História Meu primeiro amor - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance, Yaoi
Exibições 24
Palavras 974
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oin pessoal, sua tia Girafa está aqui de novo com a última parte do flashback do Frank. O próximo capítulo já está escrito, irei postar quando o possível. Beijos da tia Girafa.

Capítulo 14 - Lembranças que deveriam ter sido esquecidas parte 3


Fanfic / Fanfiction Meu primeiro amor - Capítulo 14 - Lembranças que deveriam ter sido esquecidas parte 3

Lembranças que deveriam ter sido esquecidas parte 3

(Meu primeiro amor)

🌸🎈✨


Você é um menino tão gentil, adoraria que você se casar-se com a minha filha!


– Ou com o seu filho não? – Acabei pensando alto demais, e a sua reação foi uma surpresa


– Talvez fosse mesmo – eles riram como se eu tivesse dito alguma brincadeira, mas eu estava falando sério, voltei para o quarto e fechei a porta. Eu estava planejando ficar a noite toda acordado conversando com o Yuri mas ele tinha pego no sono, ele dorme como uma pedra. sentei ao seu lado e comecei a acariciar seu rosto, ele se remexe para os lados mas não acorda, estava muito divertido o observar enquanto ele dormia mas eu também já estava com sono, deito ao seu lado e fecho os olhos.


Estava tudo calmo, as folhas voavam ao vento, eu estava lá completamente nú apenas com uma folha que mau conseguia tapar o lugar, mas isso não vem ao caso. Eu estava completamente sozinho…e triste, eu era o único lá o que esse sonho estava tentando me dizer?


*No outro dia* 6:30 da manhã*


Acordo sendo balançado pros dois lados, era a Babi e ela gritava o meu nome.


– Frank acorda logo temos que sair. A Mamãe não está bem. Ela tá muito brava.


*Suspiro*


A única coisa que eu queria é a minha sogra com raiva de mim, levanto com dificuldade e vou para o banheiro, tomo um banho rápido e desço as escadas.


– Finalmente você acordou!  Estávamos todos esperando por você – ela se cala ao perceber que o Yuri me olhava diferente, de uma forma que ele nunca olhou para ninguém.


– vamos tomar café temos que sair para aproveitar, hoje é o dia em que ficaremos aqui. No Japão. Vamos voltar pra Flórida.


Naquele momento eu não consegui escutar mais nada, eu estava tremendo...vamos Frank fale alguma coisa, diga para eles que você não quer se separar do Yuri. Diga a eles que você o ama demais, mais do que qualquer coisa.


Eu não consegui dizer mais nada, eu fui fraco. Fomos para a praia mas eu não consegui curtir, não conseguia voltar para a realidade. Meu grande e primeiro amor iria se separar de mim.


Voltamos o mais cedo que o esperado, eu não consegui o olhar nos olhos. Pegamos nossas coisas colocamos no porta malas e fomos viajar de volta à casa.


2:01 da tarde*


Ainda no carro seus pais estavam falando dos seus planos para no futuro, quando o Yuri os interrompe


– mãe eu não quero voltar – todos se calaram, a Babi começou a derramar lágrimas dos olhos – Pai eu também não quero.


A mãe da Babi olha para o banco de trás com uma cara confusa


– porque vocês não querem ir meus bebês?


– mãe eu estou apaixonado, por uma pessoa e eu não quero deixar ela – diz Babi deixando Agatta vermelha como um pimentão.


– E quem é a garota filha?


– Garota!? – Até Hank o pai do Yuri se surpreendeu


– como você sab-


– A pelo amor de deus querida, eu sou sua mãe acha que eu não saberia se minha filha fosse hétero? E você Yuri, eu sei do jeito que você é seu amigo se olham, isso não é normal.


Todos se calaram e seguiram a viagem em silêncio. Chegamos lá 3:35, os pais do Yuri me deixaram em casa e seguiram para a sua.


*Celular tocando*


– Alô, quem está falando?


– Sou eu amor, a Carina


– Me deixa em paz eu já disse que eu não quero nada com coce!


– tudo isso por causa daquele menino? eu sei que você me ama!  ❤


– Para de ser idiota, não chegue perto dele. E nem de mim.


Desliguei e entrei dentro de casa, quando entro em casa ouço uma voz bastante familiar, era de uma garota, era muito irritante


– Oi amor, que bom que você chegou


– Cara sai daqui agora ou eu vou chamar a polícia


Minha mãe entra no meio da discussão – isso não é jeito de tratar a sua namorada! – Estava muito irritado com tudo que estava acontecendo, e agora isso?


– CALADAS AS DUAS, ME DEIXEM EM PAZ, SÓ CALEM A PORRA DAS SUAS BOCAS. EU JÁ CANSEI DE MENTIR, EU NÃO NAMORO ESSA DAI, ELA É COMPLETAMENTE DOENTE. EU NAMORO UM MENINO. UM LINDO MENINO QUE EU NÃO LARGARIA POR NENHUMA MULHER NESSE MUNDO, TALVEZ VOCÊ NÃO APROVE O NOSSO AMOR MAS EU O AMO DEMAIS E ISSO QUE IMPORTA, ESTOU SAINDO.


Sai correndo daquele lugar, estava chorando muito. Eu não consigo imaginar mais um mundo sem o Yuri. Um mundo sem o Yuri pra mim não é um mundo. É o meu pior medo, perder algo mais importante para mim.


– Oii amor como você está?


– por favor…agora não é uma boa hora


– Vanha aqui bebê vou te dar algo que vai te animar.


Ela estragou as nossas vidas, foi naquele momento que o meu pior medo se tornou real. Ela me beija e o Yuri chega bem na hora.


– Frank? – seus olhos estavam arregalados e cheios de lágrimas.


Ele sai correndo para casa, eu não estava acreditando que aquilo estava acontecendo. Era um pouco parecido com o sonho, só que dessa vez eu estava de roupas e bem...tinha uma cobra ao meu lado.


Sai correndo  entrei em casa e fui direto para o meu quarto. Eu e o Yuri ficamos uma semana sem nos falar e eu já estava ficando louco, eu não comia, não fazia nada além de chorar. Quando não aguentei mais fui a sua casa.


.Estava tudo fechado e eles já tinham ido embora. O Yuri então se tocou de que oque ele precisava de verdade era de uma amiga, que sempre ficou ao seu lado. Depois que descobriu a traição de Babi eles então decidiram ficar juntos e esquecer do passado. Mas ele esqueceu mesmo?

Flashback Off

– Então o Yuri voltou ao Japão e seu relacionamento com a Agatta se tornou melhor a cada dia, e eles viveram felizes para sempre.



(...)


Notas Finais


Comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...