História Meu Pecado em Pessoa - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals
Personagens Hope Mikaelson, Kol Mikaelson
Tags Hope, Hope Mikaelson, Kol Mikaelson, Romance
Visualizações 34
Palavras 306
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Incesto, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eia viadas(os)?! Eu tava lendo os capítulos anteriores e percebi mtt diferença, vcs tbm perceberam?! N sei se é BOM, mas acho q preferiro atualmente, e vcs?! Tá tá deixa eu calar a boca, e boa leitura! (comente tá?!!!)

Capítulo 10 - Cap 8


   -Huuuuum quer dizer que o titioooo tá bravinho!- Gargalhei olhando para sua cara irritada.

   -Calada Hope! -Ele me puxou pelo braço logo me prensando na parede. -VOCÊ É CEGA?!- Ele apertou meus pulsos.

  Mas o que…

  Flash Back

  -Qual é o seu problema?!- Me irritei e nem notei que minha mão estava na sua cara.-Me desculpa…-Me repreendi internamente, o que estou fazendo?! Ele é um vampiro original…

  -Você é cega… só pode!- Sua face irritada chegava cada vez mais perto enquanto eu ia recuando alguns passos, até bater na parede. Ele se aproximou de meu ouvido…

  -Eu te amo, sempre te amei-Ele mudou sua expressão para chateado, e sua voz saía em um nível ÉPICO de sarcasmo- Não esqueça isso de novo querida…

 Flashback off

  HAAAARG DE NOVO NÃO!  Essa droga de sensação, era para eu esquecer ele, não era?! O efeito da bebida tá passando...

  -Eu te amo…-Sua voz saiu por um fio interrompendo meus“incríveis“ pensamentos.

  Se ele tivesse me contado o que aconteceu desde o começo nada disso estaria acontecendo, eu não estaria perdida nem chateada… teria resolvido isso desde que me forçaram a esquecer. É tudo culpa deles!  Eles que mentiram, me enganaram e depois me jogaram…

  Eu posso continuar ainda amando eles, e sou muito bem capaz de perdoar…assim que reconhecerem e pagarem por isso.

  -Eu não posso felizmente te deixar impune, não me leve a mal… também te amo.Mas isso já não significa nada!-Disse sorrindo, dessa vez eu estava no controle… E É INCRÍVEL ESTAR! -Aliás,  traição não é um erro, é uma escolha…

  O sentimento de vitória me invadiu, eu estava ganhando esse “jogo”!  Ouvi uns barulhos de algo se quebrando, logo por instinto fiquei em posição de defesa e me virei para trás onde tinha saído o som.

  -Será que você já esqueceu de seu vovô preferido, bastarda 2?!

  

  

 

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...