História Meu Padrasto(Ruggarol) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Karol Sevilla, Ruggero Pasquarelli, Sou Luna
Personagens Karol Sevilla, Personagens Originais, Ruggero Pasquarelli
Tags Amor, Ruggarol, Sexo, Souluna
Visualizações 257
Palavras 355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura...
N/A:Bella

Capítulo 13 - Cap 13:Tentando reconquistar


*RuggeroPasquarelli*

Depois da surra que Karol me deu. E porra me arrependi no exato momento. Contei pra ela a verdade. Mano na moral.. To fudido!.

Eu sou o culpado por ela ter me batido e puxado meus cabelos e foi por isso que deixei ela fazer isso e porque também nunca bateria nela. Odeio bater em mulher!.

A não ser na hora de trepa. Dai eu gosto de dá uns tapa na bunda e fazer gritar. Digamos"Sexo Selvagem".

Más tipo, to morrendo de medo da Karol. Já pensou se eu fizesse algo pior além de tranzar com minha ex? Mano.. Morri.

Levantei do chão e deitei no sofá e liguei a TV e comecei assistir um filme*Gritos Mortais*. No meio do filme capotei ali mesmo.

*KarolSevilla*

Fui para meu quarto. Chegando lá me joguei na cama e comecei a bota tudo pra fora(Chora Horrores quis dizer). Nunca pensei que Ruggero faria isso comigo e logo com sua ex. Mano eu to com vontade de gritar todos os tipos de palavrão, só pra ver se me acalma, más pensei... E... Não! Isso é muita retardadisse na minha opinião.

Continuei a chorar,até que pego no sono e adormeço.

(...)

Acordei já era 19h00. Caraca! Dormi demais.

Me levantei e desci pra sala. Chegando lá vi o cretino do Ruggero no sofá deitado.

Ia passar direto, más ele se levanta rapidamente e corri até mim. 

-ME SOLTA! - Grito quando ele pega em minha mão, e me puxa para si, colando nossos corpos.

-E se eu não quiser? - Ele fala beijando meu pescoço e me preendendo ainda mais contra seu corpo

-Não! Para! - Falo tentando me solta, más ele era mais forte do que eu.

-Não resista princesa. - Ele fala em um tom doce

Ai meu deus! Não posso me entregar a ele tão facilmente. Apenas não posso. Más não ta dando. Merda!. Ou eu o empurro ou eu me entrego. Fui pela melhor opção.. O empurrei.

-NUNCA MAIS OUSE TOCAR UM DEDO EM MIM!! OUVIU?? - Grito nervosa

-Por favor... Karol me perdoa?? - Ele pede e eu o ignoro subindo para meu quarto, sem olhar pra trás.

*RuggeroPasquarelli*

Que saco! Ela pegou raiva de mim mesmo, más não irei desistir dela. Não vou!...


Notas Finais


Até mais...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...