História Meu primo Jay...(Incesto-Imagine Jay Park) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Jay Park
Tags Imagine, Incesto, Jay
Visualizações 948
Palavras 1.710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiii meus unicórnios!!!(ღ˘⌣˘ღ)

JÁ ESTAMOS COM MAIS DE 40 FAVORITOS EM APENAS 3 CAPÍTULOS(4 agora)!!!!\(^0^\)
MUITO OBRIGADA A TODOS OS FAVORITOS E COMENTÁRIOS TAMBÉM!

(~ ̄▽ ̄)~ E QUE VENHAM MAIS! ლ(´ڡ`ლ)

Capítulo 4 - Eita...


Fanfic / Fanfiction Meu primo Jay...(Incesto-Imagine Jay Park) - Capítulo 4 - Eita...

Após a briga com o Jay,titio voltou para o carro e seguimos até a minha futura casa.Realmente não entendo porque o Jay tem que ser assim comigo,por quê não podemos nos dar bem como dois primos normais?

[...]

 

- (s/n)!!! Que saudade eu estava de você!!/titia vem correndo pra me abraçar e eu retribuo a mesma.Sempre me dei muito bem com titia,ela era como uma segunda mãe pra mim,mesmo que eu a visse poucas vezes por culpa da distância.

 

- Eu também estava com saudades titia!

 

- Vem cá! Olha só como você cresceu! Já está um mulherão!/ela segura na minha mão e me roda,como se fossemos dançar.-Me conte tudo que aconteceu nesses últimos dois anos.

 

- Calma Omma,a (s/n) vai morar aqui agora,vocês vão ter tempo para conversarem./Jay fala abrindo a geladeira e pegando uma garrafinha de água.

 

- Tem razão bebê,a (s/n) deve estar cansada e com fome também eu suponho!

 

- Omma eu já tenho 23 anos não sou nenhum bebê mais!/Caralho! Tinha até me esquecido da nossa diferença de idade,às vezes ele age como se fosse mais novo que eu…

 

- Já disse que você sempre será o meu bebezinho!/Jay sai da sala revirando os olhos.- Você deve está querendo tomar um banho não é querida?

 

- Sim tia Park...A viagem foi um pouco cansativa,eu gostaria de relaxar um pouco.

 

- Como foi repentino a sua vinda pra cá eu não tive tempo de arrumar um quarto só pra você ainda.Contratei um pintor pra dar uma repaginada no quarto de hóspedes e deixá-lo mais a sua carinha,porém ainda falta alguns dias até a obra ficar completa e eu poder decorá-lo.Não sabe a alegria que você está me dando em vir morar conosco! Sempre quis ter uma filha,mas acabei só podendo ter o Jay,agora com você aqui será praticamente como se eu ganhasse uma!/Titia fala com o sorriso mais doce que alguém pode ter.

 

- Obrigada por isso titia! Mas não tem problema,eu fico em qualquer cantinho enquanto o meu futuro quarto ainda não está pronto.

 

- Que isso querida,qualquer canto não! Eu já conversei com o Jay e vocês vão dormir no mesmo quarto por um tempo./"AI misericórdia! Chama a mamãe!!!"

 

- N-no m-mesmo quarto?/falo meio assustada.

 

- Sim.Algum problema?

 

- Não titia,nenhum.../ Mas é claro que eu preferia dormir na casinha do cachorro a dormir no mesmo recinto que o idiota do Jay,mas depois de ver a animação de titia e tudo que ela está fazendo por mim,eu não poderia simplesmente fazer manha e dar mais trabalho do que eu estou dando.Além disso será só até o meu quarto ficar pronto!

 

- Ótimo! Agora vem cá que eu te ajudo a levar suas malas pra lá./ela vem me ajudando com as malas e me levando até o quarto do Jay,que ficava na andar de cima da casa,ou seja até subirmos com tudo isso vai dar trabalho!

 

- JAY PARK!! CADÊ A EDUCAÇÃO QUE EU TE DEI? VEM NOS AJUDAR A SUBI COM AS MALAS!/Titia pode até ser pequena,mas tem um voz alta...Jay vem até nós e pega a mala que cada uma de nós estávamos e as leva como se apenas tivessem penas lá dentro. Dá onde esse ser tirou tanta força? Ou sou eu que sou fraca?

 

A casa de titio era extremamente grande e bela,tanto por dentro quanto por fora.Bem que o papai me disse que ele tinha se dado bem na vida.

Cheguei até o quarto do mais velho e me admirei com a decoração e a arrumação também,tudo era tão arrumado,que nem ao menos parecia um quarto de alguém tão teimoso e enjoado.

 

- Vamos deixar suas malas aqui no canto querida,o banheiro é logo ali e também tem toalhas limpas lá.Depois do seu banho venha para jantar,okay?

 

- Sim titia,daqui a pouco estarei lá!/dou um sorriso e titia sai do quarto,ficando apenas eu e meu primo que estava sentado na cama mexendo no celular.

 

- Bom.. acho que eu vou indo tomar banho!

 

- Hum rum…

 

- Então?

 

- Então o que?/ele me olha confuso.

 

- Você não vai dar licença do quarto não?

 

- O quarto é meu e eu que tenho que sair?

 

- Aish! Eu vou tomar banho e quando eu sair pra trocar de roupa espero que não esteja mais aqui!/ Bato o pé no chão e saio em direção ao banheiro que ficava no quarto.

 

Tomo meu banho demorado,deixando cair sobre mim a água morna e me espumando com o sabonete.Começo a lembrar dos meus pais e o Kook,no qual mesmo que tenha se passado pouco tempo eu já estava com saudades.

Me enxáguo e pego uma das toalhas brancas que ficavam guardadas no armário do banheiro,que por sinal era bem espaçoso.Sai do quarto enrolada na toalha e olho ao redor pra ver se ele estava ali ou tinha saído.Não o encontro e vou em direção as minhas malas pegar uma roupa.Mas…

 

- Não posso acreditar!!! Que burra que eu sou!!!/vejo que aquelas não eram as minhas malas e sim as do Kai!

 

- Ainda bem que você sabe!/na mesma hora vejo Jay que estava sentado em um pufe em uma lado escuro do quarto.

 

- Eiii! Desde quando você está aí???

 

- Desde sempre,eu não havia saido!/ele fala com um sorriso irônico no rosto.

 

- Estava tentando me ver pelada??/falo assustada e tento segurar a toalha ao máximo possível.

 

- Óbvio que não,você não é algo que me interesse tanto assim.Não sai porque já disse que o quarto é meu,se quiser trocar de roupa entre no banheiro.

 

- Tá bom eu entendi! Só tem um pequeno problema.../falo baixo tentando esconder a vergonha.

 

- E qual é?

 

- Acho que eu troquei minhas malas com o Kai e não tenho o que vestir…

 

- Fique pelada então!/ela fala rindo da minha cara e dá situação vergonhosa na qual eu me encontrava.

 

- Aish! Bem que você podia ser um primo bem mais compreensível Jay! O jeito é vestir alguma roupa do Kai enquanto eu arrumo um jeito de destrocar as nossas coisas./Falo tentando achar alguma coisa que caiba em mim na mala dele e acabo encontrando as...cuecas e coro na hora,se eu estou vendo as cuecas dele isso significa que o Kai pode estar fuçando minhas calcinhas nesse mesmo momento!! “Que vergonha!”

 

- Toma!/Jay joga em mim algumas roupas na qual eu vejo ser uma camisa branca que provavelmente me daria um vestido curto e uma cueca box. Pera...QUE?

 

- Já que quer vestir roupas de homem vista a de um de verdade./ ele sai do quarto entrando no banheiro batendo a porta.

 

Começo a vestir as roupas e como eu esperava,ficou muito curta.Se eu lavantasse os braços minha linda bundinha ficava de fora! Aish!

 

- JAY??/encosto minha cabeça na porta do banheiro e grito o nome dele.

 

- Fala magre.../ele abre a porta e me fica paralisado ao me ver naqueles trajes.Enquanto eu fico estática ao vê-lo só com a toalha amarrada na cintura.

 

“Desde de quando meu primo é tão gostoso? Não...eu devo estar doida,só de pensar nisso!”

 

- V-você fez tatuagens?/tento quebrar o silêncio com alguma coisa,mas percebo que foi uma pergunta idiota.Agora ele vai saber que eu estava olhando pro corpo dele...aish que burra!

 

- E você fez academia?/ele pergunta me olhando de cima a baixo.Confesso que não tenho lá aqueles corpões das brasileiras,mas o que eu tenho já é considerado bom o suficiente aqui na Coréia,sem contar que nos últimos dois anos que ele não me viu eu dei uma acelerada no crescimento digamos assim.

 

Continuamos parados apenas um olhando pro outros,passando os olhares pelos corpos um do outro.Que espécie de coisa eu estou sentindo agora? É como se eu não conseguisse desviar o meu olhar,e quanto mais eu tento me afastar sou ainda mais atraída. Tenho que voltar aos meus sentidos!

 

- É que...a camiseta ficou um pouco curta./falo corando sob o olhar no qual ele se destinava a mim e puxo a camiseta pra baixo na tentativa de deixá-la mais longa.

 

- Tem algumas calças ali naquela gaveta,eu...quer dizer você...Aish… Se vira!/Ele volta pro banheiro.

 

P.O.V Jay

 

O que eu estou fazendo...Ela é minha prima! Apenas minha prima mais nova,não pode ser nada mais,nada menos do que isso.

Mas porque eu não consigo me controlar?

 

P.O.V (S/n)

 

Depois que eu encontrei a tal gaveta de calças,vesti uma moletom e desci pra cozinha para o jantar.

 

- Que estranho.../Vejo titia olhar pra mim com uma expressão confusa.

 

- Algum problema titia?

 

- Eu podia jurar que seu primo tinha uma roupa igual a essa!/olho pra ela e começo a rir.

 

- É do Jay titia! Eu peguei emprestada por hoje.Minhas malas foram trocadas com a do Kai./ela entende e começa a rir também.

 

- Mas quem é Kai?

 

- É um garoto que eu conheci no avião,acabamos virando amigos e por distração pegamos as malas erradas.

 

- Acho que me lembro desse nome de algum lugar...Por acaso é Kim Jong-in?

 

- Sim.Esse mesmo! A senhora o conhece?

 

- É claro! Ele é filho de uma amiga minha,um excelente garoto! É um bom partido se já estiver procurando por alguém,além de ser um tremendo gato! /titia me olha com um sorrisinho safado e eu tento não rir das palavras dela. Essa é a melhor tia que eu poderia ter!

 

- Para de dar mal exemplo pra ela omma./Jay brota na cozinha entrando na conversa e se senta para comer seguido de titio que se senta ao lado.

 

[...]

 

Terminamos o jantar e ajudei titia com as louças,não me sinto bem morando aqui de favor e não ajudando em nada.Farei o possível para colaborar no que for preciso.

 

- Terminei titia! Obrigada pela refeição,estava ótima! Espero também poder cozinhar como a senhora algum dia.

 

- Que isso querida! É só me dizer o dia que eu te ensino.

 

- Então quem sabe depois que eu resolver meus horários escolares eu separe um tempinho.Mas agora vou ver se consigo ligar para o Kai e ver se amanhã mesmo a gente resolve o nosso probleminha.

 

- AH Chame ele pra vir almoçar conosco amanhã e peça pra ele trazer a mãe dele também,assim vocês resolvem isso e eu bato um papinho com a mãe dele!

 

- Claro titia! Boa noite!


             - Boa noite!


Notas Finais


Eai gostaram??

Comentem! ˙❤‿❤˙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...