tudo da Senhora (N/M) e para isso preciso me casar com (S/N). Coisa que jamais irei fazer!

Jenni:

Kookie-ah venha logo amor.

Estou morrendo de saudades, uh?

Eu:

Eu também minha princesa. 

Daqui a pouco chego aí. 

Tomei um banho rápido e vesti uma bermuda jeans preta, uma camiseta larga branca e um tênis marrom. Passei perfume, ajeitei meu cabelo e peguei minha mochila da faculdade. 

— Compra algum presente para a (S/A) querido! — mamãe disse.

Revirei os olhos e peguei minha chave do carro. Adentrei o mesmo e parti a para a casa da minha única mulher. Nós fizemos amor como nunca.

     POV'S JUNGKOOK OFF





Notas Finais


Até o próximo, deixem seus comentários. :') ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...