História Meu Pequeno Grande Híbrido (V) - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Lohtae
Visualizações 34
Palavras 456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero q gostem

Capítulo 30 - Capítulo 30


Loh on 

Despois do acontecimento inesperado e sufocante o Jack fez um chá de camomila pra mim , tae e os outros foram se livrar do corpo e eu fiquei em casa com o Jack e a hany,  estava amarela de paralização 

Jack : Loh vc tá bem ? 

Hany : Lorranna 

Eu não conseguia dizer uma palavra simplismente não saía nada da minha boca , escuto alguém abrindo a porta e pego a arma rapidamente encima da mesinha e aponto para a pessoa 

Tae : Vc vai atirar em mim ? 

Me assusto ao ver ele é nem queria nem pensar em que poderia ter acontecido 

Jack : Menina abaixa essa arma vai atirar no seu namorado 

Loh : N-Não 

Deixo a arma cair no chão e subo as escadas e vou para meu quarto , abro a porta e me deito na cama e durmo 

Loh off / Tae on 

Me assustei em ver a Loh apontando uma arma pra mim , nunca pensei q ela poderia fazer aquilo 

Tae : Acho que a catrina mecheu com o psicológico DA Lorranna,  Ela se divertia em matar as pessoas e não pegar um trauma em tempo de apontar uma arma pra mim 

Hany : Eu vou tentar falar com ela 

Tae : Ok 

Tae off / hany on 

Eu subi as escadas e fui falar com Lorranna bato na porta do quarto aonde estava entre aberto , mas abro mas um pouco e percebo q estava dormindo fui perto da cama e sentei DO lado da mesma fazendo carinho ela acorda devagar 

Loh: Que foi hany ? 

Hany : Queria falar com vc JÁ q provavelmente vamos ser da mesma equipe 

Loh : As únicas coisas q vc deve saber sobre mim e q eu sou namorada do tae tenho 16 anos , tenho amigas do Brasil em Seul eu tbm sou do Brasil e que eu sou bipolar 

Hany : Agora minha vez meu nome é Hany sou solteira mais procuro alguém tenho 18 anos estou terminando faculdade não tenho muitos amigos 

Loh : Foi um prazer conhecer vc 

Hany : O prazer foi meu , mas pode me explicar uma coisa ? 

Loh : o que ? 

Hany : pq vc ficou da aquela forma quando matou aquela menina ? 

Loh : Eu senti como se estivesse matando uma pessoa inocente vítima de um crime cruel 

Hany : Vc acha quem quer matar seu namorado merece viver ? 

Loh : Não 

Hany : Esse é o nosso trabalho e ninguém falou q ele não ia ter altos e baixos 

Loh : Vdd sempre acontece coisas inesperadas 

Hany : Isso ai 

Loh : Obrigada por ME ouvir 

Hany : Que isso foi um prazer 




Notas Finais


Espero q gostem foi pequeno , mas foi SÓ pra atualizar a fic mesmo comentem e deixem sugestões
Bjs da tia Loh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...