História Meu Pequeno Neko - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kabuto, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Obito Uchiha (Tobi)
Tags Itadei, Kakaobi, Sasodei, Sasunaru
Exibições 138
Palavras 1.820
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Humaninhos :3

"Desvia de panela, tomate, frigideira, panela de pressão e chinelo"

Calma que eu votei! Sim, a gostosa aqui voltou :3 Sei que sentiram minha falta e que querem me enforcar por eu ter dito que talvez eu parasse de escrever ;-; Desculpinha pelo susto :) Agora, deixa eu ir escrever.

Capítulo 21 - Primeira Vez - Part 1


Fanfic / Fanfiction Meu Pequeno Neko - Capítulo 21 - Primeira Vez - Part 1

Dália On:

Fazia uma semana que a Ino não aparecia na escola e o Sasori vivia me seguindo por onde eu passava, coisa irritante. Saí da escola e fui direto para casa. Quando cheguei na mesma vi as meninas paradas na minha porta.

Sakura: Até que enfim peituda! Deixou as amigas plantadas aqui.

Dália: Primeiro - A peituda do grupo é a Hinata! Segundo - Vocês que quiseram vir.

Karin: Você é mais peituda que ela!

Akemi: Acho que isso é impossível.

Sakura: Mas você é!

Abri a porta e quando entramos nos deparamos com o Itachi agarrado no Deidara, ambos sem camisa. As meninas babaram.

Dália: Sakura e Karin, peguem um lenço e limpem suas bocas. Hinata, vire-se. Não quero uma santa como você vendo essa imagem. Itachi e Deidara, é para isso que existe motel, então vão se comer em outro lugar.

Deidara: Que triste. Estava te esperando para entregar essa cesta de chocolate.

Dália: Podem ficar a vontade.

Peguei a cesta e subi pro meu quarto.  Tentei colocar a mesma em cima da prateleira, mas foi falho. A Sakura pegou de minhas mãos e colocou. Tirei a touca e deixei a cauda aparecer. Fui até o closet e peguei uma muda de roupa. Saí e fui pro banheiro, fiz minha higiene e me vesti. Coloquei uma blusa que ia até o meio de minhas coxas de manga longa branca, um short preto e minhas meias 3/4 brancas. Saí d mesmo e vi a Sakura e a Karin se agarrando e a Hinata totalmente corada.

Dália: Parem de se comer na minha cama!

Ambas me encaram com sorrisos maliciosos. Ela se ajeitaram e foram "tomar banho" juntas. Depois de meia hora ambas saíram do banheiro. A Hinaat entrou e depois de cinco minutos saiu.

Dália: Tô com sono.

Deitei minha cabeça nas pernas da Hina.

Sakura: E qual é a novidade?

Karin: Você vive com sono.

Sakura: Esquece isso! Lembra da festa que fomos convidadas?

Dália: Quando foi isso?

Karin: Você tava dormindo no galho de uma árvore de cerejeira.

Dália: Bem a minha cara.

Hinata: Um garoto moreno, chamado Kiba nos chamou. A festa é hoje as 19:00 horas.

Dália: Acho que não vou.

Karin: Você vai sim! O Gaara vai e você tem que ficar de olho nele!

Dália: Eu confio no meu taco querida! Agora deixe eu ir dormir.

Sakura: A Ino vai estar lá.

Dália: Barraco! Mas eu não tenho roupa.

Sakura: Claro que tem.

Ela foi até o meu closet e em cinco minutos voltou.

Sakura: O QUE ERA AQUILO?

Dália: Minhas roupas.

Sakura: Você tá precisando de roupas mesmo. Vamos pro shopping.

Dália: EU QUERO DORMIR!

Karin: Eu compro chocolate.

Dália: Dez barras e negócio fechado.

Karin: Tudo bem.

Levantei-me pronta para sair.

Sakura: Vai se trocar.

Revirei os olhos e entrei no closet. Peguei uma blusa do minions, um short cós alto preto, um All Star preto e um boné preto de aba reta. Saí do mesmo e peguei minha jaqueta preta em cima da cadeira.

Dália: Vamos logo antes que eu me arrependa.

Saímos do quarto e passamos pelo sofá, vendo o Itachi e o Deidara de cueca. Tapei meus olhos e a Hina fez o mesmo.

Dália: Sakura, me guie, sei que não tem vergonha na cara.

Sakura: Verdade, só tenho beleza mesmo.

A mesma me guiou para fora da casa. Tirei a mão de meus olhos e vi minha linda moto ali. Uma Kawasaki preta. Subi na mesma e a Hinata fez o mesmo.

Karin: E a gente?

Akemi: Acho que o Itachi não vai se importar se vocês pegarem a dele.

Ela pegaram a Kawasaki Vermelha do meu irmão. Saímos em disparada para fora dali. Apostamos corrida e eu ganhei. Desci da moto e a Hinata estava meu que travada.

Hinata: NUNCA MAIS PEGO CARONA CONTIGO!

Dália: Então vai com a Karin.

A ruiva deu um sorriso malicioso.

Hinata: Deixa.

Andentramos o shopping.

Karin: A festa é de fantasia, então você não precisa esconder.

Concordei com a cabeça e elas me arrastaram até uma loja. Elas pegaram várias fantasias até que pararam em uma, elas escolheram minha roupa (imagens do cap). Vesti a mesma e deixei a cauda e as orelhas aparecerem, eu gostei. Coloquei a "coleira" e sai dali. As meninas me olharam e Sakura e Karin tiveram um sangramento nasal.
Karin: Acha que podemos incluir ela?

Sakura: Infelizmente ela já tem um namorado...

Dália: É sou hetera...

Karin: Podemos fazer você mudar de lado rapidinho.

Ambos me encaravam com malícia e eu revirei os olhos. Coloquei minha roupa normal e paguei a roupa. Karin ia se diabinha vermelha, Sakura ia de diabinha preta. Já Hinata ia de anjinha. Elas pagaram e nós fomos comer. Fomos ver um filme e depois fomos para casa. Eram seis e meia. Arrumamo-nos e a Saky fez uma maquiagem leve em mim. Terminamos de nos vestir e eram sete em ponto. Descemos as escadas e vimos o pessoal ali. Itachi estava vestido com uma blusa branca, calça preta, um Adidas preto, uma coleira no pescoço e uma jaqueta. O Sasuke estava com uma blusa cinza, uma calça branca, tênis cinza e uma coleira cinza no pescoço. O Deidara estava vestido de veterinário e o Naruto estava de raposa. De repente o Gaara entrou e ele estava vestido de vampiro.

Dália: Quem diria que meus irmãos podiam ficar descentes uma vez na vida.

Itachi: Só parece mesmo.

Revirei os olhos e abracei o Gaara.

Deidara: Esse vestido não tá muito curto não? E esse decote...

Dália: Itachi, acho melhor você fazer ele calar a boca eu eu mesma faço isso?

Itachi: Precisa não! Quero meu namorado inteiro.

Dália: Acho bom!

Deidara: Como se a baixinha pudesse fazer algo contra mim.

Dália: Paga pra ver Barbie!

Deidara: Me chamou de que?

Dália: Barbie. Ou prefere Rapunzel?

O mesmo voou pra cima de mim. Caímos no chão, com ele em cima de mim. Inverti as posições.

Dália: Que foi Barbie?

Dei um sorriso sapeca e sai de cima do mesmo.

Deidara: Se fosse macho eu pegava.

Dália: Se fosse hétero eu já tinha pego faz tempo...

Itachi agarrou a cintura do Deidara e o Gaara agarrou a minha. Eu e o loiro começamos a rir que nem duas hienas.

Deidara: Acreditaram mesmo?

Dália: Povo inocente.

O Gaara agarrou a minha bunda discretamente e deu um apertão. Mordo os lábios e o mesmo sussurrou em meu ouvido.

Gaara: Vai ter volta.

Dei um sorrisinho.

Itachi: Vou pegar o carro.

Dália: Hoje eu dirijo!

Tomei a chave de sua mão e corri até o carro. Entrei no mesmo e sentei no Banco do motorista.

Itachi: Eu dirijo! Saí daí pirralha!

Dália: Se me chamar de pirralha mais uma vez você perde o que tem entre as pernas.

O mesmo se calou e foi para o banco de trás. Não sei como deu todo mundo no carro, mas foda-se. Chegamos no local. Era uma enorme mansão. Era possível ouvir a música daqui.

Itachi: Lembrem-se! Nada de beber!

Karin: Por que?

Dália: Uma vez o Sasuke achou o estoque de vodka do pai. Ele pegou três garrafas, uma pra mim, uma pro Itachi e outra pra ele mesmo. Nós viramos as três e depois fomos pro estoque do pai. Só me lembro de ter acordado no telhado de peças íntimas e de ter dançado Bang Bang Bang (Big Bang), Fire (BTS) e Dope (BTS). Eu também fiz um strip tease para uma estátua achando ser o Suga.

Itachi: Eu acordei no estoque de vodka e lembro de ter dançado Bang Bang.

Sasuke: E eu acordei de cueca agarrado a um pôster da Katy Perry com cinco garrafas de vodka do meu lado. Eu estava na piscina.

Começamos a rir.

Karin: E o que os pais de vocês fizeram?

Dália: Estavam em uma viagem de trabalho. Nós limpamos tudo.

Deidara: É a ressaca?

Sasuke: Em vez de ficarmos de ressaca a gente se transforma em pervertidos. Acreditem, eu me imaginei fazendo coisas obscenas com o Louis (One Direction). Aquele traseiro dele...

Itachi: Eu me imaginei em uma orgia com a One Direction e o Zayn Malik, além do Justin Timberlake e o Austin Mahone.

Dália: Tava só eu de menina junto da BTS e do grupo Big Bang. Acreditem, fiquei traumatizada com o que eu podia imaginar. Fiquei duas semanas repassando as imagens.

Itachi: E olha que ela é inocente.

Sasuke: Depois disso nunca mais bebemos.

Sakura: Eu queria ver vocês bêbados.
Dália: Acho melhor não.

Quando notei nós já estávamos lá dentro. Senti o cheiro da tequila e fui praticamente correndo até o bar.

Dália: Cinco copos de tequila por favor!

Sakura: Cadê o auto-controle?

Dália: Ficou lá no carro!

Os copos chegaram e eu tomei todos de uma vez.

Dália: Vai demorar um pouquinho pra eu fica bêbada.

A Saky pediu dois copos de vodka e já tava vendo estrelas. Karin tomou cinco copos de Whisky e já tava na pista de dança. Peguei uma garrafa de vodka e outra de Whisky e corri pra pista de dança. Entreguei a garrafa de Whisky pra Karin e nós ficamos dançando. Começou a tocar Bang Bang Bang (Big Bang). Comecei a fazer a coreografia e a Karin me seguia. Eu não estava bêbada por incrível que pareça. A música acabou e eu fui pro bar de novo. Tomei mais cinco copos de tequila e dois de licor. Comecei a ficar tonta e puxei o Gaara pra pista. Começou a tocar Pararatimbum. Comecei a rebolar e o Gaara agarrou a minha cintura. Desci até o chão, tremi a bunda, rebolei, fiz quadradinho... Tava quase empurrando ele pra uma cadeira pra fazer o Lap Dance. O mesmo parecia meio sóbrio. Peguei uma garrafa de vodka e virei de uma vez.

Gaara: Eu já teria desmaiado por causa de tanta bebida.

Dália: Tadinho de vocês. Pera... Meu lado sóbrio me diz pra você me levar pra casa, mas como sou uma Sagitariana, vou ficar e curtir.

Puxei o mesmo para um beijo feroz. Voltei a dançar e depois de umas cinco músicas o mesmo foi pro bar. Continuei dançando como se não ouvesse amanhã. Depois de umas dez músicas fui pro bar e pedi mais tequila.

Dália: I LOVE TEQUILA!

Tomei os copos e olhei para o relógio. Três e quarenta e duas da manhã. Vi que a quantidade de pessoas caiu bruscamente. Havia apenas umas cem pessoas. Voltei pra pista de dança com duas garrafas de vodka. Virei as duas e continuei a dançar. Notei que todo mundo havia dormido e só eu estava acordada.

Dália: Vou ter que carregar esse povo.
Levei um de cada vez para o carro. Levei o povo pra casa e quando cheguei carreguei todos para os quartos. Deixei os casais juntos e botei o Gaara em um quarto de hóspedes, só Deus sabe como eu vou acordar. Fui pro me quarto e apaguei.

   


Notas Finais


Espero que tenham gostado ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...