História Meu pequeno sonho - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Amor Paterno, Drama, Escolhas, Jikook, Jungkook Paizão, Kookmin, Romance, Vmin
Exibições 161
Palavras 1.438
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi demorei, mais estou de volta *-*, espero que gostem do capitulo, e que me desculpem pelos erros horríveis, essa historia é muito legal de escrever, achei interessante colocar o Jungkook como pai do Jimin, avizando vai ter Incesto sim, leve mais vai ter.. Deixa de falatorio e vamos ao que realmente interesa.. (^o^).. Estou escrevendo pelo celular 🙇💘 sorry ******

Capítulo 2 - Capitulo 2


Fanfic / Fanfiction Meu pequeno sonho - Capítulo 2 - Capitulo 2

Jeon Jungkook um jovem rapaz, recém formado em gastronomia, no auge dos seus 20 anos, Jungkook já se imaginava sendo pai de uma criança de meia idade, de seus 10 a 12 anos. Não, Jeon não era casado e nem namorava ninguém no momento, apenas queria ser pai, era um desejo um tanto incomum para um jovem da sua idade, mais não podia deixar de lado esse sonho, não iria ser fácil ser pai solteiro. Mais acreditava que poderia arriscar

Nesse momento estava descendo as escadas de sua residençia, estava bem vestido. Tinha que dar uma boa impressão ao orfanato que iria visitar naquela manhã. Pegou as chaves do seu recém comprado carro novo, abriu a porta de entrada de sua casa de classe media, Jeon ganhava bem em seu novo trabalho. Estava finalmente fazendo oque gostava e oque havia dedicado alguns anos para tal 

Com a porta do carro aberta, e celular em mãos, Jeon já disgava o número bastante conhecido por si, só esperava que seu velho amigo tivesse uma boa noticia a lhe dar 

[Alo, Jungkook?. Pensei que não iria me ligar mais, esta ansioso?] 

A risada divertida de Hope pode ser ouvido pelo mais novo, Jungkook girou a chave do carro ligando o mesmo, rolou os olhos. Seu amigo adorava tirar uma com a sua cara, Hope era o responsável pela Pesquisa de orfanatos na região, o mesmo ficou surpreso ao saber do desejo um pouco incomum do velho amigo, mais não recusou ajudar. Seria ate divertido ver Jungkook se atrapalhar com uma criança 

[Não torre minha paciência Hope, já tem o indereço e o nome exato do local pra mim?] 

Oque Jungkook tinha de profissional, ele tinha de impaciente, não o levem a mal, mais trabalhar 10 horas por dia sem parar nem para um suco, era extremamente estressante 

[Calma Kook, pra sua sorte eu sou ótimo em tudo que faco, por Isso eu estou não só com o indereço, como também o nome da responsável pelo orfanato, ele fica em Busan lado leste, e o nome da responsável é Kim  Jin, obrigado. Dinada] 

Hope fez uma pequena brincadeira sorrindo bobo no final, Jungkook não ligou muito pra Isso, apenas anotou os dados. Era um pouco longe de onde morava, mais quem sabe ele não acharia seu futuro filho lá 

[É um pouco longe ne Hope, mais obrigado de verdade, sei o quando se esforçou pra me ajudar. Soube que ate brigou com o Yoongi por minha causa. Desculpe] 

Jungkook ouviu um suspiro cansado e descontente do outro lado. Hope e Yoongi eram amigos e ficantes, os dois eram loucamente apaixonados um pelo outro, mais não admitiriam Isso nunca, Yoongi tinha um certo ciumes de Jungkook. O moreno não entendia porque, já que estava bem na cara que Hope só tinha olhos para o maior

[Não quero falar daquele estupido, as vezes eu odeio ele] 

Jungkook percebeu o ton triste do amigo, as vezes queria trancar os dois em um quarto escuro e pequeno, só pra ver se os dois paravam de fazer cu doce e diziam de uma vez por toda que se amavam 

[Sei. Eu sei o quando você odeia o Yoongi, não seria ao contrio essas palavras] 

Foi com uma pitada de divertimento que Jungkook ouviu seu amigo bufar e lhe responder um vai se foder, extremamente irritado 

[Já disse para de falar, no você sabe quem, quando conseguir oque procura me liga, to doido pra conhecer meu futuro sobrinho. Beijo ate]

E a chamada foi encerrada, Jungkook suspirou pisando firme o pe no acelerador. Seu filho teria os tios mais estranhos e bipolares do universo, porque Yoongi também era seu melhor amigo..

 

 

Passado algumas horas o jovem de 20 anos, esta sentado em uma cadeira de frente para uma mesa media, as mãos de Jungkook suavam, e seu coração estava aflito e nervoso. A mulher olhava algumas fichas de crianças, seus olhos curiosos se focaram em Jungkook

"Sr.Jeon, nos não temos o perfil exato que o senhor quer, mais posso lhe mostrar algumas crianças. Elas são lindas e quem sabe o senhor não goste de alguma delas, mais antes poderia me responder algumas perguntas?, sabe são normas , se caso escolher alguma criança, preciso saber para quem estou entregando a mesma "

Jungkook olhou a mulher um pouco sem jeito, 

" Mais é claro, pode fazer "

A mulher sorriu para o rapaz, no fundo não intendia porque um jovem de bela aparência, queria ser pai tão cedo. Ainda mais de uma criança mais velha, a maioria pedia bebes, ou crianças ate 2 anos 

[Pois bem Sr.Jeon. O senhor na área de gastronomia?, vejo aqui em sua ficha que já terminou sua faculdade, cedo não é? "

Jungkook engolindo em seco começou a responder as perguntas.. Não sabia que adotar seria uma experiençia tão intensa pra si, 

" Sim, me formei ano passado. Eu fui um pequeno prodigio, terminei meus estudos do ensino médio muito cedo, algo quase inacreditavel. Sim trabalho exercendo minha profissão de formaçao "

A mulher pareceu ficar satisfeita, 

" Tem algum antecedente criminal? "

Jungkook quase ingasga com a pergunta, 

" N-não, claro que não, sou um cidadão limpo com a justiça "

A mulher novamente pareceu satisfeita, levantou da mesa, pegou a ficha de algumas crianças. Olhou para Jungkook sorrindo 

" Muito bem Sr.Jeon. Me acompanhe "

Jungkook levantou da cadeira um pouco tremulo, aquela era a hora de colocar tudo que havia planejado em pratica.. seguiu a mulher pelos corredores do imenso orfanato.. 

[***] 

" Eu sinto muito Sr.Jeon, não foi dessa vez "

Jungkook voltava junto a responsável do orfanato um pouco cabisbaixo, ele havia estado agora pouco com varias crianças, meninos e meninas, todos lindos e adoraveis. Mais nenhum havia realmente chamado sua atenção, havia tocado em seu coração 

Em nenhum deles Jungkook havia visto seu futuro filho ou filha. 

"Tem certeza que não achou o seu escolhido em nenhum deles Sr.Jeon? "

A mulher tentava de alguma forma conformar o jovem rapaz, Jungkook a olhou.. 

" Não, todos são lindos e especiais do seu jeito, mais eu não achei oque eu estava procurando em nenhuma delas, bom eu vou indo. Se tiver noticias de alguem que você acha que eu querer conhecer me ligue, meu número esta na minha ficha "

A mulher sorriu confiante para o maior 

" Com toda certeza eu irei ligar Sr.Jeon, não perca as esperanças meu rapaz "

Jungkook apenas sorriu fechado, logo saindo da sala da mulher, e indo embora... Pelo visto seria mais difícil do que imaginava encontrar um filho.. O seu filho 

 

[***] 

" Não fica assim Kook, logo você encontrar o seu pequeno "

Jungkook estava na sala de estar da casa de Hope, o loiro fazia uma leve caricia nos cabelos negros do melhor amigo. Jungkook estava arrasado, nunca pensou que se sentiria assim no primeiro dia de procura por seu futuro filho ou filha.. 

" É. Mais e se eu nunca achar o meu filho, eu vi hoje tantas crianças Hope, e nenhuma delas foi capaz de me tocar de um jeito único e especial. "

Hope  pegou a mão de Jungkook, o ato fez o maior olhar o melhor amigo 

" Você vai encontrar, basta continuar Jungkook "

O maior sorriu de leve, sim ele iria continuar 

 

 

 

 

 

 

 

Mais uma vez Jungkook estava no mesmo orfanato de uns dias atrás, a mulher chamada Jin estava a sua frente mais uma vez, mais dessa vez a mesma tinha um sorriso impolgado nos lábios manchados de batom rosa 

"Eu acho que dessa vez tenho alguem que você vai gostar "

Jungkook sentiu novamente suas mãos suarem , e o tipico nervoso correr por suas veias 

" E esta esperando oque para me mostrar "

A mulher pra, e saiu na frente, Jungkook a seguiu mais uma vez... Não queria se decepcionar mais uma vez.. 

Os dois chegaram em uma área livre, era um jardim bonito, Jungkook ainda não havia estado ali antes.. 

" Ali esta ele "

Jungkook estava distraido, mais virou o rosto bem na hora em um garoto ruivo era abraçado por outra garoto, um pouco mais alto que si, o ruivinho sorria abertamente, deixando seus olhos como duas meias luas.. O coração de Jungkook falhou uma batida... 

O sentimento que pensava em sentir quando encontrasse seu filho, se fez presente. 

"E então, oque acha? "

A mulher sorria ao seu lado, e Jungkook não conseguia tirar os olhos do pequeno ser que agora corria atrás do outro garoto, suas bochechas grandes e fofas eram encantadoras.. 

Aquele era o seu filho.. Jungkook o ruivo, eu sairia dali sem ele...

 

 


Notas Finais


Oi espero que gostem *-*, anjos queria saber uma coisinha, estou doido pra fazer uma Taehyung ×Hope, mais eu não e
Sei , eu um enrredo bem legal pra historia que quero envolver os dois. Tipo um romance entre amigos, algo como o dois serem loucamente apaixonados um pelo outro, mais não querem admitir de forma alguma, muito ciumes e amor entre eles, to impolgado, acho que vou posta-la agora, *-*.. Mais antes me digam, eu faço ou não? 💚. . A detalhe vai ser apenas dois capítulos.. Beijo 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...