História Minha namorada, é um Cara (Yoonmin) - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 191
Palavras 2.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


gente

lol esqueci
oque acontece, a,vida ta dificl tals
oq euto querendo dize e q n vai ter cap todo dia pq tenho escola e ta sendo dficil bicho
COMO ASSIM PRIMEIRO DIA DE AULA E A BIPOTATO JA TA RECLAMANDO VAI SE FUDE BIPOTATO

é vdd ue

Capítulo 21 - O joguinho que me levou a falência


[4 de Janeiro 10:14 ]

Literalmente, ParkJimin não foi parido pela vagina de sua mãe, e sim pela bunda. Fui cagado invés de parido.
 Sério, de um dia para outro Yoongi não melhorou necas, E Eu dormi pelo menos UMA hora por dia.

 



Ele tosse tanto, espirra tanto, Que eu duvido que ele não deixou curpir o seu jantar, Almoço café da manhã e orgãos do seu corpo.



Era na primeira semana de aula. E Bem, Perder um ano inteirinho não foi a notícia mais surpresa e agradável que recebi quando fiquei em condições de ouvir os cocôs que saem da boca do Yoongi quando ele está doente.  E Aguentar as professoras e professores rancorosos que deviam fazer competição de; Quem esfrega a bunda na cara do pobre aluno mais vezes.



Mas o Yoongi estar doente, e ter apenas um adulto irresponsável sim, essa notícia era surpresa, Quanto a isso Meu cérebro não estava preparado. Eram duas bocas para alimentar já não se bastasse uma que era difícil para caramba.


Eu ia pedir ajuda para Jin, que era minha mamãe, (em condições de quem me ama mais, cof cof) Mas ele já é ocupado de mais, Enquanto faz filhinhos com o Pai namjoon. 



Então eu decidi deixar meus dois pais em paz.
Eu estava nesse exato momento, sentado à uma cadeira de madeira de criança do Yoongi, que se recusou a não comprar isso por motivos de infância


Enquanto eu dava xaropes a Yoongi. eu não vou mentir, desejasse que aquela boquinha sugasse a minha língua não o remédio, Mas fazer-se oquê se eu não dasse na boquinha dele, aquele comprimido para ele, Talvez ele caía durinho em menos de 24 horas.


Resumindo, eu estava sendo a Empregada Particular daquele saco de batatas.
Inclusive, hoje de manhã, Eu havia comprado uma caixinha de docinhos; no qual Yoongi não iria negar de comer. Mas ele se usa diferente, é tipo assim; Duas pessoas que se amam (eu amo ele já o yoongi me amar não sei) Comer o mesmo palitinho até quebrar.



Mas é claro que meu pensamento era invertido.
Eu queria outra coisa, você sabe oquê.


– Yoongi, hoje de manhã quando você estava assistindo Desenho eu resolvi comprar um doce para nós dois comermos, – Eu me senti feliz; mas não era um ponto certo para me expressar. Eu havia pegado  a caixinha de Pocky, que era na verdade uma incentivadora de beijos.



– Olha oque eu tenho nas mããos, – Eu estava brincando com a caixinha enquanto Yoongi se afeitoava em meu rosto, Com uma expressão hm, vamos dizer, Bosta.


– Que merda é essa ParkJimin – sua voz estava acuada com tosse, então as duas se misturavam resultando uma bela catastrófe.


– É um docinho chamado pocky, São palitinhos que uma pessoa tem que comer enquanto a outra se aproxima, então como somos dois namorados, eu pensei que seria legal de minha parte brincarmos com isso – Eu sorri pegando um palitinho de pocky tentando o entalar nos lábios de Yoongi; que se permanecia imóvel e antipático.



– Eu estou enferrujado nisso. tem coisa aí – Ele sorriu, pela primeira vez no dia.


– Toma um palitinho, – Eu entreguei para ele o pocky, enquanto o hyung encaixava-o com cuidado a ponta do doce na boca, Não demorou um minuto e o outro lado já estava colado nos meus lábios, Eu estava comendo com receio e orando para aquela merda não quebrar, nos beijarmos e acabarmos transando no quarto.



Eu ia me aproximando, e fazendo de tudo para aquele palitinho não quebrasse, Então eu o vi deixar-se bem próximo de meu corpo, E colocando seus braços em repouso com meus ombros, Ele fechou os olhos e aquilo me fez criar mais um motivo de ser o melhor jogador de Pocky do mundo.



Mas no final de tudo, apenas ficamos um centímetro de distância para nossos lábios encontrarem a mesma textura, Mas o palitinho triscou, e quebrou logo em seguida.



Porra, eu quero beijar o Yoongi, e eu não vou desistir necas de tentar encostar aqueles lábios macios com uma textura incrível, e não será um, dois ou três palitinhos que irão se recusar; diante a isso.  e também, Não foi dessa vez que eu fui arrazador de corações.


Eu havia encarado o outro palitinho de Pocky colado aos meus lábios, E Yoongi desviava seu olhar para os simpsons que estavam passando na televisão.



Eu grunhi, para ele perceber que eu estava o esperando para o início de uma transa, Mas depois ele ficou sério e retirou aquele palito da minha boca, Quando eu iria dar alguma frase contra isso; ele me calou com seus lábios em uma textura incrível.


– Era isso que você queria? – Ele comeu o canudinho de chocolate, nem ao menos me dar um pedacinho, E Foi nesse momento que eu percebi que o lado doce dele também foi comido pelo próprio MinYoongi.



– Sim mas eu planejava outras coisas, como.. – Fiz o famoso sinal dos dedos abaixados, indicador levantado e o dedo indicador circulando a bolinha.


– Ah é? O Seu interior é mais fundo do que o buraco que caiu a alice, do País das maravilhas e você quer mais? – Ele jogou a fronha na minha cara.



– Ei, pare de zombar de mim. 


– Mas é verdade, nem na metade você aguenta, Agora boa noite  saia do meu quarto. – Ele se capotou em sua cama, se filtrando nas cobertas como se nada haviasse passado naquele momento, E Mais uma vez, eu fui reprovado no meu próprio teste de; Como seduzir MinYoongi.



Literalmente, quando ele se deitou eu queria dizer algo como, '' Só a cabecinha você coloca no travesseiro, mas em mim você coloca é tudo'' Mas não é todo dia que ele está de bom humor, e esse dia é hoje de exemplo.



Eu havia ficado tão, na merda que decidi assistir um jogo de futebol em meu quarto aleatório da tarde. Enquanto o jogo passava, Eu desejava plenamente que aquela Bola que os jogadores sem camisa chutavam, ser a minha cabeça e o gol fosse o Yoongi.


Você deve estar se perguntando, Por quê ParkJimin não foi para a escola nos últimos dias, Então.
Yoongi não pode ir para à escola e eu certamente serei a empregada Doméstica e particular dele. Então se ele não vai para a escola, eu sigo o mesmo caminho de vagabundo que ele.



Ele não poderia ir para a escola pelo simples fato que seu resfriado é Contagioso e meio povo da escola iria martelar minha cabeça dizendo coisas como '' Quem, é o idiota que não se preocupa com o próprio namorado?''



Dava para contar nos dedos quantas vezes Yoongi era uma gracinha e adorável comigo, Nem parecia que era um Godzilla em pessoa. Pelo amor de deus quanta raiva em uma pessoa só.



Não demorou um segundo quando eu estava em transe, quando minha barriga emitiu um som nada agradável. Eu estava com fome. Veio a minha mente.


Maça ou Doritos?
A Resposta é óbvia e úncia, Meu querido único e gostoso Doritos.


Eu havia me aproximado à cozinha, enquanto meu olhar mantinha-se no Yoongi, enquanto passava reto de seu quarto todo desarrumado. e pensando em como eu sou um ParkJimin nada saudável, Quando eu abria a geladeira só havia frutas exóticas e outras que eu nunca havia visto na vida para o famoso '' Regime '' do yoongi.


Eu havia pegado aquele doritos praticamente de uma semana atrás, deixado isolado no cantinho do armário, Se nem sequer Yoongi pegou para comê-lo só me resta eu. Nem verifiquei se havia alguma barata tomando férias na embalagem, Eu já havia corrido pro quarto, e me esparramado na cama.



Meu quarto estava todo desarrumado também, e eu certamente; o confundia com chiqueiro de porcos selvagens pré-adultos. Mas ele era especial; era o quarto Disney de ParkJimin,
Eu havia me capotado à cama com os lençóis desarrumados Um em canto diferente, Eu procurava forças do além para poder arrumar em seus devidos lugares; os lençóis transparentes do colchão.



Suspirei, e me levantei. Aquele doritos estava praticamente me olhando em cima da cômoda. Então eu decidi chamá-lo como meu filho. Enquanto arrumava os lençóis pasmados e amassados embelezando Meu segundo crush, a cama.



Mas é claro que em primeiro lugar Yoongi com sua arrogância e seu jeitinho fofo de me bater cria total atenção. Oque me irritava, era o fato dos lençóis serem tão inútils a ponto de um canto se soltar, enquanto eu ajeitava o outro.



Depois de minutos brigando com minha própria intuição, Minha cama estava boa.
Mas assim, pra quê arrumar a cama se eu for dormir de novo?

 



Mas uma coisa eu sabia, nunca perguntar isso para MinYoongi, por que concerteza ele iria chutar minhas bolas, Assim, Ele é o tipo de pessoa que nega-se a concordar com isso, enquanto Fala que sua casa tem que ser cheirosinha e arrumadinha como se morasse duas pessoas normais em uma casa.



Mas realidade da vida é essa mesma, Eu havia pegado meu filho em cima da cômoda e o abri.
Cara, naquela embalagem haviam apenas uma coisa de valor e que durasse muito.
O ar do doritos.


Sinceramente, daria para você se refrescar com esse ar, Só havia ar naquela embalagem, Mas o filha da pulta aqui adora se empanturrar de salgadinho e coisas salgadas; consequentemente a ponto de fazer mal e cagar para caramba mais tarde.


Bem, e se Yoongi me visse comendo isso, ele consequentemente iria enfiar essa embalagem na minha garganta. Ele havia dito para eu me empanturrar de Frutas e raramente de doces e coisas salgadas com muito sódio óleo, e essas coisas que fazem mal.



Mas aí bateu a sede.
A Famosa sede que não fica quieta até você tomar uma cachoeira de água, 


Mas emitiu-se um som de ''PARKJIMIN'' No corredor quando eu estava me preparando para pegar o copo d'água que ficava quilômetros de distâncias de meu querido quarto Disney.



Mas antes de tudo, eu digo isso por quê ele é todo infeitadinho com bonecos da disney, Como malévola mickey, e outros. Criança? criança mas não chega a parar de ser bonito.



Eu havia brotado no quarto do Yoongi, enquanto ele se apoiava-se diretamente para trocar palavras comigo, Ainda com a mesma reação de sempre; Bravo. que se torna arrogante.



– Me dá leite, chimchim? – Ele havia ficado com uma finura de voz tão adorável, que eu estava suspeitando de sua inocência,


– Qual leite amor? – Eu me sentei à beira da cama, E Nos meus pensamentos, minha voz tinha saído sexy e seduzente, a ponto de cairmos no chão em uma transa.


– Como assim qual leite o garoto? O Da caixinha, agora traz logo o meu leite antes que eu te faça lavar toda essa casa que você não meche um dedo para ajudar, Parece que até doente eu sou a empregada– tosse – DÁ MEU LEITE PARKJIMIN! –


E mais uma vez em anos, eu havia tomado no cu.
Indo para a cozinha, eu estava pensando onde iria meter a minha cabeça, Na verdade eu queria, Fazer faca quente versos a minha própria cabeça. 


Eu havia pegado uma caixa de leite, Que provavelmente deveria ter virado qualhada, e despejei o leite em um copo de vidro pequeno. Sinceramente, quem gosta de leite puro;? Próprio MinYoongi. E Ainda mais seria melhor até tomar leite mais novo, por quê fazem quase quatorze dias que aquela merda está decorando o centro da geladeira.



Nem eu, nem provavelmente Yoongi estava afim de dar uma passadinha no mercado, E enfrentar todos aqueles obstáculos de sol quente e calçada trocada por frigideira quente? Nem pensar, vou para o mercado novamente no dia de são nunca.

 


E Uma coisa Yoongi está certo, sobre meu interior ser mais fundo que o próprio buraco onde caiu a Alice e seu coelho, Mas assim eu iria sugerir depois que eu queria ser o ativo, mesmo não sabendo das mágicas que ele faz.



– Aqui seu leite, senhor bizerra min – Entreguei o copo de leite para ele, que o mesmo franziu seu cenho, com receio de me matar sufocado. e sem contar que minha expressão estava sôfrega e eu queria sair daquele quarto antes que perdesse a noção de tudo, Levando os travesseiros do Yoongi comigo.



– Obrigado, se amanhã eu melhorar você pode continuar lavando as louças, Lembra que eu te deixei de castigo? e ainda mais por beijar-me sem permissão, dois meses lavando a louça suja. Agora saia do meu quarto meu ParkJimin. – Ele pegou o copo bebendo, e eu fiquei de boca aberta só de ouvir ele sendo a pessoa mais rígida e chata do mundo.



Fazer oquê
Fui eu que escolhi ele. ele que me escolheu, E eu pretendo ficar com ele como dois casais bichos-preguiças, Ou até melhor, aqueles  velhinhos que alimentam pombinhas na praça.



Mas depois de um pombo filho da pulta cagar no meu ombro, Eu pensei melhor.
Casal de bichos preguiças um amarrado, à o outro é melhor.

 










 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...