História Meu primeiro amor - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Taylor Swift
Exibições 85
Palavras 1.624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Praia


Fanfic / Fanfiction Meu primeiro amor - Capítulo 18 - Praia

Após o término entre Camila e Lauren ambas estavam infelizes com a situação, mas infelizmente não tinha o que fazer. O tempo foi passando e logo chegou as férias do meio do ano, a latina não aguentava mais ficar longe de sua amada, e como estaria longe dos olhos de Taylor resolveu ligar.

-Alô?

-lolo

-Camz? é você mesmo?

-sim meu amor, eu não aguentei de saudades suas, não aguentava mais te olhar e não poder falar contigo a não ser na aula

-eu também não aguentava mais, mas tentei me manter firme

-agora que estou de férias poderíamos nos ver

-sim, basta termos cuidado para que nenhum dos alunos nos vejam juntas

-onde sugeri o encontro?

-hoje a noite, tenho uma casa de praia no litoral, convence seus pais a te deixar passar a noite?

-vou convencer, a noite te vejo então

-19:00 eu espero de carro na esquina de sua casa

-ok , vou aguardar ansiosamente

POV CAMILA

Quando o sentimento é grande demais não dá pra esquecer por mais que se tente, não adianta negar, você até pode, mas n]ao vai conseguir por muito tempo, estou tão feliz e ansiosa porque vou encontrá-la.

-mãe, quero conversar algo contigo

-o que foi filha?

-sabe a Lauren?

-sim, o que tem ela?

-me deixa dormir na casa dela hoje?

-mas filha eu tenho medo, e se alguém ver vocês?

-não vai mãe, teremos cuidado, estamos afastadas faz semanas, só falei com ela o necessário na aula e só, por favor.. me deixa ir?

-tá bom, mas cuidado ok?

-pode deixar, obrigada! eu te amo

-eu também te amo

Passei a manhã e a tarde no quarto ensaiando uma música para dançar pra Lauren caso eu tivesse oportunidade, assim o tempo passou rápido e eu logo fui tomar meu banho, passei meu melhor perfume, me arrumei toda, coloquei em uma mochila uma muda de roupas e fui para a esquina de minha casa quando o relógio marcou pontualmente 19:00 da noite, ela já me esperava, abri a porta do carro e a vontade que eu tinha era de beijá-la mas seria um risco fazer isso, então me contive

-Oiii, boa noite! você está linda -ela disse sorridente, mds que sorriso lindo! -pensei

-Oi Camz, boa noite! e obrigada, você que está ainda mais linda!

-vamos?

-sim

Ela dirigiu por poucos minutos e chegamos a uma pequena, mas formosa, casa de praia, descemos do carro, ela acendeu as luzes da frente da casa, era afastada da pista e de onde as pessoas ficavam, era bem reservada. entramos e pude ver o quanto era um lugar aconchegante e organizado, ela me levou até o quarto para que pudéssemos guardar minha bolsa e enquanto isso foi tomar um copo d'água. passei a mão sob a coxa de cama de seda macia, pensando logo no que provavelmente aconteceria entre nós mais tarde nesse mesmo lugarzinho. sai do quarto e ela estava a minha espera

-o que vamos fazer?

-sugiro que a gente ande pela praia um pouco, descalças mesmo é ótimo pisar na areia fria

-eu sempre quis fazer isso sabia? via em filmes e ficava imaginando se um dia também faria com alguém

-pois é o que vamos fazer agora, igualzinho nos filmes

Ela me pegou pela mão e saímos, Lauren vestia uma calça preta colada que deixava suas pernas em total destaque, seus cabelos estavam soltos balançando com o vento frio, usava uma camiseta branca e um casaco por cima. andamos de mãos dadas no silêncio que a noite estrelada nos proporcionava, tudo estava em plena paz, não se ouvia barulho de nada a não ser do mar, não havia problemas, apenas eu e ela ali juntas!

-o que pensa em fazer futuramente Camz?

-faculdade de direito

-isso é muito bom! pretende cursar aqui mesmo?

-sim, e você o que pretende?

-continuar dando aulas que é minha paixão, e fazer um doutorado mais na frente

-vai conseguir, você é muito inteligente

-você também é

Andamos um pouco mais ai resolvemos nos sentar na areia mesmo

-queria que os dias fossem todos assim, calmos e sem perturbações

-eu também, seria perfeito

-eu senti a sua falta

-também senti muito a sua

Nossos olhares se encontraram e como se fosse em câmera lenta nossos rostos se aproximaram e nossos lábios se tocaram em um beijo apaixonado e calmo, pousei a minha mão direita em sua bochecha enquanto beijava seus lábios carnudos avidamente e sem pressa alguma, quando o ar se fez necessário, nossos rostos se separaram mas só por pouca coisa, encostei a minha testa na dela e passei a mão em seu rosto acariciando

-eu amo você Lauren, você é meu primeiro amor, e quero que seja o único da minha vida, você pode até achar que sou nova pra dizer isso, mas amor não tem idade para capturar nosso coração, e você tomou o meu para si

-você é maravilhosa! E eu também te amo!

Ela me puxou para mais um beijo e eu logo levantei da areia

-aonde vai?

-dar um mergulho, vem comigo?

-eu não, a água deve estar muito fria

-deixa de ser mole lolo, vem!

-vou ficar só de olhando

-ok então, chata!

Corri para a beira do mar que não estava tão violento, suas águas eram calmas e de roupa e tudo mesmo me joguei deixando que a água me molhasse por completa

-a água está ótima entra aqui -mentira a água estava congelando falei apenas para convencê-la

-tem certeza?

-sim, não está fria, pode vim!

Ela então tirou o casaco e entrou na água

-ai que frioooo!! -ia correndo de volta para a areia quando puxei seu corpo afundando-nos na água e quando emergimos tomei seus lábios junto aos beijos em um beijo frenético. saímos da água porque se não pegaríamos uma gripe, ela é tão fofa que me deu seu casaco e foi com frio até chegar na casa de praia, enxugamos os pés no tapete e entramos, ela entrou no banheiro para tomar um banho quente e quando saiu eu entrei.  cheguei no quarto e ela estava enrolada na tolha assim como eu, peguei em seu ombro e ela virou assustada

-que susto amor!

-desculpa baby

Ficamos em silêncio nos olhando quando ela de maneira inesperada puxou meu corpo para junto de si e me beijou, notei que ela estava completamente nua quando sua toalha caiu, eu tinha vestido uma calcinha antes de vir ao quarto mas meus seios estavam livres de sutiã

-deixa eu fazer uma coisa primeiro?

-o que Camz?

-dançar pra você, senta ai na cama -assim ela fez

(Música nas notas finais)

Me sentei em seu colo e comecei a rebolar conforme a música mexendo meu quadril devagar e segurando os cabelos de forma sensual, rebolei de forma mais sensual quando ela apertou as minhas coxas no momento que comecei a beijar seu pescoço sem parar com as reboladas em seu colo, já comecei a sentir a temperatura de seu corpo aumentando, sai de seu colo ficando de costas e sentando novamente sendo que dessa vez de costas, rebolei e ela logo apalpou minhas nádegas com força me fazendo suspirar, ela me agarrou apertando meus dois seios, quando voltei a dançar de frente pra ela Lauren me segurou em seus braços com minhas pernas entrelaçadas em sua cintura e me colocou na cama encaixando uma de suas pernas no meio nas minhas fazendo pressão sob minha intimidade, beijou minha barriga fazendo rastros até meu seio onde ela sugou e chupou deliciosamente um de cada vez

-uuhmm.. -dei um leve suspiro fechando os olhos para sentir o quanto era gostoso tê-la com sua boca chupando meus seios

-é gostoso? -ela perguntou maliciosa me olhando

-muito.. uuh.. continua

Já sabendo o quanto eu estava excitada pelos seus atos foi até a meu ponto sensível, meu ponto de prazer e passou seu dedo indicador brincando com meu clitóris e em seguida passou sua língua morna e úmida no local explorando de forma deliciosa, me fazendo sentir um leve arrepio, logo começou a sugar a parte de meu ponto de pulso

-oohh.. -gemi abrindo minha forma em formado de ''O'' -uuhm.. isso Laur.. continua .. não para amor!

Ela prosseguiu e logo tirou meu short e calcinha me penetrando com dois dedos o que fez com que eu arqueasse as costas involuntariamente, suas estocadas lentas logo se tornaram mais velozes, eu a sentia entrando e saindo de dentro de mim enquanto sua língua serpenteava sob meu clitóris.. não aguentei muito tempo e atingi meu clímax liberando meu liquido em seus dedos úmidos

-você tem um gosto maravilhoso -ela disse ao pé de meu ouvido e eu inverti nossas posições ficando por cima dela e beijando seu pescoço mas logo desci pra barriga porque lá eu não poderia deixar marcas, na barriga sim.. então dei leves chupões ali e apertei seus seios fartos e durinhos onde eu logo tratei de colocar a boca passando a língua por toda extensão

-hhum.. eu senti falta disso sabia? -ela falou entre gemidos

-eu também! -beijei sua boca e logo desci até seu sexo, por estar tão molhada notei que não precisaria mais fazê-la esperar e a penetrei rapidamente do jeito que ela gostava

-uuhhmm.. isso Camz.. mais rápido baby girl

Aumentei a velocidade de minhas estocadas, estoquei fundo e forte..

-ooohh isso.. assim..

seus gemidos me instigavam, era como cifras melódicas ecoando no espaço. chupei sua intimidade enquanto as estocadas prosseguiam, só diminui mais a velocidade quando senti as paredes de seu sexo apertar meus dedos e logo ela chegou a seu orgasmo

-uuuhhhm! -e suspirou mordendo o lábio

Nos deitamos na cama cobrindo-nos com o grosso lençol e me envolvi em seu abraço, dormimos de conchinha em baixo das cobertas quentinhas.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...