História Meu passado, meu futuro - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 8
Palavras 429
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Todo um processo - parte 1


Dois dias depois, eu não estava muito certa sobre sair de casa, mas as meninas me arrastaram pro shopping, para ir-mos ao cinema. Olivia revirou o meu guarda-roupa, e nada me servia mais, eu estava muito mais magra que antes. Fomos na casa dela antes de tudo, e depois dessa chatice toda, fomos pro maldito shopping.

Lá, incrivelmente encontramos os feiosos dos meus amigos antigos. Não que eu tenha novos mas tudo bem. Eram Cássio, Caio Diniz, Kaio de Lima e Bruno, irmão gêmeo de Bernardo. Preciso dizer que me senti estranha? Eles são identicos! E feios também, puta que pariu.

- Ah, caceta... -falei quando os vi e já ia empurrando as meninas quando ouço alguém chamar o meu nome.

- Franciely? É você mesmo? -perguntou Cássio e eu me virei.

- Não, porra. Sou a rapariga da tua mãe.

- Pra quê agredir? -disse Diniz.

- Pra quê ser um idiota? -falei imitando um mongoloide.

- O tempo passa e continua a mesma, né? -falou de Lima.

- Não sei como o meu irmão conseguiu namorar contigo -disse Bruno, e só faltou a Renata avançar nele pra uns tapas.

- Legal. Bem louco. Empolgante. Leite -falei e me virei as costas, indo em direção ao cinema, e Carol me puxou.

- Franciely, promete que não pira? -perguntou se encolhendo.

- O que foi que tu fez? -perguntei cruzando os braços.

- Eu quem chamou eles... -disse eu quase mato ela.

- Olha, tchau. Eu não saio mais com vocês -falei já andando. De Lima me segurou.

- Franciely, para com isso. Somos seus amigos.

- Fale por você! -disseram Cássio, Bruno e Diniz.

- Olha, Kaio, eu não tô bem. Tchau pra vocês -falei e me soltei dele, e já estava indo embora quando vi Bernardo e a tal Paloma entrando juntos. Ah, pra quê essa infeliz teve que ter o mesmo nome que a minha mãe?!

Passei por eles de tal forma que nem ele me viu, nem notou o vulto, tenho certeza! Nessa pressa toda, nem vi que vieram atrás de mim: Olivia e de Lima.

- Ei, menina -disse Olivia e eu parei e me virei.- Por que você tá assim?

- Experimenta ver o cara que tu gosta com outra, aí tu fala comigo, beleza? -falei com cara amarrada.

- E você vai perder de se divertir por isso? Quem é você que está no corpo da Franciely que conheço?

- Foi espancada e multilada ao lado do colégio. Tá bom pra você? -falei com raiva.- Com licença, tô vazando.

- Eu te levo.

- De Lima, não vem fazer caridade porquê não combins contigo.

- Não é caridade, só quero ajudar uma amiga.

- Pra mim, foda-se.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...