História Meu Passado Na Freddy Good Ending - Capítulo 7


Escrita por: ~

Exibições 15
Palavras 1.787
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Escutem o cap com uma musiquinha calma ! Boa leitura ! ♡♡♡

Capítulo 7 - Mudanças repentinas....


- Agora pode ! - disse o loiro entregando a maleta para a ruiva que ficou lisonjeada com ação do mais novo e quando abriu a maleta se surpreendeu com a quantidade de dinheiro que tinha ali dentro - O-onde você conseguio tanto dinheiro ? - Perguntou minha mãe estagnada com a maleta em mãos - Eu e meu irmão tinhamos nossas traquinagens na rua - Disse Jhu com um sorriso doce e alegre em seu rosto - Vocês 2 moravam nas ruas ? - Sim ... mas , achamos seus 2 filhos e o Bruno , que nos acolheram ... - Bruno ? - E o roxo surge atrás da ruiva -Por favor senhorita , leve a nois 5 para sua casa ! Não conseguiriamos viver sem os 2 ! - A ruiva se emocionou ... não sabia oque faria .... eu e meu irmão ainda estavamos surpresos com a noticía , e é incrivel que aquele meu sonho da noite chuvosa ,na verdade , era uma lembrança , muito linda , ela realmente ... nos ama ! Ela , ela ia voltar por nós , ela só nos deixou lá , porque não teve outra escolha , mas mesmo assim , após todos esses anos , ela lutou , se esforçou para consiguir nos ter em seus braços novamente .... não consegui suportar , pensar que alguem além de meu irmão e amigos , me ama desse jeito , me faz ser .... feliz , e as lágrimas não se aguentaram tambem , começaram a rolar pelo meu rosto - Heheh mã-mãe ! Vo-você , ahh você ... me ama ? - Os olhos da mesma se encheram de lágrimas e eu me encontrei em um abraço caloroso e afetivo - Claro que amo , você é minha filha , e não importa o que aconteça ou o que você faça durante sua vida .... eu sempre vou lhe amar ! Ei os 4 ! Se juntem ! Agora estamos todos juntos ... e nada irá nos separar ! - Os 4 restantes vieram ao nosso encontro , e , eu me senti ... viva ! Parecia que , todas as pessoas que me menospresavam e me agrediam com palavras não eram nada no momento , e realmente não são ! Eu não preciso da atenção dos outros para me sentir importante , apenas a minha família ...

Após a sessão de muitas lágrimas e alegrias , nos reunimos em uma mesa para assistirmos o ultimo show do dia , foi incrivel , nos divertimos muito , e foi engraçado ver o Gabriel engasgar com um morango heheh , depois que tudo acabou , fomos para o orfanato esperar nossa mãe , ela tinha que fechar o restaurante e entregar as chaves para outro vigia ,ela perderia uma noite de trabalho para nos ajudar na mudança , oa chegarmos no orfanato , pegamos nossas coisas e já deixamos em caixas  ... - Vou sentir falta desse lugar , e você irmã ? - Ah mais ou menos , vou sentir falta da minha cama ! - Ahh você e sua preguiça ! Mas não se preocupe , mamãe disse que poderemos estilizar nossos quartos como bem entendermos ! Já imagino , uma bandeira pirata , uma estante de livros , uma mesa com meus bonecos dos animatronics e minha cama de carro ! - Depois eu que fico pensando em cama ...- VOCÊ ESTÁ JOGADA EM UMA NESTE INSTANTE ! - Eu sei ! hehe - AHHHHH THÁLIA VOCÊ ESQUECEU UMA MEIA ! .... Deixa , é a ultima vez que eu vou pega-la para você ! - Ah obrigada maninho - E ai já arrumaram as coisas ? - Perguntou Bruno abrindo a porta do quarto - Eu e Felipe já , e você , Jhulia e Gabriel ? - Nós já estamos totalmente preparados ! - Okay então vamos apenas..... esperar ela voltar .... - Descemos nós 5 as escadas e esperamos na sala , mas descemos sem nossas coisas , e como as 8 da noite não passava desenho na Tv , resolvemos jogar alguma coisa - Bora joga esconde-esconde ? - Perguntou a loira intusiasmada - Acho melhor não ... se não vai que nossa mãe cof cof tia , chega bem na hora que estamos escondidos ? - Disse seu irmão mais velho - Acho melhor apenas esperarmos mesmo .... - Disse já com sono , então me sentei ao sofá , Felipe sentou ao meu lado e me abraçou , escotou sua cabeça em meu ombro e dormiu , Jhulia fez o mesmo mas no meu lado esquerdo , Bruno deitou encima do sofá e dormiu atrás de min , Gabriel se sentou no chão em meio as minhas pernas , onde encostou e tambem veio a dormir - Ah legal .... agora eu sou a sentinela .... - Alguns minutos se passaram e Felipe acordou e pediu para que eu cantasse uma musica - Ah ok , mas só porque você pediu maninho ...

"Vamos no jardim lá

Tem algo esperando 

De ponta cabeça onde colocou 

E quando encontra-lo 

Meio desbotado , virando vequeolado 

De baixo não apagou...

Tudo permanece onde você deixou 

Tudo permanece , mas ainda muda 

Bem levemente , de dia e de boite 

O sutil acontece quando tudo permanece ...." 

E ele então voltou a dormir , mais alguns minutos .... e nada de minha mãe , começei a ficar preocupada ... mas antes que eu pudesse fazer algo ... apaguei ....

Senti uma mão macia e delicada em meu rosto , fazendo carinho em meus cabelos ...- Ahm mãe ? - Sim meu amor , desculpe a demora o motor do carro tinha congelado - Eu não consegui controlar e algumas lágrimas sairam de meus olhos - Mãe e-eu achei que vo-você ia nos aban-donar - Disse soluçando e chorando , eu nunca fui tão emotiva ... - Calma meu anjo já estou aqui , eu sempre estarei aqui ! ... - Anjo ? ..... ela me chamou de anjo ? O que isso deveria ser ? As pessoas sempre me chamam do contrário .... a é , ela não é qualquer pessoa.... - Obrigada mãe ! - Ok filha eu vou ali pagar a adoção , acorde-os e peguem suas coisas e já deixem aqui na sala ok ? - Ok ! - Minha mãe foi a secretaria e nos deixou ali eu acordei eles , descemos nossas coisas e em menos de 15 minutos já estavamos no carro .... indo em direção a nossa nova casa , que por sinal , era na mesma rua sem saida da pizzaria , era uma casa grande , com quintal enorme , 2 árvores , ao entrar dei de cara com o corredor , que mais a frente levaria até a cozinha , e ao lado esquerdo era a sala , com a árvore de natal e uns 7 presentes embaixo da mesma , é eu acho que ela não demorou só por causa do motor ... ao lado esquerdo tinha uma escada , na qual eu subi , tinha 3 quartos e apenas 1 estava mobilhado , ou , o da minha mãe , além dos 3 quartos tambem havia um banheiro com uma BANHEIRA ! SIM MEU DEUS QUE LUXO ! percebi que havia mais uma escada , que levava ao sótão , que nele havia 1 comodo grade dividido por uma parede e meia heheh , desci tudo de novo e notei que embaixo da escada havia uma porta que levava a outra escada , resolvi decer a mesma e ver noque vai dar , cheguei no porão onde tinha uma lareira e várias caixas , mas nada de util , não sei explicar mas .... parece que eu .... já estive aqui antes .... nah deve ser só minha imaginação , já eram 10 da noite e Bruno , Jhulia e Gabriel insistiram que eu e meu irmão deveriamos dormir com nossa mãe no quarto dela , eles iriam dormir em colchõe no quarto ao lado , então eu e Felipe colocamos nossos pijamas e fomos dormir com nossa mãe , deitamos no colo dela e ela contou suas histórias de quando tinha nossa idade .... e ela tambem contou que acabamos nascendo por "ascidente" , mas ela disse que nós nunca fomos erros e des de o momento que ela soube que estava grávida nos amou com todo o coração , ela inscistia em dizer que nunca nos abandonaria se não fosse realmete nessesário , e ela implorou nosso perdão , é obvio que a perdoamos , afinal ... ela é nossa mãe , e por tudo que ela fez por nós , não há como não perdoa-lá , Felipe dormiu e eu resolvi me abrir com minha mãe - Mãe .... desde que eu e Felipe crescemos .... no orfanato sabe ? Nenhum adulto me quis , todos queriam o Fê , mas eu não tinha inveja , tanto que várias vezes eu disse besteiras como "você não tem que ficar aqui comigo , pode ir embora , se eles te querem é porque você é especial " e ele sempre dizia " eu o GRANDE FELIPE NUNCA TE DEIXAREI " e isso foi oque eu sempre adimirei nele , ele é determinado , companheiro , leal e sentinela , e eu sou o que ? Apenas uma preguiçosa que não quer nada na vida .... Mas se você lutou tanto assim por min , ou , por nós , é porque eu realmente importo para alguêm , né ? - Sim ! Você importa muito para min e para o seu irmão , acredito que vocês são que nem uma balança , você sem ele "perderia o controle" e ele sem você .... bom ai não seria ele ! E em relação as crianças do orfanato ? - Arg eu odiava todas elas , o jeito que elas me olhavam , me xingavam de dêmonio , e eu queria ter amigos mas , todos fugiam de min , menos o Fê ele ... sempre .... esteve comigo .... - Filha , você não precisa de muitos amigos , apenas aqueles que você sabe que estarão com você em qualquer situação .... - Ela disse isso enquanto olhou para a parede do quarto do lado - Ah obrigada mãe faz tempo que eu queria falar com alguêm sobre isso .... - Disponha querida , agora .... vocês ai da porta .... venham ! 

Bruno , Jhulia e Gabriel entraram pela porta e dormiram junto conosco ...- Você não tem jeito - cochichei no ouvido de Gabriel - Eu sei .... boa noite ... 


Notas Finais


Comentem oque acharam heheh! Preparem o kokoro , proximo cap vai dar merda !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...