História Meu Príncipe Errado - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Harrystyle, Zaynmalik
Exibições 8
Palavras 1.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ficção, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Ai mais um cap, sorry pela demora, mas minha NET é um demônio! Coloquei meu mozão na capa do cap, pq a capa que eu tinha feito perdi. Em fim...

Sem mais delongas, ai está o cap! ;3

Capítulo 2 - Cap 2 - Encontro Inesperado!


Fanfic / Fanfiction Meu Príncipe Errado - Capítulo 2 - Cap 2 - Encontro Inesperado!

Meu Príncipe

Errado ( Cap 2 )

Damen Narrando/On

--- Aff, espero que ela pare de fazer charminho e caia logo na minha, garota difícil é bom, mas essa não vale a pena. --- Termino de pentear meu cabelo e logo escuto o telefone tocar, era ela, que garota chata!

Telefonema/On

--- Oi Aurora.

--- Oi Damen! --- Ela fez uma voz animada mas logo disfarçou, reviro os olhos.

--- Cadê você?

--- Estou indo.

--- Okay, vou te esperar.

Telefonema/Off

Desligo antes dela falar algo mas, logo saiu de casa e vou em direção ao parque e logo avisto a Aurora.

--- Oi Damen! Aonde vamos? --- Disse ela sorrindo de orelha a orelha.

--- Ahn...que tal um sorvete?

--- Ideia maravilhosa, vamos? --- Ela se agarra no meu braço.

--- Okay. --- Ambos fomos procurar o sorveteiro.

Haven Narrando/On

Chego ao parque e vou tomar sorvete, hoje está bem quente.

--- Uma casquinha de doce de leite por favor.

--- Doce de leite? Não é muito comum. --- Ele sorri e põe a casquinha, o mesmo me da e eu logo o pago.

--- Delícia. --- Lambo o sorvete e começo a passear pela área, num lugar mais afastado perto do meu lago favorito que é um tanto longe do parque.

Damen Narrando/On

Estava entediado terminando meu sorvete no parque quando vi a Haven passando para o lago.

--- É...eu volto já Aurora... --- Disse sem nem a olhar e logo corri dali, Haven é apressada, já engoliu o sorvete.

--- Que tédio... --- Ela suspira e vai até o lago e o observa bem na borda, vou até ela em silêncio.

--- Oi! --- Falo bem atrás dela soprando levemente em seu pescoço.

Haven Narrando/On

--- Ai! O que? Damen? --- Ele me surpreendeu com sua presença repentina.

--- Eu mesmo, em carne, osso e gostosura. --- Ele ri e eu reviro os olhos.

--- O que você quer?

--- Soube que você estava entediada e vim animar sua vida. --- O pateta sorri.

--- Há, sério? --- Cruzo os braços e o encaro.

--- Sim, o que gostaria de fazer princesinha?

--- Princesinha? --- O encarei.

--- Prefere gostosa? --- Ele me olha de cima a baixo e sorri provocante, dou um peteleco em sua testa.

--- Ai! --- Ele alisa a testa.

--- Nem nos seus sonhos, pra você é Haven Walltison!

--- Ahrrr! Que saco, pode ser Havenzinha? --- Ele sorri de lado mostrando levemente os dentes.

--- Não! Terá sorte se eu deixar que me chame de Haven.

--- Ah você tá chata, por que não esfria a cabeça? --- Ele ri e me empurra para trás me fazendo cair no lago, mas eu não sou nada besta e o puxei também, fazendo ambos cairmos no lago.

--- Quem mandou você me puxar? --- Disse ele de braços cruzados e fazendo bico.

--- E deis de quando eu preciso que alguém me diga o que eu devo ou não fazer? --- Arqueio uma das sobrancelhas.

--- Deixe de ser irritante sua princesinha mimada! --- Franzo a testa brava.

--- Princesinha é a sua quenga da semana passada. --- Dou língua pra ele.

--- Não, nunca chamei ninguém assim, parabéns princesinha, você é a primeira. --- Ele ri, reviro os olhos, cruzo os braços e fico olhando para as pessoas no parque.

--- Ahn? --- Volto meu olhar para ele e o mesmo havia sumido, a água estava totalmente parada.

--- Pateta? --- Ele não respondia. --- Idiota? --- O silêncio permanecia. --- Damen? ---Do nada eu começo a subir e sinto algo agarrar minhas pernas, quando abro meus olhos percebo que estava nos ombros de Damen.

--- Eu. --- Eu ri.

--- Seu idiota! Quase me mata. --- Bufo.

--- Por que? Ficou preocupada?

--- Só que nunca! --- Cruzo os braços sobre sua cabeça.

--- Por que tão chata?

--- Eu não sou chata!

--- Ops, tem razão, você é apenas terrivelmente irritante e sem graça! --- Dou língua pra ele e o mesmo revira os olhos.

--- Há, eu sou a pessoa mais legal de todas! É o que meus amigos dizem. --- Falo de forma convencida e o mesmo olha pra cima, ou seja, pra mim.

--- E você lá tem amigos? --- O QUE?! Começo a me debater ainda em cima dele.

--- Hey! Para com isso! Ficou nervosinha com a verdade?

--- Um caramba! Eu tenho amigos sim! --- Falo irritada.

--- Oh, sério? Me diz o nome de um. ---Fala como se duvidasse e soubesse que não tenho amigos.

--- A Maddie.

--- Quem? Conheço todas as minas da escola e garanto que não tem nenhuma Maddie. --- Ele sorri de lado.

--- Há, e quem disse que ela estuda aqui?

--- Oh, é sua amiga imaginaria, me desculpe pela desconsideração! --- Ele começou a rir em sinal de deboche, bufo e dou um tapa na sua cabeça.

--- Ai!

--- Me desce daqui agora!

--- Tá bom senhorita mandona! --- Ele se joga pra trás fazendo eu cair de costa na água!

--- Ora seu-...! --- Quando subi e estava prestes a dar tapas nele, o mesmo agarra meus pulsos fazendo ficar próxima e cara a cara com ele, o mesmo ficou me olhando...ele tem olhos realmente penetrantes...

--- Damen? --- Alguém gritou o nome dele e o mesmo olhou e logo em seguida me soltou.

--- Ah...o-oi Aurora. --- Quando subi novamente o mesmo estava coçando atrás da cabeça e a Aurora Thompson nos encarava.

--- Por que demorou tanto, e o que faz com essa daí? O meu deus, você está todo molhado! Se quiser pode ir lá em casa trocar de roupa, eu pego uma do meu irmão ele não mora mas aqui mesmo.

--- Não precisa... --- Ele me olha de canto de olho e eu reviro os olhos, logo saindo do lago e o mesmo me segue, minha roupa estava ensopada e a blusa estava transparente, melhor eu ir embora logo, quando estava vindo alguém me agarra pelo braço.

--- Calma ai garota, acha que vai ficar assim, você arruina meu encontro e sai numa boa? --- Ela me encarava.

--- É, acho que sim. --- Sorriu irônica e a mesma se irrita e aperta meu braço.

--- Me larga sua p-... --- Sou interrompida pelo Damen que aparece do lado da Aurora e a mesma rapidamente solta meu braço e disfarça.

--- O que tá acontecendo?

--- Nada querido, podemos continuar o nosso encontro depois de você se trocar? --- Ela sorri e agarra o braço de Damen.

--- Na verdade não, deixa pra outra vez, eu vou pra casa... --- Ele se solta do braço dela e mexe no cabelo.

--- A-Ah okay... --- Parece que a piranha ficou sem palavras, mas afinal, o que eu to fazendo aqui ainda?! Me viro e saio andando.

--- Espera! --- Escuto Damen gritar e logo em seguida surgir do meu lado, olho de relance para trás e vejo a Aurora com uma tremenda cara de odeio.

--- O que você quer? --- Me envolvo em meus próprios braços e começo a andar, o mesmo me segue.

--- Amanhã depois da aula, na sua casa, ainda tá de pé?

--- Sim, só isso? --- Ergo uma das sobrancelhas.

--- Sim, tchau Halvenzinha! --- Ele da uma risadinha irritante e vai embora correndo, eu sigo em direção a minha casa e ao entrar vejo o Finn assistindo.

--- Cadê a Emma?

Será o fim...?


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo cap meus amores, não esqueçam de dar estrelas e comentar o que acharam. Bye!

Kissus da caçulinha! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...