História Meu primeiro e único amor (Jikook, V-hope, Namjin) - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jikook, Kookmin, Namjin, Taeseok, Vhope
Exibições 426
Palavras 795
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oieeeeen raios luminosos
Suavs?
Qualquer errinho é só avisar
E me desculpem se o cap ficou grande ^3^

Capítulo 44 - Duas semanas parece uma eternidade


***
- Foi muito legal! - Kookie exclamou como uma criancinha ao voltar de um passeio escolar. "Adorável, me come"

Inclusive, achei interessante o lugar onde fomos visitar, grande, e bonito, me senti em casa.

"Na-não Liza, deixa que a gente volta com o professor" Namjoon falou isso quando estávamos saindo da gravadora, e na verdade o professor de música já tinha ido embora à horas. Mentimos porque estava uma ótima noite e queríamos ser livres por umas duas horas.

- Semana que vem entraremos em férias... Os mais velhos não vão mais voltar a estudar... Não sei porque mas eu me sinto triste. - Taehyung comentou quando paramos para sentar nos bancos da pracinha.

- TALVEZ POR QUE NÓS SOMOS SEUS AMIGOS, KIM TAEHYUNG? - Suga jogou nele uma pedrinha pequena.

- Ei... - Apertei a bochecha do Kook, este sentado ao meu lado, no chão por que os outros ocuparam os bancos mais próximos, e...

"Não sobrou lugar"

"Sas galinha que que chamo de migos -_-"

- Não vamos ficar muito tempo sem os Hyungs - Hoseok abriu um largo sorriso - Vocês vão ter que continuar com os treinamentos... E vão ter que voltar. - Fez uma dançinha com os braços.

- Aham, que bom, porque vou sentir muita falta de todos. Esse ano definitivamente foi o melhor - Namjoon disse, e como o esperado, todos concordaram.

"Por que foi nesse ano em que começou as coisas boas" e na minha vida, isso chegou da melhor forma possível.

"Jungkook"

- Que fofos - Jin fez um coração com as mãos - Mas vamos voltar pro colégio, antes que a diretora pense em ligar pra Tia Li.

***
É complicado, moro em Busan, minhas férias eu vou ter que passar lá, mesmo que por duas semanas isso vai ser tão dolorido pra mim, pois até a conversa que tive com os garotos eu não havia pensado em como seria ficar longe do ursinho.

"Eu não tô bem"

Vou estar longe dos beijinhos depositados na minha bochecha, longe dos beijos intensos e demorados, longe dos toques delicados... Sinto que é exagero da minha parte, mas como ele mesmo disse ao entregar o presente a mim, "Você faz parte de mim".

"Agora eu tô morrido"

- Você tá quietinho Hyung... - Se deitou ao meu lado na cama - O que houve?

- Não precisa me chamar de Hyung ursinho... Sou seu Jiminie - Virei meu rosto para o lado, e o fitei.

- Okay - Assentiu sorrindo.
Levantou o tronco se apoiando na cama com os cotovelos e me olhou com aquele ar de curiosidade.

"Jiminie imbecil" xinguei a mim mesmo "Tu não respondeu a pergunta do menino"

- Jin e Nam vão morar juntos ano que vem... Min Suga já tem trabalho garantido na loja do pai, Tae e Hob vão passar as duas semanas de férias na praia... Juntos... - A última palavra foi a resposta para a pergunta "onde é que você quer chegar?"

Ele suspirou e se sentou encima de mim, com seus joelhos nas laterais do meu corpo. Pelo rostinho dele, pelo sorriso que  se desfez em seu rosto, eu percebi que ele também não estava bem com isso.

- Não vamos ficar longe um do outro pra sempre... Duas semanas Minie. - Segurou as minhas mãos fazendo as mesmas baterem palmas. - Ainda assim é muito tempo, mas vou ouvir sua voz todo o dia pelo celular... E se você deixar de mandar áudios e mensagens... - Forçou uma cara brava que na verdade foi fofa.

"Awn *u* acabei de reviver"

- Venha aqui coisa fofa! - O puxei pela camiseta e como eu queria ele se aproximou, quase que caiu em cima de mim, minha sorte foi que ele se apoiou com as mãos na cama e diminuiu o impacto.

Sua boca agora próxima da minha, fez me lembrar da necessidade que eu tenho, de tê-la contra a minha. Sorriu ainda ali próximo e fechou os olhos para dar-me um selinho, que foi seguido por outro, e mais um. Tão cheio de amor. Passou levemente a língua no meu lábio inferior, pedindo passagem, tal que foi cedida rapidamente.

"Eu nunca me aguento"

"E é sempre como se eu estivesse flutuando", sentir aquele perfume doce ao mesmo tempo que sinto aquele gosto de frutinhas... Depois que provei disso, nada supera, nada pode ser comparado.

- Vamos ver nossas famílias, e vamos voltar a ficar Juntinhos... Vamos ter 1 filho e 1 cachorrinho, o que acha?
- E que tal mais um coelho,  pra aumentar a família? - Perguntei sorrindo. Acabei por rir da reação dele, tipo:

"Ah filhão, eu entendi as referências"

- Não... Ele não vai se chamar Kook - Falou enquanto me fazia cócFabiana barriga.

***


Notas Finais


Ansiosos para a segunda temporada???
Só digo uma coisa, vou caprichar ^u^
Bjundaaaaas!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...