História Meu pesadelo... ou meu sonho??? - (Ivvy) - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Visualizações 26
Palavras 1.055
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


LEIAM AS NOTAS FINAIS

EU SEI QUE A IMAGEM É DEPRESSIVA, MAS FAZER OQ??

Eai galero?

Bora ler???

Capítulo 31 - I ate too much


Fanfic / Fanfiction Meu pesadelo... ou meu sonho??? - (Ivvy) - Capítulo 31 - I ate too much

 LEIAM AS NOTAS FINAIS

   - L-Latrissa... - Eu me levanto da cama enquanto olhava a mulher com o semblante de decepção para Jimin, que estava de cabeça baixa. - Desculpa... e-eu, não tive a intenção de...

    - Você se arrependeu? - Jimin levantou a cabeça para me encarar. Seus olhos eram de curiosidade e de dor.

Aish!! Jimin, não complica!

    - Jimin... isso não facilita pra mim, você sabe, né? - A voz rouca da mulher ecoou no quarto. Jimin a ignorou e puxou minhas mãos me fazendo encarar o mesmo.

    - Você se arrepende de ter dito aquilo também? - Eu estava ficando louca. O que eu poderia falar? A atual dele estava observando tudo. Meu senhor, Jimin o que deu em você!?

    - Jimin... - Sussurrei

    - JIMIN VOCÊ NÃO ESTÁ AJUDANDO NEM VOCÊ MESMO!! - Gritou a gringa. - VOCÊ NÃO PODE AMAR ELA! NÃO PODE!

    - E VOCÊ ACHA QUE EU QUERO ISSO?! FINGIR NÃO VAI FAZER NADA MUDAR LATRISSA!! - Ele se vira para a mulher, parecia nervoso.

Eu não estava entendendo absolutamente nada. Aquilo era estranho...

Hobi apareceu na porta, e sem querer se meter na confusão, andou de manso até mim e agarrou minha mão, me tirando daquele lugar.

Após sair do quarto, ele fecha a porta deixando o casal lá sozinhos.

    - Eles precisam disso. - Ele me olha. - Você está bem?! - Hobi brinca com minha franja.

    - Sim, obrigada Hobi oppa!! - Dou um sorriso meigo, contagiando o rapaz.

    - Vem, vamos ver os outros rapazes. Todos estão preocupados com você! - Ele passa o braço pelos meus ombros e me leva para a sala, onde estava todos os Park's e amigos meu e do Jimin, que vieram pra viagem.

    - Anaaaaaaaa!!! - Taetae me vê e corre até mim me abraçando. - Aigoo!! Você está bem?

    - Estou sim! Desculpa fazer vocês se preocuparem comigo!! - Sorrio abraçando o Tae de lado. Vejo o Jungkook cruzar os braços e fazer um bico manhoso.

    - Heyy!!! Eu que sou o bebê do grupo! Você tem que me dar mais carinho do que os outros!! - Eu dou um risinho baixo.

    - Vem cá então, bebêzinho!! - Estendo os meus braços pra abraçar ele mas Taetae abaixa meus braços.

    - Nãoo!!! Eu sou o único bebê dela, sai fora! - Ele me abraça forte e eles começaram a discutir como duas crianças, eu começo a rir da situação.

Eu sou a mais nova entre eles, como pode eu ser a mãe?!

...

Sentada no sofá-cama da sala central, com duas cabeças em cima do meu colo: Jungkook e Taehyung. Ambos estavam dormindo que nem anjinhos enquanto eu assistia Bob Esponja na grande telona à minha frente, foi aí que me bateu aquela fome.

Deitei a cabeça dos meninos no maior cuidado em cima das almofadas e caminhei até a cozinha. Abri a geladeira e peguei um refri e um pedaço de hambúrguer, estava morrendo de fome, não havia comido quase nada no café da manhã.

Quando fui esquentar o hambúrguer no microondas escuto uma voz masculina atrás de mim, me fazendo virar de imediato

    - Que susto! - Ponho minha mão no peito.

    - Ana... me responda sem mentir, você se arrepende de ter dito aquilo? De ter tido relação comigo? De ter me beijado? - Jimin parecia estar com medo da resposta.

    - Não. - Digo naturalmente sem exitar. - Mas você perguntou isso na frente da sua atual, o que queria que eu fizesse?

    - O que importa? Deveria ter me respondido.

    - Eu poderia acabar com o seu relacionamento se tives... - Sou interrompida por um abraço do mesmo.

    - Eu não me importo com ela, eu quero você! - Disse contra meu pescoço - Eu vou terminar com ela pra ficar só com você... - Seguro em seus ombros e o empurro um pouco para me encarar.

    - Não, isso tá errado! Você a trouxe como namorada, se terminar com ela aqui, o clima não será agradável... - Dou uma longa pausa. - Não quero estragar tudo de novo... - Quando ele ia dizer algo, o bip do microondas toca insinuando que o hambúrguer estava pronto. Pra não ficar naquele clima, eu me viro e pego o lanche me sentando na bancada da cozinha, tiro o celular do bolso e ponho em cima da bancada. - Vem, vamos comer juntos...

    - Estou sem fome... - Ele se senta do meu lado.

    - Pois eu estou morrendo de fome, não consegui comer direito hoje cedo. - Falo comendo do lanche. Recebo uma mensagem e ignoro tomando do suco.

    - Não vai ver quem é?

    - Estou lanchando, faço isso depois.. - Ele se inclina em direção do celular.

    - É o Hiroto. - Ele me olha sério e eu faço um expressão surpresa.

    - Sério?! - Pego meu celular e abro a mensagem:

  [Hiroto: 2 semanas longe e nem lembrar de seus amigos você lembra né? Nem mensagem pra sua mãe você mandou]

Dou um pequeno sorriso e começo a digitar.

    - Você gosta dele, não é? - Jimin pega meu suco e beberica um pouco dele.

    - Gosto, ele foi meu primeiro amigo depois de um tempo. - Tomo o copo da mão dele e bebo também. - Ele é uma das melhores pessoas em minha vida.

    - Hmm... que bom. - Olho pra o ser de lado.

    - Isso é ciúmes?

    - Porque você acha isso? Não disse nada.

    - Ah, só imaginei...

    - Você já teve algo com ele? - Logo me vem o flashback do motel. Eu mexo a cabeça tentando afastar aquilo. - Esquece... - Ele suspira e eu sinto um enjôo e ponho a mão na boca. - Ana? - Ele me encara preocupado e eu me levanto e vou correndo pro banheiro.

Todo o lanche que eu havia acabado de comer estava no vaso. Enquanto eu vômitava, Jimin segurava meus cabelos, ele parecia muito preocupado.

    - Você está bem? - Pergunta assim que eu dou descarga e eu afirmo com a cabeça. - Escove sua boca, irei fazer algo saudável pra você comer. - Diz e antes de sair do banheiro ele beija minha testa.

Me sento na tampa da privada e suspiro.

    - Oh meu Deus... o que eu faço?!

LEIAM AS NOTAS FINAIS


Notas Finais


Eu vi gente falando o nome da Latrissa errado hein. Gente ela é norte americana, não é Larissa, se fala *Latuíssa*, não exatamente, mais ou menos assim ksksks.

Gostaram? Enton me provem que sim: comentem o que acharam do capítulo, se essa história tiver 30 favoritos eu faço um especial.

Me mandem perguntas que vocês queiram que os personagens da fic respondam, pra qualquer personagem, e quantas perguntas quiserem.

Me diz se vocês apoiam!! Me mandem as perguntas pros personagens!! Tem que bater ao menos 30 favoritos.

Byeee <3 Amos vcs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...