História Meu pequeno suicida - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Visualizações 53
Palavras 593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Amigos? Amigos


Fanfic / Fanfiction Meu pequeno suicida - Capítulo 7 - Amigos? Amigos

 Jungkook pov's On

Retiro os caquitos e coloco curativos. Olho pela janela aberta do meu quarto, respiro fundo e pulo ela. 

Saio correndo o mais rápido possível e sem saber para onde estava indo até eu me esbarrar em um menino e nois dois cair de bunda no chão. O seu capuz cai,  mostrando seus lindos cabelos castanhos.

V: Você é cego?

Gaguejo sem saber o que falar e ele me interrompeu com um ar pesado saindo de sua boca. Me olha sério e se levanta.

V: O gato mordeu sua língua? Ou foi eu?

JK: N-Não Coro

V: Desculpa pela grosseiria , é que eu fiquei nervoso com a correiria... Ele Coça a nuca e estende a mão em minha direção Quer ajuda?

JK: Obg pego na mão dele me ajudando a levantar e limpo minha bunda que estava suja 

V: Pq estava correndo?

Jk: Estava fugindo de meu pai 

V: Ele te bate muito?

JK: Tanto que nem dá pra contar no dedo

Ele riu e eu também. Primeiro garoto que conheci sem ter problemas. Ficamos andando um pouco em quanto contávamos nossos problemas , foi tão bom desabafar. Faz tempo que não faço isso , desde que sai de Seoul.

V: Então você namora?

JK: Quem iria namorar um perderdo como eu?

V: Então gosta de alguém?

Coro na hora e ele rir de minha cara. Conversar com ele parecia sermos próximos,  até demais. Passamos por uma loja de conveniência , compramos algo pra comer. 

V: Amigos? Levanta o dedo mendinho em minha frente 

JK: Amigos Faço o mesmo estrelaçando seus dedos no delê com um sorriso 

Anoitecer vou embora por conta de meu pai , claro que eu e o Taehyung trocamos números.

Voltando teria que tomar cuidado , pulei novamente a janela já que nas minhas horas livres praticava Parkour e entrei no meu quarto. Ouvindo a porta abrir detei me rapidamente na cama fingindo dormir , a porta se abre completamente e uma pessoa se senta ao lado da minha cama.

JJH: Te ver dormir é tão traquilo...

Acaricia meus cabelos. Meu pai nunca havia me tocado assim antes sem estar me machucando estranho , deve estar bêbado. 

JJH: Queria tanto que sua mãe tivesse aqui , para dizer quanto me arrependo disso tudo...Desde que seu irmão morreu , eu sempre te maltratei pondo a culpa em você e não só em você em sua mãe

Uns pingos de água cai sobre meu rosto e eu tentando me conter para não chorar. Não conseguia ouvir algo sobre meu irmão e chorava.

JJH: Queria deixar de te maltratar Jungkook mais eu não consigo , eu simplesmente não consigo... todas as noites choro e repito a mim mesmo "Por favor se controle e não o bata" Mais é impossível... se deita no meu braço ainda chorando Eu queria conter minha raiva , repetindo na minha mente que te amo e nenhum pai é  capaz de fazer isso com o filho , só que este lado de psicopata está sempre ligado e não consigo me conter em sua frente 

Lágrimas caem um pouco de meus olhos. Meu pai chora em minha frente pedindo perdão sem ao menos saber que estou acordado ouvindo tudo. Finalmente tive coragem e abri os olhos lentamente chorando repetindo.

JK: P-Pai...Pa-papai Ele me abraça com força com muita força 

JJH: Me desculpa meu filho , desculpa mesmo Seus braços apertame minhas feridas ,só que não ligo

JK: Pai... Choro que nem um bebê pedindo atenção 

JJH: Eu te amo meu filho ,por favor me perdoa por tudo 

Retribuir seu abraço com um pouco de dificuldade por causa de seus apertos e aprofundo meu rosto em seu pescoço.


Notas Finais


Desculpa pelos erros...
TIAU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...